Dólar com. R$ 3,182
IBovespa -0,29%
27 de abril de 2017
min. 24º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Interrogatório de Lula em Curitiba é adiado por Moro a pedido da Polícia Federal
15/04/2017 às 22h30

Blogs

Como os mosquitos escolhem as pessoas que vão picar ?


Parece que os mosquitos estão sempre procurando alguém para picar. Mas você sabe por que eles têm preferência por algumas pessoas, e nunca picam outras?


Os mosquitos são insetos desagradáveis, inconvenientes e irritantes, cuja presença pode facilmente arruinar o dia de qualquer pessoa, principalmente se este mosquito for transmissor da dengue e de outras doenças. Tudo irrita em um mosquito, desde seu barulho chato até a picada que deixa a pele vermelha e coçando.

Os mosquitos adoram picar um corpo quente. Estes sugadores de sangue transmitem doenças diretamente pela circulação sanguínea das pessoas picadas. Todos os anos, cerca de 700 milhões de pessoas acabam contraindo uma doença transmitida por mosquitos no mundo, resultando em mais de um milhão de mortes. E esse número continua crescendo de forma assustadora.


A atual crise de saúde pública em torno do Zika Vírus, doença que é transmitida pelo mosquito da dengue, está causando muita preocupação. Essa é a mais recente ameaça à saúde internacional diretamente relacionada às picadas de mosquitos. Além desse vírus, outras doenças como malária, febre amarela, dengue e encefalite também são transmitidas para a população.

Uma maneira de diminuir a quantidade de picadas de mosquitos é saber o que atrai estes insetos em primeiro lugar. Basicamente, a picada depende do cheiro da pessoa. Os mosquitos têm receptores de odores em suas antenas, e eles podem cheirar qualquer humano dentro de 100 metros.

Outro fator determinante para as picadas é a genética. 85% das pessoas que os mosquitos preferem picar têm uma genética capaz de atrair o inseto. É por isso que eles picam mais algumas pessoas, e menos outras pessoas.

 Principais fatores que fazem de uma pessoa um verdadeiro ímã de picadas de mosquitos:


Exercício e produção de ácido láctico- A pessoa mais suada e com o cheiro mais forte atrai o mosquito. Indivíduos que produzem mais ácido láctico, que é produzido pelas glândulas sudoríparas, são fortes candidatos a receberem picadas do inseto. Quanto mais transpiração, maior será o acúmulo de ácido láctico, o que significa uma refeição saborosa para o mosquito. Por isso, a recomendação é tomar um banho logo depois de malhar e sair da academia.

Bactérias- Nossa pele está literalmente repleta de bactérias. Estima-se que o ser humano médio tenha cerca de um trilhão de bactérias em seu corpo. Os tipos de bactérias que vivem em nossa pele podem variar muito de pessoa para pessoa, e algumas variedades atraem os mosquitos. Pesquisas indicaram que pessoas com mais bactérias dos tipos Staphylococcus e Variovorax presentes na pele sofrem mais problemas com mosquitos.

Tipo de sangue- O tipo de sangue é um fator de risco para picadas de mosquito. Estudos descobriram que as pessoas com sangue Tipo O são mordidas com mais frequência, seguidas por pessoas com sangue Tipo B e Tipo A.

Dióxido de carbono- Os mosquitos são atraídos pelo CO2 que o ser humano expira. Indivíduos que produzem mais CO2 podem ser picados com mais frequência, como mulheres grávidas e pessoas com excesso de peso. Os bebedores de cerveja também podem ser mais picados, já que respiram de forma mais pesada e lenta sob o efeito da bebida.


*Texto extraído do sitedecuriosidades.com



Cultura Inúltil por Redação

O inusitado, o diferente, o incrível, você encontra aqui, no Cultura Inútil: o blog que revela o sentido de coisas sem o menor sentido.


Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S