Dólar com. R$ 3,392
IBovespa +0,06%
20 de abril de 2018
min. 21º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Influenza 2018: campanha de vacinação começa segunda (23)

Blogs

Skank apresenta show no Café de La Musique

Evento acontece nesta sexta-feira (3) e terá show de abertura com banda Sifrão

03.11.2017 às 10:22

Depois de passar com a turnê “Velocia” por todo o país e fazer alguns shows comemorativos em homenagem aos 20 anos do CD “Samba Poconé”, o quarteto sobe ao palco do Café de La Musique, em Maceió, para única apresentação no próximo dia 3. A “Festa Pan” terá seus portões abertos às 19h, é uma organização da Celebration Entretenimento, Suprema Entretenimento, ASP Produções e Jovem Pan.

O set list da noite contará com algumas músicas do último álbum “Velocia”, entre elas “Ela Me Deixou”, de autoria de Samuel Rosa e Nando Reis; “Do Mesmo Jeito”, feita em parceria com Lucas Silveira, e “Esquecimento”. Os sucessos de Samuel Rosa, Henrique Portugal, Haroldo Ferreti e Lelo Zaneti não ficarão de fora. O público poderá ouvir “É uma partida de futebol”, “Dois Rios”, “Jackie Tequila”, “Saideira”, “Garota Nacional” e “Te Ver”, entre muitas outras.

O Skank nasceu em 1991, em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais, que deu orgulho ao Brasil de ter alçado ao mundo nomes como Milton Nascimento, Sepultura e tantos outros. Samuel Rosa (guitarra e voz), Henrique Portugal (teclados), Lelo Zaneti (baixo) e Haroldo Ferretti (bateria) reuniram-se em torno do mesmo interesse: transportar o clima do dancehall jamaicano para a tradição pop brasileira. O primeiro álbum, “Skank”, foi lançado de forma independente, em 1993, mas rapidamente o sucesso da banda na cena underground despertou o interesse da poderosa Sony Music. Junto ao Skank, a multinacional inaugurou no Brasil o selo Chaos.

A abertura do show ficará por conta da banda alagoana Sifrão, famosa por tocar em vários festivais e abrir shows de grande porte em Maceió. Os ingressos já podem ser adquiridos na Celebration Store, no Parque Shopping ou ainda no site. Mais informações através do telefone 3357-8007.

Serviço:

Skank – Festa Pan
Local: Café de La Musique
Data: 03 de novembro de 2017
Abertura da casa: 19h
Classificação etária: 18 anos
Ingressos: Celebration Store - Parque Shopping | www.lojaingresso.com

Postado por Diversão & Arte

Sandy comemora sucesso da turnê “Meu Canto” e chega a Maceió dia 04 de novembro

Após esgotar ingressos por onde passou, cantora se apresenta no Teatro Gustavo Leite

01.11.2017 às 19:45

Atendendo a pedidos, Sandy volta a emocionar seu fiel público com a belíssima turnê ‘Meu Canto’, resultado do DVD homônimo gravado em Niterói e que coroa o melhor momento de sua carreira solo. Com shows esgotados durante a turnê em 2016 e neste ano de 2017, passando por Recife, João Pessoa, Natal, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, entre outras cidades, a cantora se apresenta em Maceió, no Teatro Gustavo Leite, dia 04 de novembro, sábado, a partir das 21h.

"Meu Canto" é um delicioso e irrecusável convite da artista para que o público entre em seu universo musical e revisite um pouco de "Manuscrito" (Pés Cansados, Quem Sou Eu, Ela e Ele), “Sim” (Aquela dos 30, Escolho Você, Ponto Final) e até mesmo "Sandy & Junior" (Nada é Por Acaso, Desperdiçou). No bem elaborado set list do show e acompanhada por uma banda afinadíssima, Sandy também presenteia os fãs com releituras de clássicos como “Luciana”, “All Star” e inéditas como “Salto”, “Colidiu”, “Respirar” e “Me Espera”– com mais de 30 milhões de visualizações no videoclipe – esta última composta em parceria com Tiago Iorc, um dos convidados do DVD, que também contou com a participação especial do consagrado Gilberto Gil, além de direção geral de Raoni Carneiro e direção musical de Lucas Lima.

SERVIÇO:

SANDY - TURNÊ MEU CANTO EM MACEIÓ
Local:Teatro Gustavo Leite
Endereço: Rua Celso Piatti, s/n - Jaraguá, Maceió - AL
Data:04 de novembro (sábado)
Horário:21h – Abertura da casa 20h
Ingressos:https://www.guicheweb.com.br/
Classificação:Livre

Sandy convida para seu canto. Então, seja bem-vindo...

O prelúdio ‘Meu Canto’, que também intitula o delicado e belíssimo DVD gravado no Teatro Municipal de Niterói no final do ano passado, já acolhe e dita as regras do novo projeto logo de cara: “Seja bem-vindo, entre sem bater, sem julgar, sem tentar entender (...)”. Ainda silhuetada do outro lado da porta, a jovem veterana com timbre inconfundível e afinação impecável convida e direciona o público, de forma lírica, para entrar no seu universo musical, ao longo dos quase oitenta minutos de show. “Deixe as armas e angústias do lado de fora, em troca ofereço a música e o agora. Eu lhe dou meu canto, nesse canto que é tão meu (...)”. E, ao citar Carl Jung, no final da última estrofe “Pois quem olha pra fora sonha, e quem olha pra dentro desperta”, Sandy reafirma o que seus bem-sucedidos 27 anos de carreira e 34 de vida lhe conferiram; uma mulher sonhadora, com alma de artista e ainda mais completa e segura de si.

Com a tranquilidade e convicção de quem sabia exatamente o que queria, a cantora e compositora escalou seu time de confiança, compartilhou ideias e fez ecoar todas as suas motivações artísticas para dentro do espetáculo. Ao convidar o amigo e expoente diretor Raoni Carneiro para assinar a direção geral de ‘Meu Canto’, foi certeira e feliz “ele deu forma a um sonho. E foi muito além do que eu sonhava”, declama Sandy em seus agradecimentos da ficha técnica, algo, inclusive, de que também cuida pessoalmente de forma minuciosa. 

E, se o verbo é sonhar... Para unir-se à dupla de direção artística ‘Sandy e Raoni’, ninguém melhor do que o parceiro de vida, músico e compositor Lucas Lima para assumir novamente a direção musical do projeto. É dele também a assinatura dos impecáveis arranjos do bem elaborado e quase todo autoral set list, em que a artista assina 17 das 20 faixas. No roteiro, Sandy revisitou os álbuns anteriores ‘Manuscrito’ (´Pés Cansados’, ‘Perdida e Salva’ e ‘Sem Jeito’) e ‘Sim’ (‘Aquela dos 30’, ‘Segredo’, ‘Morada’, ‘Escolho Você’, entre outras), bem como celebrou de forma nostálgica os tempos de ‘Sandy e Junior’ com os sucessos ‘Nada é Por Acaso’ e ‘Desperdiçou’. Também escolheu a dedo ‘All Star’, de Nando Reis, para uma bem produzida releitura. E ficou a cargo de um grande clássico de 1969, ‘Cantiga Por Luciana’, um dos momentos mais emocionantes do show. Numa homenagem a seu falecido avô, Zé do Rancho, Sandyencantou com seu gesto afetivo. 

As tão aguardadas inéditas também vieram para alegria dos fãs sedentos por novidades. Foi de uma parceria bem-sucedida com Tiago Iorc que surgiu ‘Me Espera’, uma das inéditas e que se tornou o primeiro single do DVD. “Rolou uma química musical e artística muito grande com o Tiago”, empolga-se Sandy, que comemora os mais de 19 milhões de views no videoclipe gravado com o novo parceiro musical. As animadas ‘Colidiu’ (Sandy e Lucas Lima) e ‘Respirar’ (composta com Daniel Lopes, vocalista da banda Reverse, participante do SuperStar) trouxeram um ótimo ritmo ao show, que também teve espaço para momentos mais intensos com canções surpreendentes como ‘Salto’, em que Sandy afirma convicta: "tem música que a gente arranca de dentro da gente" e sem medo de se expor – "foi uma declaração de amor ao meu marido", confessa.

E dentro de um repertório que parecia estar completo, ninguém imaginava que a ‘cereja do bolo’ ainda estaria por vir! Sandy foi coroada com a participação especialíssima de um dos mais renomados artistas da história da música: o mestre Gilberto Gil! “Quanta honra, quanta generosidade. Nem cabia em mim tanta felicidade. Ainda mais quando ele aceitou cantar 'Olhos Meus', "uma música que me orgulho muito de ter composto", derrete-se Sandy.

Para executar de forma impecável todo este roteiro e embalar artista e público numa verdadeira viagem musical, uma ‘superbanda’ – jeito carinhoso pelo qual Sandy refere-se aos músicos que a acompanham – foi escalada. Delino Costa (bateria), Edu Tedeschi e Maurício Caruso (guitarras e violões), Eloá Gonçalves (teclados), Tiago Pallone (baixo), Patrícia Ribeiro (violoncelo), Ana Catto, Daiana Mazza e Laryssa Salustiano (cordas) somaram todo talento e fizeram a música fluir e rodar de forma bastante coesa como as engrenagens da linda cenografia projetada pelo experiente Zé Carratu, que incluiu chave, fechadura, porta, escada... E diversos elementos lúdicos que trazem o espectador para ‘dentro do seu canto’. Com um desenho luminotécnico sensível e delicado, planejado pelo diretor de fotografia Carlinhos Nogueira, somente uma luz conseguiu falar mais alto do que a do grandioso 

espetáculo: a luz própria de Sandy, que naturalmente transpõe seu eterno carisma!  E que, parafraseando suas próprias canções, diria agora “(...) Disse sim pra tudo que eu podia. E eu podia mais do que eu sabia!”. Sim, nós concordamos!

Sandy em números

27 anos de carreira
20 álbuns lançados e 1 EP
Mais de 17 milhões de discos vendidos
14 turnês
Cerca de 1.800 shows no Brasil e exterior
Público estimado em 33 milhões de pessoas
Mais de 240 músicas gravadas
1,2 milhão de pessoas no show de João Pessoa
250 mil pessoas no show do Rock'n Rio III
70 mil pessoas no show do Maracanã
9 DVDs
5 anos de seriado homônimo na TV Globo
4 filmes, 1 novela e 1 minissérie
Mais de 65 indicações em prêmios na área musical
Mais de 550 participações em programas de TV

Postado por Diversão & Arte

Villa Friends acontece sábado e tem como uma das atrações Jefferson Moraes

Artista tem sido primeiro lugar das rádios; Israel Novaes, Roda Sertaneja, Highlander, Garota Sertaneja e Paulinho Balbino completam line up

26.10.2017 às 15:58
Jeferson Moraes

Neste sábado (28), Maceió vai receber pela primeira vez o show do talento mais do que consolidado no atual cenário da música sertaneja, o paranaense Jefferson Moraes. O artista tem sido primeiro lugar das rádios do país com a música “Beber com Emergência” e será uma das atrações da festa “Villa Friends”. Além dele, o público terá ainda o show de Israel Novaes, Roda Sertaneja, Highlander, Garota Sertaneja e Paulinho Balbino. O evento acontece a partir das 23h30 na casa de show Maikai, no bairro da Jatiúca.

Jefferson, que é natural de Londrina, radicado em Goiânia, venceu a primeira edição do Iluminados, reality show do Domingão do Faustão. “É muito bom viajar o Brasil todo e ver que as pessoas estão cantando a nossa música de ponta a ponta. Hoje eu vivo um momento inédito na minha vida. Agenda cheia e o público vem curtindo bastante o nosso trabalho.”, comemora o artista.

Ele é um dos mais recentes estouros do escritório Audiomix e é, no mercado sertanejo, um dos artistas que mais cresceu em 2017. Tornou-se um dos mais ouvidos nas plataformas digitais e passou a se apresentar mais de 20 shows por mês.

O jovem, de apenas 24 anos, é também muito querido no meio musical, já tendo gravado duetos com Jorge e Mateus, Matheus e Kauan, Gusttavo Lima, Simone e Simaria, Israel Novaes, entre outros. Outro ponto que chama a atenção é a relação de artistas que cantam suas músicas em seus shows.

Entre os engrossam a lista estão Wesley Safadão, Jorge e Mateus, Xand Avião, Jonas Esticado, Marília Mendonça e Maiara e Maraisa. Estas, por sinal, corriqueiramente costumam postar vídeos em suas redes sociais cantando músicas de Jefferson Moraes.

 Ele é reconhecido pelos fãs pela sua voz marcante como o novo Zezé di Camargo. "Fico muito honrado com a comparação, mas na verdade o Zezé para mim é um grande ídolo. Vou seguir construindo minha trajetória no sertanejo, sempre que necessário me espelhando em grandes exemplos de sucesso, como o próprio Zezé e meus grandes padrinhos Jorge e Mateus", explica Jefferson, que tem tido sua carreira orientada pela dupla.

  “Estou muito feliz com os rumos que a minha carreira vem tomando. Meu show está lindo e com um repertório primoroso. Todos os dias eu recebo milhares de mensagens que elogiam as nossas músicas e eu só tenho a agradecer o carinho do público, principalmente dos números expressivos. Pra ter uma ideia, nossa música ‘Um Centímetro’, com pouquíssimo tempo no Youtube já tem quase 10 milhões de visualizações. Isso é bom, né? Rsrsrs.”, brinca Jefferson Moraes com seu jeito espontâneo.

Os ingressos já podem ser adquiridos no Maikai (individuais e lounges), Celebration Store, no Parque Shopping (individuais) Acesso Vip do Parque Shopping, Viva Alagoas no Maceió Shopping ou ainda pela lojadeingressos.com (formato individual). 

Postado por Diversão & Arte

Alma de Borracha e Rock Destilado se apresentam no Blackout Pub neste Final de semana

Alma de Borracha realiza show nesta sexta-feira (27) e Rock Destilado no sábado (28)

26.10.2017 às 15:46

Nesta sexta será diferente no Blackout Pub. Venha fazer uma viagem no tempo! Época que embalou grandes sucessos da música nacional e internacional, com a "BANDA Alma de Borracha" tocando: Led Zeppelin, Pink Floyd, The Rolling Stones, Beatles, Jimi Hendrix, The Smiths,The Cure, Robert Plant, Raul Seixas, Belchior, Tim Maia, Sandra de Sá, Secos e Molhados, Ira, Legião Urbana e muito mais.  A sua entrada é FREE até as 22 horas!

Serviço:

Data: 27/10/2017
Local: Blackout Pub (Avenida Júlio Marques Luz - Jatiúca)Horário: 20h
Valor: R$ 20,00
Informações (82) 99600-2006


Rock destilado acontece neste sábado (28)

Quer ouvir um bom rock neste sábado em Maceió? Chame sua turma para curtir no Blackout Pub! A Banda Rock Destilado tocando muito Pop rock nacional e internacional. Além de muita música boa, a casa ainda estará cheia de promoções: A entrada é FREE até as 22 horas para os homens e mulheres! Vem pra blackout, que o point é aqui!

Serviço:

Data: 28/10/2017
Local: Blackout Pub (Avenida Júlio Marques Luz - Jatiúca)Horário: 20h
Valor: R$ 20,00
Informações (82) 99600-2006

Postado por Diversão & Arte

Leila Maria no show Billie, Ella & Eu acontece neste sábado

Interpretando canções de sucesso de Billie Holiday e Ella Fitzgerald, a cantora carioca se apresentará na Middô

24.10.2017 às 12:11
Divulgação

Middô, templo dos embalos de sábado à noite nos idos de 1970 e 1980, retorna à atividade cheia de charme e para um seleto e exigente publico. O dia  28 de outubro já está reservado para o show da cantora carioca Leila Maria, considerada um nos nomes mais importantes da atual cena do jazz nacional.
Esta será a primeira vez que Leila vem à Maceió. Para a sua estreia escolheu um repertório pra lá de especial: eternos sucessos de duas Divas do jazz mundial, Billie Holiday e Ella Fitzgerald.

Leila Maria tem quatro CDs lançados e recentemente levou o show Ella, Billie & Eu para Porto Alegre, onde arrancou aplausos entusiasmados da plateia. Em seu vasto currículo como intérprete constam shows no Japão (Tóquio e Kobe), França (Paris) e Estados Unidos (Washington e Nova York).

Seu CD Off Key (Rob Digital/Aplauso, 2005) em que interpreta música brasileira em Inglês, é distribuído com sucesso na Europa pelo selo alemão Zyx Music. Em 2002 aceitou o convite do cantor e multi-instrumentista Ed Motta para gravar as faixas “A Balada do Mar Salgado” em seu álbum jazzístico. Dwitza, lançado pela Universal Music.

Além desses registros, sua história fonográfica inclui Da Cabeça aos Pés (Von Kopf bis Fuss), seu primeiro CD de 1997 (GPA), Canções do Amor de Iguais (Deck Disc, 2007) e o mais recente álbum, Holiday in Rio – Leila Maria Canta Billie (distribuição Biscoito Fino, 2014) que ganhou o 25º Prêmio da Música Brasileira na categoria “álbum em língua estrangeira”.

Participa ainda da coletânea Compasso Samba e Choro, da mesma Biscoito Fino, em sua 6ª edição. Em 2007  teve uma faixa de seu CD Off Key (Dindi), incluída na trilha “lounge” da novela “Páginas da Vida”, da Rede Globo.

Primeira cantora a se apresentar regularmente no espaço do famoso Allegro Bistrô da extinta Modern Sound (Copacabana/RJ), foi durante três anos, a cantora da banda do maestro e clarinetista Paulo Moura, com quem excursionou pelo Brasil em shows e festivais.

Além de Paulo – a quem a cantora considera um mentor e grande influencia em seu trabalho – Leila já dividiu o palco com Ed Motta, Luiz Melodia, Hamilton de Holanda, Yamandu Costa, Jorge Mautner, Alaíde Costa, Orquestra Imperial, Angela Rô Rô, Áurea Martins e Zezé Motta, entre outros.

Em 2010 Leila participou do filme “Como Esquecer” (com Ana Paula Arósio e Murilo Rosa nos papéis principais), no qual a convite da diretora Malu De Martino, interpreta “Get Out of Town”, de Cole Porter.

Serviço
Leila Maria no show Billie, Ella & Eu
Onde: Middô – 
Rua Valdo Omena, Ponta Verde
Quando: 28 de outubro, às 22h
Vendas:
82 3235-5301 | 82 99928-8675 (WhatsApp)
Site: www.suechamusca.com.br
E-mail: [email protected]
Face: fb.com/suechamusca
Instagram: @suechamuscaoficial
WhatsApp: 82 99928-8675

Postado por Diversão & Arte

Sessão de filme gratuita para o hóspede do Intercity Suape Costa Dourada

O hotel está em primeiro lugar, nos últimos três meses, entre as unidades da rede Intercity de todo o Brasil

24.10.2017 às 11:07

Integrado a um complexo de negócios, lazer e entretenimento, o Intercity Suape Costa Dourada agora presenteia os hóspedes com uma sessão de filme nos Cinemas Costa Dourada. O hotel está em primeiro lugar, nos últimos três meses, entre as unidades da rede Intercity de todo o Brasil, nas categorias Qualidade e Satisfação do Cliente. Já o levantamento de market share regista o Intecity Suape em terceiro lugar, entre os principais hotéis de Pernambuco, com 59,17% de ocupação.

“Essa é a vantagem do hóspede do Intercity Suape estar ao lado de um complexo multiuso, que conta com lojas, praças de alimentação, serviços, além de assistir ao filme que quiser nos Cinemas Costa Dourada”, incrementa o gerente do hotel Edmilson Pereira.

Inaugurado em dezembro de 2016, o Intercity Suape Costa Dourada possui acomodações Standard, Luxo Superior e Suíte, que representam ótimo custo benefício e são ideais para uma noite tranquila e sossegada no Cabo de Santo Agostinho (PE). Amplos e modernos, os apartamentos também são funcionais para relaxar após um longo dia de trabalho, com toda comodidade que precisa o hóspede. Os serviços ainda oferecem as melhores e mais completas acomodações da região, como as suítes Master, diferenciadas em requinte e qualidade, para um conforto exclusivo.

TURISMO - Cabo de Santo Agostinho (PE) é uma cidade que une turismo de aventura, no Mirante da Pedra da Pimenta, com voos de asa delta, rapel e cachoeiras. A cidade do Litoral Sul de Pernambuco ainda contempla riquezas do Brasil Colônia, como o Sítio Histórico Vila Nazaré, repleto de árvores frutíferas, cultural e identidade nacional. E a gastronomia, à base de pescados e frutas típicas do ambiente litorâneo traz os melhores temperos, misturas e sabores da região.

Postado por Diversão & Arte

Alagoas terá o I Encontro de Maracatus de Baque Virado em novembro

Atividades vão integrar Mês da Consciência Negra e culminam com subida à Serra da Barriga em 20 de novembro

23.10.2017 às 11:25

Em 2017 completa-se 10 anos do ressurgimento da manifestação cultural maracatu no Estado de Alagoas e para celebrar este marco, atendendo uma demanda crescente de retomada da identidade afro-alagoana, o grupo Maracatu Baque Alagoano realiza o Encontro de Maracatus de Baque Virado – Maceió 2017. De 18 a 20 de novembro, estarão reunidos Mestres, batuqueiros, estudiosos e ainda o público em geral, interessado em conhecer e aprender mais sobre maracatu, a história e cultura negra no estado.

Serão dois dias – 18 e 19 de novembro – de apresentações, vivências, oficinas, debates e reflexões sobre a manifestação artístico-cultural maracatu, abrindo espaço também para outros folguedos alagoanos, na Praça Multieventos, Praia de Pajuçara, integrados à programação do Mês da Consciência Negra no estado. No dia 20 de novembro, o Encontro de Maracatus de Baque Virado sobe a Serra da Barriga para celebrar o Quilombo dos Palmares e a resistência negra ao longo dos séculos, em um dos lugares mais icônicos desta história.

O Encontro de Maracatus de Baque Virado – Maceió 2017 também vem para disseminar o Maracatu de Baque Virado por meio da agregação espontânea de grupos em rede, utilizando como ferramentas de socialização a musicalidade, a estética artística e a história do maracatu, a exemplo de eventos similares que ocorrem em outros estados, destacando Alagoas neste cenário.

Coordenado pelo Maracatu Baque Alagoano enquanto também um evento que celebra seus 10 anos de fundação, o Encontro reúne aqueles que estudam e vivenciam o maracatu, suas histórias e seu aspecto de resistência, já que o maracatu é uma das manifestações culturais mais antigas registradas na cultura afro-brasileira.

As inscrições para o Encontro de Maracatus de Baque Virado serão abertas em breve – as vagas são limitadas para 200 participantes. Para acompanhar as informações e novidades do evento, basta acompanhar o Maracatu Baque Alagoano em seu blog (maracatubaquealagoano.blogspot.com.br), Facebook (facebook.com/baquealagoano) e Instagram (@baquealagoanomaracatu).

Postado por Diversão & Arte

Prefeitura de Marechal Deodoro lança programação da Flimar 2017

Solenidade oficial de lançamento acontece na noite desta quarta-feira (18), no Claustro do Convento de São Francisco

17.10.2017 às 16:01

A Prefeitura de Marechal Deodoro realiza, na noite desta quarta-feira (18), o lançamento oficial da 8ª edição da Festa Literária de Marechal Deodoro, a Flimar 2017. A cerimônia será realizada no Claustro do Convento de São Francisco, em frente à Praça Pedro Paulino, e reunirá artistas deodorenses, autoridades, patrocinadores e membros dos governos estadual e municipal, além do homenageado.

A Flimar, que acontece entre os dias 22 e 25 de novembro, foi repaginada, ganhando novas dimensões, e vai valorizar e prestigiar os artistas locais. Com o tema “Cultura da Escrita à Música”, a edição 2017 da Festa Literária irá homenagear duas grandes personalidades de Marechal Deodoro: Aureliano Cândido Tavares Bastos e Nelson dos Santos, o Nelson Rabeca.

Durante quatro dias, os participantes irão mergulhar no mundo da literatura, da música e das manifestações culturais. A programação é vasta e conta com mesas redondas, bate-papo culturais sobre diversos temas, sarau, exposições audiovisuais, oficinas com as crianças na Flimarzinha, cortejos, shows e apresentações grupos artísticos e folclóricos do município.

Sobre os homenageados

Aureliano Cândido Tavares Bastos: Escritor, advogado, jornalista, político. Conhecido internacionalmente e um dos grandes personagens do Brasil no século XIX, o patrono da cadeira n° 35 da Academia Brasileira de Letras, Aureliano Cândido Tavares Bastos, nasceu em 1839 em Santa Maria Madalena da Lagoa, hoje Marechal Deodoro.

Nelson da Rabeca: Mesmo não tendo nascido em Marechal Deodoro, foi na primeira capital do Estado que decidiu viver e constituir sua família. Sem ter frequentado escola e sem histórico musical na família, Nelson aprendeu a tocar rabeca sozinho aos 54 anos de idade, ao ver um violino pela televisão. É instrumentista, compositor e construtor de suas rabecas, ofício que aprendeu sozinho

Serviço:

O que: Lançamento Oficial da Flimar 2017
Quando: Quarta-feira (18)
Onde: Claustro do Convento de São Francisco, em frente à Praça Pedro Paulino
Horário: 18h

Postado por Diversão & Arte

Deu a Louca na Branca acontece neste domingo em Maceió

Cacau Protásio encarna uma versão brasileira da heroína dos contos de fadas contracenando com as vozes em off de Paulo Gustavo, Ana Carolina, Marcus Majella , Rodrigo Fagundes entre outros.

14.10.2017 às 12:19
Divulgação

Sebastiana vem a público fazer uma revelação: ela é ninguém menos que a verdadeira Branca de Neve imortalizada por Walt Disney, e vai contar em detalhes como o cineasta americano fez dela a maior princesa de todos os tempos. Este é o mote da comédia de Cacau Hygino com direção de Regiana Antonini e direção de produção de Wesley Telles e Bruna Dornellas, que será apresentada dia 15 de outubro, no Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções de Maceió , às 19h.

A comédia é um solo da atriz Cacau Protásio, que conquistou definitivamente o grande público na novela “Avenida Brasil“, de João Emanuel Carneiro, como Zezé, empregada de Carminha (Adriana Esteves). Pela personagem, ela ganhou o Prêmio Extra de TV e foi indicada a outras premiações como “Melhores do Ano” (Faustão), “Prêmio Contigo de TV” e “Prêmio Quem de Televisão”. Atualmente integra o elenco fixo do humorístico “Vai que Cola”, programa de maior audiência do canal Multishow, como a coprotagonista Terezinha.

DEU A LOUCA NA BRANCA parte de um personagem que ocupa o imaginário mundial para falar do Brasil e do brasileiro através de uma Branca de Neve negra e exuberante, que foge dos padrões estabelecidos pelo mundo branco. A atriz quebra a chamada quarta parede do teatro, e transforma a saga desta inesperada mocinha num desabafo cômico em linha direta com a plateia.

 CACAU PROTÁSIO estreou como atriz em 2000, no espetáculo “É Por Isso que Todo Adulto é Neurótico”. Depois, seguiu trabalhando nos palcos, no cinema e na televisão. Atuou em novelas como “O Clone” e “Páginas da Vida”, mas foi em “Avenida Brasil”, de João Emanuel Carneiro, que seu trabalho conquistou o grande público, como  Zezé, empregada de Carminha, personagem de Adriana Esteves. Pela personagem, ela levou para a casa o Prêmio Extra de TV, promovido pelo jornal carioca Extra, e foi indicada a várias outras premiações, como o “Melhores do Ano” (Faustão), “Prêmio Contigo de TV” e “Prêmio Quem de Televisão”.

Na sequência atuou em “Joia Rara”e, atualmente integra o elenco fixo do humorístico “Vai que Cola”, no canal Multishow, como a coprotagonista Terezinha. “Vai Que Cola”, que atualmente responde pela maior audiência do Multishow, segue para sua quinta temporada.

Também no Multishow, Cacau protagonizou a adaptação da peça Trair e Coçar é Só Começar, de Marcos Caruso. Na série, que foi ao ar entre 2014 e 2015, a atriz viveu Olímpia, empregada doméstica que trabalhava na casa de Eduardo (Cássio Scapin) e Inês (Márcia Cabrita) há mais de 10 anos.

Protásio estrelou neste ano de 2017 o longa “Lindas, Gostosas e Sexyes” e acabou de rodar o filme “Os Farofeiros”, além de lançar o livro “Gordelícias”.

Serviço: 

DEU A LOUCA NA BRANCA
Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções de Maceió
Rua Celso Piatti, S/N – Jaraguá
Dia: 15 de outubro
Horários: 19h

Ingressos:Plateia: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Mezanino: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

Vendas on line:www.eventim.com.br
Livraria Leitura (Parque Shopping)
Loja Alethia (Maceió Shopping – térreo)
Soraya Farias Acessórios – Rua Engenheiro Mário de Gusmão, 507 Galeria Ponta Verde Center – Loja 19

Formas de pagamento: Cash / débito / crédito

Info: 82 3235-5301
Site: www.suechamusca.com.br
E-mail: [email protected]

Postado por Diversão & Arte

Projeto LÊ PRA MIM? acontece neste mês em Maceió

O projeto que incentiva o prazer da leitura entre crianças chega na capital alagoana e terá leitores famosos como os atores Suzy Rego, Dhu Moraes e Fernando Vieira

10.10.2017 às 18:43
Divulgação

Se conhecer uma história cheia de aventuras encanta muita gente, imagine quando esta é apresentada numa biblioteca completa e lida pelo seu artista preferido? Assim será o Lê Pra Mim?, projeto destinado a crianças de cinco a dez anos,que entre os dias 17 a 19 de outubro ocupa a Biblioteca Publica Estadual Graciliano Ramos com a presença dos atores de novela, como Suzy Rego, Dhu Moraes, Fernando Vieira, o medalhista olímpico da canoagem Pedro Henrique, as escritoras Isvânia Marques e Fátima Maia, as jornalistas Carolina Sanches e Thaíse Cavalcante, a diretora da Biblioteca Mira Dantas, a blogueira Thalita Oliveira, os atores Paulo Poeta, Chico de Assis, José Marcio Passos e Homero Cavalcante, entre outras personalidades de Alagoas. Serão quatro sessões na terça-feira, dia 17, às 9h, 10h, 15h e 16h. Na quarta e na quinta-feira, dias 18 e 19, em três horários, às 9h, 10h e 15h, totalizando dez encontros literários.

O acesso ao local é gratuito. Dentro da sala, estarão 100 almofadas em formatos de livros grandes para receber as crianças. Cada apresentação terá um intérprete deLíngua Brasileira de Sinais (Libras), que fará a tradução simultânea para crianças com baixa auditiva. Todos os encontros literários terão a participação de crianças de escolas públicas e instituições filantrópicas, que se integraram ao público espontâneo.

Potencializar a experiência da literatura entre a criançada é o grande diferencial do projeto idealizado pela atriz Sônia de Paula e pelo produtor Marcelo Aouila, há sete anos. Em 21 edições, a atividade sociocultural já circulou por cidades como no Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Juiz de Fora, Teresina, Belo Horizonte, Porto Alegre, São Luís e Belém.

“Em cada um desses encontros os artistas leem dois livros. Fazemos uma seleção de títulos que mesclam opiniões positivas da crítica especializada e com obras brasileiras que obtiveram sucesso comercial. Procuramos narrativas que divirtam, mas que também despertem as crianças para valores como ética, amizade e respeito. Além disso, escolhemos livros que discutam temas importantes e que provoquem a reflexão, como o bullying”, explica Aouila.

Obras como Marcelo, Marmelo Martelo, de Ruth Rocha, Menina Nina, de Ziraldo, João Boboca ou João Sabido, de Rosane Pamplona, Até as Princesas Soltam Pum, de Ilan Brenman, A História da Menina e O Medo da Menina, de Luciene Regina Paulino Tognetta, entre outras, são alguns dos livros selecionados que serão lidos pelos artistas.

A curadoria do Lê Pra Mim? leva em consideração narrativas que envolvam grupos. “É muito diferente ler para um filho antes de ele dormir e ler para um grupo de crianças. Nossa abordagem precisa causar impacto já que o livro concorre com televisão, computador, jogos do celular. É um grande desafio”, destaca o produtor.

Os saraus são abertos ao público e têm a participação de escolas públicas e instituições assistenciais. Quem estiver na biblioteca pode assistir as leituras dos livros no Lê Pra Mim“Os que acompanham alunos, filhos ou sobrinhos na atividade se sentem também inclinados a ler, a conhecer mais livros”, pontua Aouila.  

Estimular o hábito da leitura é um grande desafio e com a presença de uma personalidade marcante, o momento é relembrado, vira uma referência. “Fomos incluindo elementos que só ampliaram esse alcance. Começamos com as almofadas-livro espalhadas no local. Na terceira edição já tínhamos intérprete de Libras. Mesmo as crianças que não precisam do recurso passam a compreender a importância desta ferramenta de comunicação”, avalia o produtor.

Mais de 19 mil crianças já estiveram no Lê Pra Mim? que envolveu 450 artistas e personalidades nas leituras, entre eles Wanessa Camargo, Daniel, Roberta Miranda, Denise Fraga, Ewa Vilma, Fátima Bernardes, Paloma Jorge Amado, Marília Gabriela, Maitê Proença, Reynaldo Gianecchini, Cláudia Raia, Gloria Maria, Regina Duarte, Edson Celulari, Débora Bloch, Zezé Polessa, Nicette Bruno, Julia Lemmertz, Laura Cardoso, Marisa Orth, Otávio Mesquita, Ronnie Von, Susana Vieira, Malu Mader e Antônio Calloni, entre outros.

A idealizadora Sônia de Paula lembra algumas passagens especiais dessa trajetória. “Levamos a atriz Fabiana Karla para fazer uma leitura numa instituição que atendia crianças que foram vítimas de abusos sexuais, no interior do Rio, era um público desafiador, mas que ao fim se envolveu com as histórias de uma maneira emocionante. Também temos alguns artistas que ficam ansiosos e nos perguntam: ‘será que as crianças vão gostar? ’”, garante Sônia.

Conheça mais: o projeto Lê Pra Mim? tem atividades registradas no blog: http://lepramim2010.blogspot.com.br

Serviço:

Projeto Lê Pra Mim? De 17 a 19 de outubro,

Terça-feira às 9h, 10h, 13h e 14h, quarta e quinta-feira às 9h, 10h e 13h.

Local: Biblioteca Publica Estadual Graciliano Ramos.

Classificação indicativa: livre. Entrada franca (os ingressos poderão ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência).

Capacidade: 100 lugares – Libras em todos horários e acesso para pessoas com deficiênciae assentos especiais.

Duração: 45min.

Patrocínio: BNDES

Postado por Diversão & Arte


Diversão & Arte por Myla Fernandes

Agenda de entretenimento, atividades artísticas e culturais, divulgada pela jornalista Myla Fernandes

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]