Dólar com. R$ 3,302
IBovespa +1,8%
26 de junho de 2017
min. 24º máx. 27º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Lava Jato: MPF pedirá aumento de pena para Palocci e Vaccari

Blogs

Programa Escola Viva chega à quarta temporada na TV Educativa

23.02.2015 às 12:03
Programa Escola Viva vai ao ar diariamente às 12h30, sempre às segundas-feiras.(Foto:Ascom/IZP)
De grande relevância e audiência, o programa Escola Viva estreia sua 4ª temporada nesta segunda (23), às 12h30, na TVE Alagoas (Canal 03 da TV Aberta e 06 da NET). Sob o comando da jornalista Anete Carvalho, a atração destaca nesta edição o ensino no Colégio Militar de Alagoas.
 
O programa discute os diferenciais na proposta pedagógica, no currículo, na seleção dos alunos e professores, além das exigências em relação à farda e alimentação.  O Escola Viva fala também sobre como a escola militar conduz a relação com a família e as punições aos alunos, em casos de indisciplina. No estúdio, Anete Carvalho conversa com a tenente-coronel Fátima Escaliante, diretora e comandante do Colégio Militar de Alagoas, e com o ex-aluno do colégio e estudante de Engenharia Elétrica do Cesmac Mateus Borba.
 
 Criado em 1992, o Colégio Militar de Alagoas surgiu de uma aspiração antiga da Polícia Militar em ter um estabelecimento de ensino de qualidade voltado para a educação dos filhos dos policiais militares, promovendo e assegurando o Ensino Fundamental e Médio aos alunos.
 
Com o advento da Lei número 5.883, de 28 de novembro de 1996, o Colégio Tiradentes foi inserido na estrutura organizacional da Polícia Militar de Alagoas. Hoje, o colégio é referência no Estado e promove educação aos dependentes de policiais militares ativos e inativos e de funcionários civis lotados na corporação e aos não dependentes, de acordo com a disponibilidade de vagas.
 
Programa
O Escola Viva foi ao ar pela primeira vez em 2004 e em função de reformulação na grade de programação da emissora foi tirado do ar em 2006. O programa retornou à programação da TVE em 2012, com novos cenários, formato e identidade visual, mas mantendo o compromisso de debater, discutir e suscitar reflexões sobre a educação alagoana, em todos os níveis.  Em nova fase, o Escola Viva vai ao ar diariamente às 12h30, com estreias sempre às segundas-feiras. 
 
*Ascom/IZP
Postado por Etc & Tal

O 'politicamente incorreto' no carnaval da Beija Flor acabou em samba

18.02.2015 às 20:11
Estava torcendo pela Unidos da Tijuca e, preferia, realmente, que a Beija Flor não ganhasse para evitar a polêmica sobre o patrocínio que a escola de Nilópolis teve.
 
Sei que muitas pessoas vão torcer o nariz para o que vou dizer, mas, na minha opinião, ditador africano não entende p.n de carnaval e muito menos de desfile. Não se pode tirar o mérito e o empenho dos que trabalharam o ano inteiro para apresentar na avenida um desfile tecnicamente perfeito. Desde os membros da Comissão de Carnaval da escola, que idealizam o espetáculo ao mais humilde componenente, que muitas vezes tem no desfile seu momento único de cidadania. 
 
O enredo foi, eu sei, bastante polêmico, mas não o suficiente para mudar o desfecho de um desfile que, além de quase perfeito, teve uma incontestável sinergia com o público presente ao sambódromo( e certamente com os jurados).
 
Talvez fosse interessante, para evitar certas situações como essa, que a Liesa criasse um regulamento sobre os tipos de patrocínios que as escolas pudessem receber, mas acho pouco provável que isso aconteça no curto prazo.
 
Entretanto mesmo que o enredo da escola de Nilópolis fosse outro é bom lembrar que o " politicamente incorreto"  das agremiações não começou agora.  Há décadas o "espetáculo" é comandado pela alta cúpula da "contravenção" e ninguém fala nada sobre o assunto.
 
Provavelmente já absorvemos e aceitamos que em se tratando de carnaval tudo deve mesmo é  acabar em samba...
Postado por Etc & Tal

Projeto IZP na Folia estreia 5ª edição com resgate de tradições

23.01.2015 às 01:54
Programa vai ao ar simultaneamente pelas rádios Educativa FM e Difusora AM até 13 de fevereiro, das 8h30 às 10 horas*
 
O projeto IZP na Folia chega à sua 5ª edição com a estreia, nesta segunda-feira (26), do programa de rádio, que leva o mesmo nome do projeto, indo ao ar até 13 de fevereiro, das 8h30 às 10 horas, simultaneamente pela Educativa FM e Difusora AM, com apresentação do jornalista Marcos Guimarães.  A iniciativa é uma realização do Instituto Zumbi dos Palmares com apoio da Secretaria de Estado da Comunicação.
 
 
O IZP na Folia tem como objetivo dar visibilidade aos costumes e tradições do povo alagoano, envolvendo e incentivando a discussão para o fortalecimento do carnaval, e abrindo espaço para os músicos, compositores, produtores culturais, grupos e blocos carnavalescos da terra. Configurando-se também como um espaço de debate e reflexão sobre o Carnaval alagoano.
 
O programa IZP na Folia contará ainda com a 2ª edição do quadro “Alagoas de tradições e ritmos” em formato de radiodocumentário destacando aspectos históricos dos nossos carnavais. A iniciativa mescla música e depoimentos. Nesta edição serão exibidos oito inéditos e sete reapresentações da edição de 2014. Entre os inéditos estão: Maestro Manuelzinho; Seresteiros da Pitanguinha; os blocos Turma da Rolinha, Vulcão, Maluco Beleza e Concentra, mas não sai; o Carnavalesco Gil Lopes terá sua história contada na atração e uma homenagem especial aos foliões Pedro Tarzan, Miss Paripueira, Setton Neto, Moleque Namorador, Major Bonifácio, Rás Gonguila, e Romeu Loureiro, falecido recentemente. Serão reapresentados, de 2014, os radiodocumentários sobre Blocos Filhinhos da Mamãe; Pinto da Madrugada; Casa Azul; Jaraguá Folia; Maestros Alagoanos; Compositores alagoanos e Bailes de Carnaval.
 
Participam do programa de estreia Eduardo Lyra, do Pinto da Madrugada, Alfredo Gazzaneo, dos Seresteiros da Pitanguinha, Paulo Martins, da Turma da Rolinha, e o Comodoro do Iate Clube Pajuçara, Moacyr Albuquerque.  
 
Institucionais
 
Também fazem parte do projeto IZP na Folia a veiculação de hinos e sambas-enredos dos blocos e escolas de samba durante a programação das rádios Educativa e Difusora; a divulgação de Agenda Cultural da TVE Alagoas com informações sobre os locais de folia espalhados pelo Estado. Além dos institucionais “IZP na Folia: Dicas da Caralâmpia”, com a personagem alertando os pais sobre os cuidados que devem tomar com os foliões mirins. 
 
O projeto conta ainda com ações na internet com a fanpage do projeto www.facebook.com/IZPnaFolia e o blog www.izpnafolia.com.br, onde é possível encontrar vídeos, fotografias, textos e áudios dos programas e institucionais da edição atual e anteriores, além de versões online das exposições “Alagoas de Tradições e Ritmos” de 2013 e 2014.
 
*Ascom/IZP
Postado por Etc & Tal

Governo viabiliza equipamentos de transmissão digital para TVE

19.12.2014 às 16:54
No ato da assinatura para a liberação dos recursos, governador Teotônio Vilela se reuniu com a direção do IZP, Secretário e Adjunto da Secom, Secretário Chefe do Gabinete Civil e Coordenador do Programa Alagoas tem Pressa.(Foto:Aílton Cruz)
Projeto de digitalização da emissora do Instituto Zumbi dos Palmares(IZP) foi inserido no programa Alagoas tem Pressa
 
O governo do Estado assegurou a liberação de recursos para a aquisição de equipamentos de transmissão digital que serão utilizados pela TV Educativa de Alagoas, envolvendo transmissor, antena, equipamentos de controle e medição e no-breaks (equipamentos de regulação e armazenamento de energia).
 
O investimento contempla a etapa de transmissão do Projeto de TV Digital do Instituto Zumbi dos Palmares, que foi inserida no Programa Alagoas tem Pressa, do Governo do Estado. A partir da instalação e teste dos equipamentos que chegarão ao IZP no início do próximo ano, a TV Educativa poderá transmitir o seu sinal em digital, assegurando abrangência e qualidade de imagem para telespectadores e usuários. “É um esforço de governo em favor da sociedade, por acreditarmos no resultado cultural e educativo dessa iniciativa”, destacou o governador Teotonio Vilela, ao anunciar a liberação dos recursos.
 
A emissora educativa deverá transmitir experimentalmente em digital já ao final do primeiro trimestre de 2015. Até lá ainda se faz necessária a conclusão da infraestrutura elétrica para atender a nova demanda de carga com a implantação do projeto. “É o início de uma nova fase da TVE”, ressalta o diretor de Operações do IZP, Luiz Fernando Gonzalez, responsável pelo projeto de migração do sistema analógico para o digital da TV Educativa. “Teremos um sinal robusto e em nível compatível ao das demais emissoras, resolvendo definitivamente o problema de alcance de sinal da TVE”, observou.
 
Para o diretor presidente do IZP, jornalista Marcelo Sandes, com a aquisição dos equipamentos de transmissão digital a TVE ganhará condição diferenciada em imagem e alcance de sinal. Um investimento, lembrou, que atende também à necessidade legal de migração do sistema analógico para o digital, de acordo com cronograma do Ministério das Comunicações.  “Ressalto o compromisso cumprido pelo governador Teotonio, entendendo a importância e extensão da iniciativa do ponto de vista técnico, cultural e de prestação de serviço”, destacou.  “Assim como o fez em relação a outros equipamentos importantes para o Instituto, a exemplo dos transmissores da Rádio Difusora e da Educativa FM, e da nova Torre de Transmissão do IZP, de 90 metros, já dimensionada para receber as antenas do sistema digital”, observou.
 
Sandes disse ainda que essa ação não prescinde da necessária continuidade de investimentos no Projeto Digital, para aspectos como digitalização de acervo, controle mestre e estúdio. “É um desafio e esforço continuado que envolve todas as emissoras do país, sejam públicas ou privadas”, observou.
 
O secretário Guilherme Lamenha, da Comunicação, também falou sobre a importância da aquisição dos equipamentos de transmissão digital. “É um avanço para a comunicação pública e mais um legado para Alagoas”, disse. Para o secretário Álvaro Machado, do Gabinete Civil, a iniciativa atende a uma necessidade do IZP e também da sociedade. “Que será beneficiada com a nova transmissão e recepção digital da TVE”, observou. 
 
 
*Com informações da Ascom/IZP
Postado por Etc & Tal

Rádio Difusora é tetracampeã do Prêmio Braskem de Jornalismo

10.11.2014 às 23:41
Jornalistas Carlos Madeiro e Giuliano Porto vencedores do Prêmio Braskem.Foto:Ascom/IZP
Emissora do instituto Zumbi dos Palmares foi , uma vez mais, reconhecida pela excelência de suas produções jornalíticas
 
A Rádio Difusora de Alagoas foi mais uma vez reconhecida por sua produção jornalística, ao vencer, pela quarta vez consecutiva, o Prêmio Braskem de Jornalismo, a maior honraria do jornalismo alagoano, na categoria Radiojornalismo. A emissora conseguiu emplacar as três matérias finalistas, sendo vencedora a reportagem “Suco de Laranja com Limão”, dos jornalistas Carlos Madeiro e Giuliano Porto. A premiação aconteceu no último sábado (8) em Maceió.
 
“Esse ano foi especial, porque ganhamos com uma matéria que divulgou um dos setores mais importantes da Zona da Mata, mostrando como eles são criativos e competentes”, afirmou Carlos Madeiro. "Além de emplacarmos as três reportagens finalistas, é o quarto prêmio consecutivo que conquistamos, desde a criação da categoria Radiojornalismo", comemorou Giuliano Porto. A reportagem “Suco de Laranja com Limão” também foi vencedora na etapa regional do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional 2014, na categoria Mídia Eletrônica – Rádio.
 
A premiação, organizada pelo Sindicato dos Jornalistas em parceria com a Braskem, completou 25 anos agora em 2014. Nessa edição, foram inscritos 228 trabalhos, com participação de 80 jornalistas e 39 estudantes.
 
No segmento de radiojornalismo, tem sido recorrente o reconhecimento da Difusora em premiações do gênero, alcançando a primeira colocação. Além do Prêmio Braskem de Jornalismo, a emissora também conquistou a etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, o Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental, o Prêmio Braskem de Segurança e Saúde do Trabalho e o Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo.  Além disso, em 2012 a Difusora foi responsável por importante conquista nacional, ao obter a primeira colocação na 6ª edição do Prêmio Allianz Seguros de Jornalismo, concorrendo com emissoras públicas e privadas de todo o país.
 
Confira os vencedores por categoria:
 
Categoria Estudante (Prêmio Freitas Neto):
Filhos do Crack
Igor Raphael Gouveia (Ufal)
 
Rádio: 
Suco de Laranja com Limão
Carlos Madeiro e Giuliano Porto(Rádio Difusora)
 
Web:
Esquecidos: Sem Dados Oficiais
Tereza Cristina (Cada Minuto)
 
Menção Honrosa Assessoria de Imprensa:
Podcast TJ Alagoas: Conteúdo em formato de Áudio como Estratégia de Relacionamento do Poder Judiciário com a Sociedade
Maikel Marques e Itamara de Almeira (TJ/AL) 
 
Assessoria de Imprensa:
Projeto Coopvila Reciclar e Educar
Helciane Pereira (Cooperativa dos Catadores da Vila Emater)
 
Jornalismo Impresso - Design Gráfico:
Operação NR 31
Jobson Pedrosa (O Dia)
 
Menção Honrosa Jornalismo Impresso - Categoria Esportiva: 
Joelho: O Calcanhar de Aquiles dos Jogadores
Marcelo Alves (O Dia)
 
Jornalismo Impresso - Categoria Esportiva: 
Joãozinho Paulista
Wellington Santos (Gazeta de Alagoas)
 
Menção Honrosa Jornalismo Impresso - Informação Cultural:
O Passado Que Se Faz Presente
Larissa Bastos (Gazeta de Alagoas)
 
Jornalismo Impresso - Informação Cultural:
O Maracatu Também É Nosso
Larissa Bastos (Gazeta de Alagoas)
 
Jornalismo Impresso - Informação Política e Econômica:
Estaleiro de Alagoas Ainda É uma Incógnita
Vera Alves Jornal (Extra de Alagoas)
 
Menção Honrosa Jornalismo Impresso - Fotografia:
Motrisa 
Eduardo Leite (O Dia)
 
Jornalismo Impresso - Fotografia:
Saúde Condenada
Marcelo Albuquerque (Gazeta de Alagoas)
 
Jornalismo Impresso - Reportagem: 
Educação Falida
Maurício Gonçalves, Wagner Melo, Severino Carvalho, Elisana Tenório, Milena Andrade e Jonathas Maresia (Gazeta de Alagoas)
 
Telejornalismo Reportagem: 
Corrupção em União dos Palmares: A Fábrica de Notas Frias
Thiago Correia e José Pereira (TV Pajuçara)
 
Menção Honrosa Telejornalismo - Reportagem Cinematográfica:
Refém do Horror
Romildo Soares (TV Pajuçara)
 
Telejornalismo - Reportagem Cinematográfica 
Mãe do Coração Ganha Novo Filho
Josenildo Lopes (TV Gazeta)
 
Categoria Grande Prêmio:
O Fim do Império
Deraldo Francisco, Layra Santa Rosa, Alexandre Lino (O Dia)
 
*Ascom/IZP
Postado por Etc & Tal

Rádio Difusora comemora 66 anos homenageando radialistas alagoanos

25.09.2014 às 12:39
Em evento que acontece nesta quista-feira (25), às 19 horas, no Espaço Cultural Linda Mascarenhas, o Instituto Zumbi dos Palmares  celebra os 66 anos de fundação da Rádio Difusora de Alagoas, emissora oficial do Estado que iniciou a história do rádio em Alagoas. Na ocasião será comemorado ainda o Dia do Radialista, numa iniciativa envolvendo o Sindicato dos Radialistas de Alagoas, quando serão homenageados e reconhecidos profissionais do rádio alagoano.
 
Inaugurada em 16 de setembro de 1948, a Rádio Difusora de Alagoas foi uma das últimas representantes da chamada era de ouro do rádio e ganhou o título de Caçulinha das Américas.  Reunindo profissionais mais experientes com novos nomes e jovens valores, a emissora continua dinâmica na sua missão de bem servir à coletividade alagoana, apostando sempre no talento e criatividade dos seus servidores e equipes. Empenho esse, que a cada dia tem sido reconhecido pelos ouvintes, parceiros e público em geral nas áreas de esporte, jornalismo e entretenimento.
 
Durante a solenidade serão homenageados os radialistas Gilson Gonçalves (Rádio Correio); Humberto Maia (Rádio Pajuçara FM); Oswaldo Barbosa (Novo Nordeste); José Carlos Campos (atuou em diversas emissoras alagoanas); Arivaldo Maia (Rádio Gazeta); Washington Carvalho (Rádio Difusora); Costa Cabral (Rádio Difusora); ao técnico Bráulio Silvestre (Rádio Difusora); e aos jornalistas Marcos Madeiro e Giuliano Porto (Rádio Difusora). Também serão realizadas homenagens aos radialistas falecidos Arnaldo Costa e Jurandir Costa. Ainda como parte das homenagens haverá apresentação musical com o cantor Igbonan Rocha, com participação especial do instrumentista Wellington do cavaquinho.
 
No segmento de radiojornalismo, a Difusora tem obtido nos últimos anos o reconhecimento em importantes premiações locais, como o Prêmio Braskem de Jornalismo e o Prêmio Octavio Brandão de Jornalismo; etapas estaduais do Prêmio Sebrae de Jornalismo e regional do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo;  além da importante conquista nacional, em 2012, com a Difusora sendo a grande vencedora da 6ª edição do Prêmio Allianz Seguros de Jornalismo, concorrendo com emissoras de rádio públicas e privadas de todo o país. 
 
Caçula das Américas - A Difusora iniciou suas transmissões operando com transmissor Philips de 10 kW, com prefixo ZYO-4, na frequência 960 quilociclos, em ondas médias de 312.5 metros. Um dos programas mais populares era o Rádio Variedades, apresentado, inicialmente, por Alcides Teixeira, e depois por Odete Pacheco. Rádio Variedades era um programa dominical, que tinha como ponto forte a apresentação de calouros um dos pontos fortes.
 
Cantores como Juvenal Lopes, Claudius Jucá, Marlene Silva e Zezé de Almeida tinham contrato fixo. Para acompanhar esses profissionais a rádio mantinha também músicos e bandas inteiras. A Polícia Militar de Alagoas e o antigo 20º Batalhão de Caçadores, do Exército, contribuíram muito para o sucesso musical da emissora, assim como os cantores Orlando Silva, Sílvio Caldas, Nelson Gonçalves, dentre outros que se apresentaram nas transmissões da Difusora.
 
Em 2001, com a criação do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP), a sede da emissora passou a localizar-se na Avenida Fernandes Lima, no complexo que reúne também a TV Educativa de Alagoas, a Rádio Educativa FM e o Espaço Cultural Linda Mascarenhas. Já como parte do IZP, a emissora inaugurou nova fase e hoje considerada uma rádio AM atuante e moderna no Estado. Funciona 24 horas por dia, oferecendo uma programação variada envolvendo jornalismo, entretenimento, musicais e farta cobertura esportiva. A Difusora também está na internet no endereço eletrônico www.izp.al.gov.br
 
Com um transmissor de ponta adquirido em 2010 pelo Governo do Estado, de 15.000 Watts de potência, a difusora hoje alcança todas as regiões do Estado, beneficiando a muito mais alagoanos com som de qualidade e programação eclética e atual.
 
*Com Ascom/IZP
Postado por Etc & Tal

Rádio Difusora é finalista no Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo

19.08.2014 às 23:13
Jornalistas Carlos Madeiro e Giuliano Porto(Foto:Ascom/IZP)
A Rádio Difusora AM, emissora integrante do Instituto Zumbi dos Palmares, é finalista do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional, na categoria Mídia Eletrônica-Rádio, com a reportagem “Suco de Laranja com Limão”, dos jornalistas Carlos Madeiro e Giuliano Porto.  A matéria venceu a etapa estadual e agora segue para a nacional, que acontece em novembro, em Fortaleza (CE).
 
A reportagem, que pode ser conferida AQUI,  destacou plantação de laranja-lima na Região da Zona da Mata Norte de Alagoas, com enfoque na produção de polpa de fruta para suco, uma iniciativa inédita.
 
A edição de 2013 recebeu 130 inscrições válidas, com cerca de 300 profissionais e estudantes, oriundos de veículos e jornais laboratórios situados no Nordeste e estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Minas Gerais e Espírito Santo.
 
O objetivo do Prêmio é incentivar o debate sobre aspectos do desenvolvimento regional nordestino. A premiação contempla reportagens publicadas em veículos impressos (texto e foto) e eletrônicos (rádio, tv e internet) ao longo do ano. Concorrem reportagens de todo o País, que tratem da temática, podendo participar profissionais e estudantes de Jornalismo.
 
Confira a relação dos finalistas:
 
Mídia Impressa-Texto
 
• Adriana Guarda e Equipe - Outro Sertão é possível (Jornal do Comércio – PE);
 
• Lauriberto Carneiro Braga e Equipe - Na dianteira do crescimento (O Estado de São Paulo – SP);
 
• Mariana Segala - Retirada para o Nordeste (Carta Capital – SP);
 
• Paulo Vitor Silva do Nascimento - O futuro da indústria potiguar (Novo Jornal – RN);
 
Severino Carvalho Gomes - Uma outra forma de fazer turismo no Brasil (Gazeta de Alagoas - AL)
 
Mídia Impressa-Foto
 
• Fábio Lima - A peleja da Água (Jornal O Povo - CE);
 
• Ney Douglas Marques – O futuro da indústria potiguar – Novo Jornal (RN)
 
• Teresa Maia - À margem do Progresso (Diário de Pernambuco - PE);
 
Mídia Eletrônica-TV
 
• Alessandro Manso Torres e Equipe - Sertão de Empreendedores (TV Verdes Mares - CE);
 
• Francisco das Chagas Sales Júnior - Empresa Viva (Intertv Cabugi - RN);
 
• Thiago Correia e Equipe - O Piruliteiro (TV Pajuçara - AL);
 
• Wendell Rodrigues - Série Exemplos (TV Correio/Record - PB);
 
Mídia Eletrônica-Rádio
 
• Emanuel Weslley e Lucas dos Santos - Aterro sanitário da região metropolitana do Cariri (UFCA);
 
• Erick França - Novas Formas de Negócio (Jangadeiro FM - PE);
 
Giuliano Martins Porto de Souza e Equipe - Suco de Laranja com Limão (Rádio Difusora de Alagoas - AL);
 
• Tárcio Araújo - Sonhar não custa nada, se qualificar também não (95 FM - RN);
 
• Vanessa Sonaly de Oliveira - Caminhos do Seridó - UERN
 
 
Mídia Eletrônica-Internet
 
• Anamaria Nascimento - Carbono Zero (Diário de Pernambuco - PE);
 
• Esdras Marchezan Sales - Resistência em Palmares (Portal no Ar - RN);
 
• Patrícia Basílio - Paraíba é 2ª colocada em sobrevivência de pequenas empresas (iG – SP).
 
Regina Carvalho - Mercado de Franquias (Gazeta Web - AL);
 
• Renata Rayane Moura da Silva Rodrigues - Costurando o desenvolvimento (Tribuna do Norte - RN);
 
*Ascom/IZP
Postado por Etc & Tal

Projeto Linda brinda a talentos dos palcos alagoanos

27.07.2014 às 18:20
Em mais uma edição de seu tradicional Projeto Linda de Música e Artes Visuais, o Espaço Cultural Linda Mascarenhas resolveu celebrar o Teatro alagoano em uma programação especial, que contará com o show "Converso com o Verso", da cantora Elisa Lemos, e a exposição Ato Inúmero, que tem curadoria do ator Carlos Alberto Barros e faz uma visita à história do Teatro Alagoano. O show e a abertura da exposição acontecem no Espaço Cultural Linda Mascarenhas, no dia 01 de agosto, às 20 horas, com entrada franca. Vale a pena conferir.
 
Elisa Lemos
 
Elisa Lemos, oriunda do Teatro, é destas cantoras que você não consegue associar a nenhuma outra, seja pela imagem, seja pela voz suave e espírito denso. Apresentará um espetáculo com músicas autorais e composições inéditas de outros compositores.O show, ‘Converso com o Verso’, é também uma pequena mostra do primeiro CD que vem aí, produzido pelo guitarrista Toni Augusto.
 
Filha de seu tempo, Elisa une elementos da música contemporânea e inclui seu estilo no cenário da nova MPB, com a atmosfera terna característica de suas performances.
Contemplativo, dançante e singular, ‘Converso com o Verso’ vem acrescentar à música brasileira a voz forte e autêntica de Elisa Lemos
 
Ato Inúmero
 
Fruto de uma grande pesquisa realizada pelo ator e diretor Carlos Alberto Barros, a Exposição Ato Inúmero faz uma justa homenagem ao Teatro alagoano. Foram diversas horas de entrevistas com expoentes da cena teatral alagoana, e uma análise cuidadosa de muito material de acervo e registros da história dessa nobre arte, que sempre terá mais um ato para se expressar e encantar o público alagoano. Ato Inúmero faz uma visita às produções mais marcantes, às companhias teatrais e às personagens inesquecíveis dos palcos e da vida real, que dedicaram suas biografias para escrever a história do nosso Teatro, deixando que o Teatro imprimisse no roteiro de suas vidas os traços mais singulares e encantadores da magia teatral. 
 
A exposição ficará em cartaz no Hall do Espaço Cultural Linda Mascarenhas por um mês, em horário comercial e durante as atividades do Espaço, com visitação gratuita. 
 
*Com Ascom/IZP
*Foto:Mariana Olímpia/Assessoria
Postado por Etc & Tal

Emissoras do IZP na cobertura do 24º Festival de Inverno de Garanhuns

20.07.2014 às 11:07
As emissoras do Instituto Zumbi dos Palmares estão presentes em mais uma edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), que acontece de 17 a 26 de julho, com a Rádio Educativa FM transmitindo os principais shows, além de flashes também pela Difusora AM. Grandes nomes da música brasileira como Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Vanessa da Mata, Luiz Caldas, Zé Ramalho, Ângela Maria, Titãs e muitos outros irão se apresentar nos palcos do festival, e o ouvinte da 107,7 poderá acompanhar tudo ao vivo.
 
As emissoras integrantes do IZP farão uma intensa cobertura sobre o evento, transmitindo ao vivo todos os shows do palco principal. Com os trabalhos técnicos de Albérico Monteiro, reportagens de Marcos Antônio e apresentação de Ricardo Teles, as transmissões começam todos os dias às 20 horas, trazendo sempre o panorama do festival, as atrações da noite, entrevistas com artistas e músicos e todas as informações do FIG. “O festival é realmente um grande acontecimento cultural, com muitas atrações de qualidade, para todos os gostos e de graça. É, sem dúvida, um dos maiores eventos culturais da América Latina”, disse o diretor da Rádio Educativa, Ricardo Teles.
 
O Festival de Inverno está na sua 24ª edição e já se tornou referência cultural no Brasil. Durante o mês de julho, todos os anos, a aconchegante cidade de Garanhuns recebe cerca de 500 mil pessoas durante os 10 dias de festival, que engloba além da música, o cinema, a cultura popular, o teatro, e muitas outras manifestações artísticas.
 
“A Rádio Educativa cumpre o seu papel, mais uma vez, de disseminar e divulgar a cultura e a boa música. A cobertura de um evento grandioso como esse é de suma importância para o objetivo da emissora, que é levar ao nosso público, um ouvinte de bom gosto e formador de opinião, uma programação musical e cultural de qualidade”, afirmou Ricardo.
 
Ao todo, são 17 polos espalhados pela cidade, onde acontecerão mostras literárias, exposições fotográficas e de cinema, apresentações de cultura popular, artesanato, espetáculos circenses, oficinas e debates. A tradicional praça Guadalajara, atualmente Praça Mestre Dominguinhos, vai abrigar as grandes atrações musicais, que também incluem Fábio Júnior, Alceu Valença, Otto, Marcelo Jeneci, Céu, José Augusto, Nação Zumbi, Mariana Aydar, Carminho, Waldonys e Liv Moraes.
 
*Com Ascom/IZP
Postado por Etc & Tal

Exposições do IZP destacam tradições juninas de Alagoas

20.06.2014 às 19:37
No Maceió Shopping a exposição fica em cartaz até 30 deste mês e no Espaço Cultural Linda Mascarenhas pode ser conferida até o dia 18 de julho. Foto:Ascom/IZP
Divididas por categorias, a exposição do Linda Mascarenhas e a do Maceió Shopping destacam aspectos da religiosidade, literatura de cordel, música, artes visuais e dança
 
Em cartaz no Espaço Cultural Linda Mascarenhas e no Maceió Shopping, a exposição Gente Nossa: O melhor da Tradição Junina destaca algumas das culturas populares presentes nessa época do ano em Alagoas. A mostra convida o visitante a mergulhar nos costumes, música, artesanato e diversidade artística e cultural. No Maceió Shopping a exposição fica em cartaz até 30 deste mês e no Espaço Cultural Linda Mascarenhas pode ser conferida até o dia 18 de julho.
 
 
 Divididas por categorias, a exposição do Linda Mascarenhas e a do Maceió Shopping destacam aspectos da nossa religiosidade, literatura de cordel, música, artes visuais e dança.  No entanto, contam com propostas distintas, com a mostra em cartaz no Maceió Shopping sendo composta de painéis, dando maior visibilidade a música com homenagens aos trios de forró, bandas de pífano, instrumentistas e forrozeiros.
 
 Já a exposição em cartaz no Linda Mascarenhas, possibilita que o visitante confira obras dos mais representativos artistas plásticos e artesãos do Estado, envolvidos também com a temática junina.  Estão em exposição na Galeria do IZP esculturas do artesão Arlindo Monteiro, conhecido por suas miniaturas feitas com palito de fósforo. Da Comunidade do Muquém, de União dos Palmares, as famosas “Cabeças”, de Dona Irinéia e seu esposo Antônio Nunes; e os utilitários de Dona Marinalva. Da cidade de Capela estão expondo os discípulos de João das Alagoas: Nena, Adriana, Tita, Cláudio Henrique e João Carlos.
 
Também é possível conferir os trabalhos feitos com madeira dos artesãos Antônio de Dedé, de Lagoa da Canoa. E de André da Marinheira, filho do famoso artesão Manuel da Marinheira, de Boca da Mata. De Limoeiro de Anadia vieram as esculturas de Jackson Lima, que parecem de ferro, mas que são feitas com material reciclado. E saída dos folhetos de cordel, a escultura do personagem “João Boneco”, do cordelista e artista plástico Cristiano Krisko.
 
 Além das esculturas, também estão sendo expostas telas dos artistas plásticos Lula Nogueira, Ricardo Nascimento, Tanya Maia de Pedrosa, Pedro Cabral, Persivaldo Figueirôa, Achiles Escobar e do seu discípulo Everton Prado.
 
 A iniciativa é uma realização do Instituto Zumbi dos Palmares, por meio do projeto IZP no São João de Alagoas, em sua 4ª edição, tendo por objetivo valorizar e dar visibilidade às manifestações culturais presentes no período junino. Posteriormente também será disponibilizada versão online das exposições no site www.izpnosaojoaodealagoas.com.br.
 
 Criado em junho de 2011, o IZP no São João de Alagoas envolve todas as emissoras educativas do IZP - Educativa FM (Maceió, Arapiraca e Porto Calvo), Difusora AM e TV Educativa -, além do Espaço Cultural Linda Mascarenhas (teatro e galeria).
 
 A exposição é concepção da Assessoria de Comunicação do IZP, com coordenação de Iranei Barreto; concepção gráfica de Bruno Menezes; revisão e finalização de Joenne Mesquita; texto e pesquisa de Iranei Barreto, Nicollas Serafim e Ribamar Levine; colaboração de José Lessa; e apoio de Amanda Neves e Givaldo Kleber. A curadoria é de Persivaldo Figueirôa e Aldo Rodrigues.
 
*Ascom/IZP
Postado por Etc & Tal


Etc & Tal por Ricardo Leal

Carioca, publicitário, poeta e escritor. Radicado em Alagoas desde 2002, trabalhou em diversas campanhas eleitorais no estado. Foi  diretor da Organização Arnon de Melo (OAM) e do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP). É diretor executivo da Press Comunicações e titular do blog Etc & Tal veiculado no portal Painel Notícias, desde 2010.

Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S
Avenida Hamilton de Barros Soutinho, 1866 - Jatiúca - Maceió-AL
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]