Dólar com. R$ 3,297
IBovespa +0,09%
11 de dezembro de 2017
min. 26º máx. 29º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel Justiça Federal aceita denúncia e Rocha Loures vira réu por corrupção passiva
06/09/2017 às 10h58

Blogs

Verdades e mentiras sobre o carregamento de celulares

Nós sabemos que as baterias de celular não duram pra sempre. Na verdade, esse é o maior problema de utilização dos dispositivos que tem ficado cada vez mais essenciais no nosso dia a dia. A necessidade de frequentemente mantê-los carregados pode nos deixar na mão ou sempre com cabos e adaptadores nos bolsos para não ser pego desprevenido.

A verdade é que grande parte do problema de durabilidade das baterias dos telefones pode ser culpa dos próprios usuários. Por conta do histórico de cargas dos primeiros modelos de celulares, ficamos com alguns conceitos enraizados e ainda usamos hábito de carregamento que podem prejudicar as baterias.

Deixar os celulares conectados na tomada enquanto você está dormindo ou deixá-lo descarregar completamente para poder voltar a colocar no carregador, por exemplo, são hábitos prejudiciais que muita gente reproduz acreditando que vai prolongar a vida das baterias.

Para aprender a maximizar a durabilidade de suas baterias e evitar cometer erros que, ao invés de colaborar, deixam a bateria ainda pior, confira algumas dicas que você pode seguir ao longo do dia.

Temperatura do celular e da bateria

Uma das coisas que mais acaba com a qualidade da bateria de um celular é deixá-la super aquecida. Deixar o celular no sol ou em ambientes muito quentes, pode fazer com que ele tenha muito menos energia do que poderia em condições normais.

Em alguns casos, os fabricantes até sugerem que não sejam usadas capinha de proteção durante o carregamento dos telefones, já que alguns modelos podem fazer com que, durante o processo ele fique mais aquecido. Se o seu modelo de celular esquenta muito quando está carregando

Frequência de recarga

As baterias de celulares modernos que temos no mercado hoje em dia não precisam de estar com a carga completa com frequência para ter a vida útil prolongada. Na verdade, carregar o celular constantemente e evitar que a bateria se descarregue e remover o carregar antes mesmo dele alcançar a carga máxima é o recomendado. Caso você deixe o aparelho carregando até 100%, remova o mais cedo possível da fonte de energia, pois a energia conectada à bateria com frequência pode desgastá-la.

Isso acontece porque ao chegar à carga máxima, a bateria continua recebendo energia, o que provoca uma alta tensão. O desgaste provoca uma espécie de cansaço na bateria, que faz com que ela tenha um desempenho menor por causa disso.

Bateria descarregada

Se você está com a bateria com carga baixa, é melhor conectá-la a um carregador antes mesmo dela chegar ao fim. Por mais que muita gente tenha a crença de que a bateria carrega melhor se tiver alcançado 0% de carga, a ideia não procede. Evitar que a bateria perca sua carga mantém a atividade dos componentes químicos que garantem a energia e o funcionamento dela e ajuda a prolongar a vida. Pense na bateria como numa pessoa faminta. É melhor que essa pessoa seja alimentada com maior frequência para evitar que realmente sofra com fome do que só coma nas horas em que realmente já está sentindo falta dos nutrientes no corpo.

E aí, será que seus hábitos de recarregar o celular estavam corretos? Às vezes ao tentar curar o problema de falta de bateria, na verdade você só estava prolongando o problema.


*Texto extraído de fatosdesconhecidos.com.br 


Cultura Inúltil por Redação

O inusitado, o diferente, o incrível, você encontra aqui, no Cultura Inútil: o blog que revela o sentido de coisas sem o menor sentido.


Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S
Avenida Hamilton de Barros Soutinho, 1866 - Jatiúca - Maceió-AL
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]