Dólar com. R$ 3,169
IBovespa -0,9%
18 de outubro de 2017
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Justiça absolve ex-sócio do escritório de Adriana Ancelmo

Blogs

Vera Fischer estreia comédia “Ela é o Cara!”

Espetáculo faz uma reflexão bem humorada sobre males modernos da humanidade

30.05.2017 às 17:30
Foto: Divulgação

A atriz Vera Fischer volta aos palcos em 2017 com a comédia “Ela é o Cara!”, escrita especialmente para ela por Márcio Araújo e Andrea Batitucci. A direção é de Ary Coslov.

A peça conta a história de Gilberto Fonseca, personagem do ator Edson Fieschi, um terapeuta de competência e caráter duvidosos. Após um incidente com um paciente famoso, ele se vê obrigado a administrar a repercussão negativa do caso, o assédio da imprensa e a fúria dos fãs do seu paciente, que o culpam pelo ocorrido e estão ávidos por vingança. Sem saída e com a sua carreira fadada ao fracasso, Gilberto cogita vender sua alma ao Diabo. Neste exato momento, surge em seu consultório Vera Fischer, que insiste em ser atendida.

Sofrendo um transtorno de personalidade, a famosa atriz insiste em dizer que não é Vera Fischer. Diante da gravidade do quadro, Gilberto aceita atendê-la em troca de publicidade, na esperança de retomar sua carreira. Gilberto passa a viver um novo conflito: quem será a solução para os seus problemas? O Diabo ou Vera Fischer?

Ficha Técnica

Elenco: Vera Fischer e Edson Fieschi

Autores: Marcio Araújo e Andrea Batitucci

Direção: Ary Coslov

Cenário e Figurinos: Marcelo Marques

Iluminação: Anderson Peixoto

Diretor geral de produção: Luciano Borges

Realização: Borges & Fieschi Produções Culturais.

Serviço

Local: Teatro Deodoro

Datas: 03 de junho às 21 horas e 04 de junho às 20 horas

Elenco: Vera Fischer e Edson Fieschi

Classificação etária: 14 anos

Duração: 70 min

Vendas: Viva Alagoas, Folia Brasil e Acesso Vip

Vendas online: www.lojadeingresso.com

Informações: 3032-5210 ou 99601-2828

Postado por Diversão & Arte

Elizabeth Savalla traz peça A.M.A.D.A.S a Maceió este fim de semana

26.05.2017 às 09:00
Foto: Divulgação

Através de um humor histriônico e contagiante, o espetáculo coloca em discussão algumas das questões mais importantes sobre a condição da mulher modernao texto enfoca a via crucis de uma mulher que chega à meia-idade pressionada pelas demandas de uma sociedade cada vez mais fútil e superficial.

A protagonista expõe em uma reunião da A.M.A.D.A.S, suas inseguranças e angústias geradas pela impossibilidade de conservar o visual e o comportamento típicos da juventude a essa altura da vida.

Com efeito, a camada social onde a protagonista se movimenta vive de aparências e está sempre pronta a condenar quem não cultiva essa imagem à custa de academias, salões de estética, cirurgias, botox, silicone, etc.

Embora refratária a essa ideologia, Regina Antonia (Savalla) introjeta completamente os valores da sociedade em que vive, e se pune e se recrimina por não atender essas exigências, chegando a se rebelar contra o marido que a aceita como ela é.

Assim o espetáculo coloca o dedo na ferida de mulheres a caminho da maturidade. Mas o faz de forma inteligente e, principalmente, bem humorada pela sátira hilariante aos mitos e obsessões de nossa época.

Ficha Técnica:

Texto: Regiana Antonini

Direção: Luiz Arthur Nunes

Elenco: Elizabeth Savalla

Produção: Camilo Áttila

Serviço:

A.M.A.D.A.S - Associação de Mulheres que Acordam Despencadas.

Com: Elizabeth Savala

Local: Teatro Deodoro

Datas: 27 (sábado) às 21h e 28 de maio (domingo) às 19h

Ingressos: Viva Alagoas, Folia Brasil e Acesso Vip

Gênero - Comédia

Recomendação: 12 anos

Duração: 70 min

Informações: 3032-5210 / 99601-2828

Postado por Diversão & Arte

Gama Júnior apresenta show Massala neste sábado

25.05.2017 às 08:25
Gama Júnior apresenta segundo show do Projeto Circulação Massala. - Foto: Pablo De Luca

O posto 7, na orla da Jatiúca, será o cenário da segunda apresentação do Projeto Circulação Massala. A partir das 18h30 deste sábado (27), o músico e compositor Gama Júnior inicia o show que conta com as participações especiais de Cosme Rogério, Xameguinho e Coletivo Afro Caeté. A banda RaizKanoa antecede o show principal, a partir das 17h30. ´

O show será gratuito. “Diferente do primeiro show que foi realizado em um teatro, a segunda apresentação será em um espaço aberto para todas as pessoas que quiserem prestigiar”, disse o músico.

Ainda de acordo com ele, o show do Projeto Circulação Massala une diferentes estilos musicais, “uma mistura de música regional brasileira com música indiana”, destacou.

O músico foi um dos artistas contemplados com o prêmio Eris Maximiano, lançado pela Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), para movimentar a cena cultural na capital alagoana. O Edital das Artes destinou R$ 1 milhão e 400 mil à execução de 36 projetos culturais em Maceió.

Postado por Diversão & Arte

Teatro Deodoro é o Maior Barato segue com o espetáculo Se TuBarões Fossem Homens

Projeto ocorre sempre às quartas-feiras, às 19h

22.05.2017 às 23:59
Cia Ozinformais passou um tempo parado e voltou em 2015 com as produções - Foto: Cortesia Cia Ozinformais

A 18ª edição do projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato terá a segunda apresentação nesta quarta-feira (24), às 19h30, no Teatro Deodoro, com o espetáculo Se TuBarões Fossem Homens, da Cia Ozinformais. Os ingressos custam R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia entrada e podem ser comprados na bilheteria do teatro, a partir das 14h, e pelo link http://www.compreingressos.com/espetaculos/8428-se-tubaroes-fossem-homens-cia-ozinformais sem a cobrança de taxa de conveniência.

“Se tuBarões Fossem Homens é um espetáculo-manifesto feito a partir de uma criação coletiva da Cia Ozinformais. Esta montagem é uma adaptação do texto O Mendigo e o Cachorro Morto, escrito pelo poeta e dramaturgo alemão Bertolt Brecht, incorporando criações cênicas elaboradas a partir da atual conjuntura político-social. E junto a estas indagações, são levantadas questões políticas, culturais e estruturais, porque não dizer, da sociedade brasileira”, explica o diretor da companhia, Carlos Alberto Barros.

O Espetáculo tem no elenco Alexandrëa Constantino, Ana Antunes, Carol Eller e Ticiane Simões. Se TuBarões Fossem Homens estreou no ano passado e permaneceu em cartaz por cerca de dois meses. Depois, veio a segunda temporada e, agora, a terceira dentro do Teatro Deodoro é o Maior Barato, projeto da Diretoria de Teatros de Alagoas, Diteal, que busca estimular a produção local e contribuir com a formação de plateia.

A Cia Ozinformais surgiu 14 anos atrás e possui em sua trajetória peças como Confissões de Adolescente e Eu Sei que Vou Te Amar, espetáculos que fizeram parte de edições anteriores do Teatro Deodoro é o Maior Barato e que foram sucesso de público. O grupo passou um tempo parado e voltou em 2015 com as produções.

“Estar no projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato é a busca de todos os representantes de grupos culturais, seja de dança, teatro, música... Ser selecionado é encarado como uma premiação, um grande reconhecimento”, afirma o diretor.

Serviço:

Teatro Deodoro é o Maior Barato – Espetáculo Se TuBarões Fossem Homens

Quando – Quarta-feira (24-05), às 19h30.

Onde – Teatro Deodoro, Centro de Maceió.

Ingressos – R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia entrada à venda na bilheteria do Teatro e online pelo link link http://www.compreingressos.com/espetaculos/8428-se-tubaroes-fossem-homens-cia-ozinformais.

Postado por Diversão & Arte

Música, poesia e artes visuais no bar e espaço cultural Rosa Mossoró

Performance e pocket shows acontecerão nesse domingo (21), a partir das 15h45, reunindo jovens artistas de diversas searas; a entrada custa R$ 5

20.05.2017 às 23:15

Um grupo de artistas se reúne nesse domingo (21) em Maceió, no bar e espaço cultural Rosa Mossoró à rua Desembargador Paulo da Rocha Mendes, 181, bairro do Jaraguá. Ocorrerá uma série de performances de musica, teatro e poesia, a partir das 15h45. A entrada custa R$ 5.

“O evento tem o intuito de promover um diálogo entre as artes, enfocando a ideia de cidade, o que se faz nela, o que se produz cotidianamente. O resultado disso é o fazer artístico que será apresentado nesse domingo”, destaca o cantor, compositor e violonista PC Lamar, um dos integrantes do grupo.

Também haverá exposição de fotos “com um pé no que já houve de cidade, o que há e o que se faz nela e com ela”. As fotos são de Roger Silva, que dialogarão com a série anônima “Maceió Antiga” e parte do arquivo de fotos da família Mossoró.

Na poesia, o editor Geovanne Ursulino declamará poemas assinados por ele e que foram publicados na revista virtual Alagunas, cuja décima edição foi lançada em maio com o título de "Moinho".

 “Trata-se de um raro movimento de artes, impulsionado pelos fazeres do povo de Maceió. A parte musical chamamos de Nova MPB”, afirma PC Lamar. Além de Lamar, outros músicos integram o grupo: Juliana Mascarenhas, William Torres, Victor Moura e Lavynea Menezes.

“No teatro”, continua o artista e um dos organizadores do evento, “teremos uma das companhias mais atuantes da cidade, Ozinformais. O diretor da companhia, Carlos Alberto Barros, e a atriz Carol Eller farão uma performance inédita”.

Participa ainda dessa tarde cultural na Rosa Mossoró o dançarino Miguel Conceição, apresentando a coreografia "Angola, Congo, Benguela" para a música de Jorge Benjor "Zumbi".

Além de “convidados surpresas”, também está previsto um "violino surpresa". A festa cultural deve se prolongar até as 20h. Imperdível.

Postado por Diversão & Arte

Tiririca realiza show em Maceió neste sábado no Teatro Gustavo Leite

16.05.2017 às 20:40
Foto: Divulgação

 O humorista Francisco Everardo Oliveira Silva, conhecido como Tiririca, vai se apresentar no Teatro Gustavo Leite às 20h00 deste sábado (20). O espetáculo “Tiririca – Minhas História” terá piadas, músicas e brincadeiras interativas com o público.

Tiririca nasceu no interior do Ceará e iniciou sua carreira aos oito anos no circo. Ele foi trapezista, malabarista e mágico até que faltou um palhaço e ele o substituiu. O público aprovou e ele alcançou sucesso nacional na atividade.

Nos anos 90, gravou o primeiro CD com a música Florentina e vendeu 1,5 milhões de cópias. Francisco Everardo foi eleito o deputado federal mais votado no país em 2010 e se reelegeu em São Paulo com mais de um milhão de votos.

SERVIÇO

Tiririca – Minha História20 de Maios - a partir das 20h00

Local: Teatro Gustavo Leite

Ingressos: de R$40 a R$90.

Classificação indicativa: 12 anos.

Mais informações:

Facebook: /LSEntretenimentoAL

Instagram: @lsentretenimento

Postado por Diversão & Arte

Clube do Rock lança projeto “Sexta Autoral” nesta sexta-feira

O evento acontece nesta sexta-feira (19), a partir das 22:00h, no Snooker Bar, no Stella Maris.

16.05.2017 às 16:01
Foto: Divulgação

Apostando na produção autoral dos músicos do Estado de Alagoas, o clube do rock lança o projeto “Sexta Autoral” e recebe dois excelentes trabalhos da nova safra do rock and roll, as bandas alagoanas; Lady Scarlet – que lançou um single "Meu Amor é Hoje" e o EP "Túmulo da Rosa" que traz 6 canções de autoria da banda e Efeito Moral -  que traz um trabalho com 10 faixas, o disco Metralhaboca –. O evento acontece nesta sexta-feira (19), a partir das 22:00h,  no Snooker Bar, no Stella Maris.

A banda Lady Scarlet é uma banda Alagoana de Rock com um projeto focado no autoral. O quinteto formado por Andressa Machado (Vocal), Tiago Godoi (Guitarra), Larih Silva (Guitarra), Affonso Franco (Contrabaixo) e Victor Slave (Bateria), está junto desde Janeiro de 2016 e já no seu primeiro ano lançou um single "Meu Amor é Hoje" e o EP "Túmulo da Rosa" que traz 6 canções de autoria da banda, incluindo "Meu Amor É Hoje" que já tem, inclusive um videoclipe com previsão de lançamento ainda em dezembro de 2016.

De acordo com o guitarrista da banda, Tiago Godoi, a escolha do nome da banda acabou surgindo naturalmente com inspiração explícita nas longas e vermelhas madeixas da vocalista Andressa Machado. “A referência à cor escarlate tornou-se "nome próprio" e ganhou um título: “Lady"; aproveitando o fato de ter uma mulher liderando os vocais da banda. Outra referência é a flor “Scarlet", retratada no EP "Túmulo da Rosa", produzido por mim e o EP segue uma linha de canções que falam de amor; o amor bom e conveniente, e o dissabor do amor também”, explica.

Já a Efeito Moral propõe “denunciar” musicalmente os transtornos causados pela má administração pública e os problemas atauis. A Banda que tem em sua formação músicos experientes com um som pesado e com letras ácidas, que se desenham de Led Zeppelin a Rage Against The Machine, e trazem em sua formação Dias (vocal), Silva (guitarra), Bulhões (baixo) e Santos (bateria).

Segundo Silva, a banda começou a ser montada no final de 2014 e já tem disco gravado. “Começamos em 2014 e em seguida produzimos o nosso primeiro trabalho com 10 faixas – o disco Metralhaboca –, onde estreamos em 2016. Desde então, participamos de eventos como Ocupe a Vila, Ocupe a Praça e I Festival Em Cantos de Alagoas, onde estamos entre os finalistas.

Serviço:

Evento: Clube do Rock lança projeto Sexta Autoral

Data: 19 de dezembro (sexta-feira)

Local:  Snooker  Bar, Stella Maris 
Horário: 22H

Ingressos no local: R$10,00 ou adquira seu ingresso antecipado aqui inbox ou com as bandas pelos contatos:99667-1400 (Produção Lady Scarlet)
99925-3357 (Produção Efeito Moral)

Postado por Diversão & Arte

Espetáculo Raízes abre 18ª edição do Teatro Deodoro é o Maior Barato

Apresentação será nesta quarta (17), às 19h30

15.05.2017 às 23:45
Foto: Divulgação

A beleza da dança vai entrar em cena na primeira apresentação da 18ª edição do Teatro Deodoro é o Maior Barato, nesta quarta-feira (17), às 19h30, no Teatro Deodoro. O espetáculo Raízes, da Cia El Guibbor, abre a temporada  2017 do projeto, que busca estimular a produção local na música e nas artes cênicas.

Os ingressos custam R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 a meia entrada e estão à venda na bilheteria do teatro, em horário comercial e pelo link http://www.compreingressos.com/espetaculos/8422-raizes-cia-el-guibbor, sem cobrança de taxa de conveniência.

No espetáculo, os dançarinos nos remetem à imponência das árvores, firmes e fortes diante da ventania, do sol e da chuva. Eles destacam também a representatividade da vida por meio das árvores que nos dão frutos e ar – o que significa a doação pura. Apesar da força, o espetáculo reforça que é preciso se defender das adversidades. No caso das árvores, os raios, que são capazes de derrubá-las.

A professora e diretora-geral do espetáculo, Selma Pimentel, contou que tudo começou no ano passado. Ela via tantas diferenças entre os integrantes do grupo, cada um com a sua vida, limitações e obrigações. E, mesmo com tantas tarefas, continuavam ensaiando.

Selma Pimnetel passou a se questionar qual o motivo de estarem lá? Primeiro, o amor à dança, um dos pilares mais fortes. Depois, a dedicação, o compromisso, a confiança... Assim, em meio à reflexão, ela fez uma analogia com a vida e com as árvores. Daí o nome ‘Raízes’.

“Você tem que estar firme como uma rai; ter asas pra voar sim, mas ter uma raiz forte pra poder voltar pra casa. A partir das reflexões, fui criando a coreografia. No espetáculo, os dançarinos passam por uma tempestade, caem, mas se levantam e seguem vivos assim como as árvores. Tem uma parte em que eles dançam de olhos vendados para representar a confiança, outra parte em que uma aluna nossa declama uma poesia escrita por mim... Assim, a gente vai apresentando a dança ao público e provocando reflexões. Estou muito feliz pelo nosso grupo ter sido contemplado no projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato e abrir as apresentações”, revelou a professora e diretora-geral do espetáculo, Selma Pimentel.

Sobre a Cia El Guibbor:

A história da Cia El Guibbor começa na escola de dança Selma Pimentel, que existe há oito anos. A escola surgiu com o objetivo de dar oportunidade às crianças cujas famílias não tinham condições de pagar cursos de ballet, assim como Selma, que enfrentou a mesma dificuldade na infância.

A escola oferece bolsas para 40 crianças de grotas e morros do Jacintinho e faz apresentações gratuitas nas unidades de ensino da rede pública do bairro. A Cia El Guibbor foi criada cinco anos atrás para dar oportunidades aos melhores alunos de participar de espetáculos. O grupo foi selecionado pela primeira vez para o projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato.

Serviço:

Projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato – Espetáculo Raízes, da Cia El Guibbor.

Data: Quarta-feira (17)

Horário: 19h30

Local – Teatro Deodoro, Centro de Maceió.

Preço – R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 a meia entrada

Locais de venda – bilheteria do Teatro Deodoro e online pelo site http://www.compreingressos.com/espetaculos/8422-raizes-cia-el-guibbor

Mais informações: (82) 3315-5665 e www.diteal.al.gov.br.

Postado por Diversão & Arte

Morfina leva de volta ao Teatro Deodoro o movimento Antropofágico Miscigenado

Os músicos Igor Peixoto e Reuel Albuquerque apresentarão o repertório do próximo álbum da banda; as canjas continuam livres para músicos e intérpretes de canções alagoanas

15.05.2017 às 23:00
Foto: Divulgação

A talentosíssima dupla de cantores, compositores e multi-instrumentistas do grupo Morfina, Igor Peixoto e Reuel Albuquerque, faz o pocket show da próxima edição do Antropofágico Miscigenado, o movimento de música alagoana que está de volta ao Teatro Deodoro, na próxima terça-feira (16). “Quisemos fazer um projeto itinerante, com uma proposta de circular por alguns pontos da cidade. Por sugestão de músicos antropofágicos, alegando que precisávamos ‘ir aonde o público esta’, ou seja, aos bares, fizemos uma tentativa no Bar do Rady, na Jatiúca. Mas o público de bar, aparentemente, ficou habituado a ouvir covers de Gilberto Gil, Caetano, Alceu, Bossa Nova... Definitivamente, não é isso o que nós queremos. A ideia é apresentar as nossas músicas: queremos cantar as canções uns dos outros e para isso é preciso que sejamos donos do palco por inteiro – não dividi-lo com o grande e poderoso artista nacional. Estamos nessa batalha para que a música que produzimos chegue ao coração das pessoas. E o melhor lugar para isso é mesmo o espaço de um teatro, onde o público vai de mente e coração abertos”, defende um dos criadores do Antropofágico Miscigenado, Sebage. Ele e o guitarrista Edi Ribeiro deram início ao movimento no início do ano, no saguão do Teatro Deodoro, no centro da capital.

De acordo com Sebage, um movimento itinerante deve acontecer, sim, mas com outro formato. “Estamos vendo propostas para a produção de shows especiais – mensais ou bimestrais, estamos conversando com os nossos parceiros. É possível que iniciemos essa rotatividade musical pela Galeria Gamma, que se lançou num projeto de valorização do artista local, movimentando o espaço da galeria, inclusive no entorno dela à avenida Luiz Ramalho de Castro, paralela à avenida Doutor Antônio Gomes de Barros, antiga Amélia Rosa. Então logo mais, estaremos num grande palco da cidade executando as nossas canções com muito amor e alegria.”

Quanto à dupla do Morfina, Igor Araújo e Reuel Albuquerque prometem “fazer um set mais diferenciado”. “Vamos tocar músicas do próximo álbum, nunca tocadas. Tem também umas surpresinhas com o Sebage”, avisa o guitarrista e produtor, também baterista e tecladista nas horas vagas. Mas que horas vagas que nada, Albuquerque é desses artistas que não param nunca, atuando em diversas frentes, incluindo o álbum que Sebage está gravando para o selo Crooked Tree Records.

“A gente está em processo de gravação do segundo álbum do Morfina”, conta o músico, “e temos pela frente o ‘Festival Zuada’ [que vai acontecer em junho, no bar Rex Jazz] e ainda o ‘Teatro Deodoro é o Maior Barato’. No ‘Maior Barato’ tocaremos com as bandas Yo Soy Toño e Jude. Também esperamos lançar um clipe nos próximos dias – esse está engasgado há um tempo.”

Não conhece o Morfina ainda? Ficou curioso? Vai lá no YouTube, pesquisa no Spotify – eles estão em todo lugar. Siga-os aqui (http://www.facebook.com/Morfnabanda/) e aqui (http://www.instagram.com/morfinabanda). “A gente lançou nesse fim de semana que passou uma bonus track do primeiro álbum [‘Farta Evanescente’, dê uma busca, também, na internet]. É uma musica que eu gravei antes do álbum e antes de Morfina inclusive, em 2014 eu acho”, explica Reuel Albuquerque.

O movimento Antropofágico Miscigenado tem apoio do Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal), do Café da Linda (Teatro Deodoro), do programa “Vida de Artista” e da Rádio Quântica FM.

Movimento Antropofágico Miscigenado – Terça-feira (16), às 18h30. Pocket show: Morfina. Microfone aberto para canjas de música alagoana. Mais informações: (82) 99197 5995.

Teatro Deodoro – Rua Barão de Maceió, 375, Praça Deodoro, centro de Maceió. Tel.: (82) 3315 5665.

Postado por Diversão & Arte

Memorial Pontes de Miranda abre no dia 15.05 exposição sobre o legado de antigas profissões

Mostra fotográfica fica em cartaz na sede do TRT/AL até 31 de maio

12.05.2017 às 19:00
Foto: Mostra TRT/Divulgação

O Memorial Pontes de Miranda da Justiça do Trabalho em Alagoas abre na próxima segunda-feira (15.05), às 14h, a exposição fotográfica Antigas Profissões-Legado e contribuição para a diversidade na produção econômica do Estado de Alagoas. A mostra ficará em cartaz no hall da sede do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL) até 31 de maio, das 7h45 às 14h30.

 A mostra fotográfica traz os meandros do cotidiano de trabalho de pessoas que ainda hoje ganham a vida exercendo Antigas Profissões. Alfaiate, oleiro, sebista, relojoeiro, rendeira, sapateiro, paneleiro, fotógrafo de rua, raizeiro e amolador de tesoura oferecem o rosto e os aspectos de sua cidadania, bem como dão a cara viva e reveladora de sua atitude com a vida e com a profissão abraçada.

 Segundo o presidente do TRT/AL, desembargador Pedro Inácio da Silva, a ideia é contribuir para reflexões acerca de aspectos do desenvolvimento tecnológico e da modernização das relações de trabalho. "Por meio desses personagens tão bem escolhidos e retratados, queremos mostrar a importância das antigas profissões nas dimensões histórica, social, cultural e econômica no Estado de Alagoas", afirmou.

 A mostra faz parte da programação da 15ª Semana Nacional de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), e das comemorações dos 25 anos de instalação do TRT em Alagoas.


Postado por Diversão & Arte


Diversão & Arte por Myla Fernandes

Agenda de entretenimento, atividades artísticas e culturais, divulgada pela jornalista Myla Fernandes

Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S
Avenida Hamilton de Barros Soutinho, 1866 - Jatiúca - Maceió-AL
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]