Dólar com. R$ 3,169
IBovespa -0,9%
18 de outubro de 2017
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Justiça absolve ex-sócio do escritório de Adriana Ancelmo
01/07/2017 às 11h26

Blogs

Record, SBT e Rede TV! decidem voltar para a TV paga sem consultar operadoras


"Na marra"

Record, RedeTV! e SBT decidiriam voltar à TV paga e surpreenderam as operadoras, que ainda negociam com os canais pelo carregamento de seus sinais digitais, fora do line-up desde 29 de março, quando o sistema analógico foi desligado em São Paulo e as emissoras foram autorizadas, por lei, a exigirem remuneração das empresas para continuar oferecendo aos assinantes seus conteúdos – que sempre foram de carregamento obrigatório.


"Maquinaram" e... se deram mal

A Simba, joint-venture que representa os três canais, afirma que só está se “oferecendo” para voltar à TV paga em razão de pedidos de associações de defesa do consumidor; dentre elas, o Inadec (Instituto Nacional de Defesa do Consumidor), de Celso Russomanno, contratado da Record. Foi a Inadec, aliás, que incitou a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor) a instaurar uma ação para investigar as ações das operadoras e os prejuízos aos assinantes.


Conciliação forçada

Agora, as parceiras alegam buscar um “gesto de conciliação”. Mas sabe-se que, na verdade, a estratégia adotada por Record, RedeTV! e SBT, de retirar os sinais abruptamente e contar com os protestos do público, deu errado. Anteriormente, as emissoras chegaram a estimular telespectadores a procurarem órgãos de defesa – e a Justiça – para queixar-se da ausência dos sinais no line-up.


Transferindo responsabilidades

Ou seja: a princípio intransigente, agora a Simba praticamente clama por um acordo. Prova disso é a queda no valor cobrado das operadoras – de RS 3,5 bilhões anuais para R$ 840 milhões.. Com esta nova postura, a joint-venture transfere para as operadoras a responsabilidade por um acerto.


*Com informações do portal RD1


Etcetera por Ricardo Leal

Carioca, publicitário, radialista, poeta e escritor. Radicado em Alagoas desde 2002, trabalhou em diversas campanhas eleitorais no estado. Foi diretor da Organização Arnon de Melo (OAM) e do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP). É diretor executivo da Press Comunicações e titular da coluna/blog Etcetera, veiculada no portal Painel Notícias e no jornal Painel Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S
Avenida Hamilton de Barros Soutinho, 1866 - Jatiúca - Maceió-AL
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]