Dólar com. R$ 3,783
IBovespa +0,81%
25 de junho de 2018
min. 23º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Seis apostas levam a Quina de São João; confira as dezenas sorteadas
25/05/2018 às 18h58

Blogs

EBC distribuirá às TVs públicas produções do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA


Ao longo dos próximos meses, 57 obras produzidas nas cinco regiões do país serão disponibilizadas

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) iniciará a distribuição para as TVs públicas das produções independentes financiadas com recursos da segunda edição da Linha de Produção de Conteúdos do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA 2015.

Ao longo dos próximos meses, 57 obras produzidas nas cinco regiões do país serão disponibilizadas. O conteúdo soma, aproximadamente, 200 horas de produção. Dessas obras, 46 são séries, sendo dez de animação, 16 de ficção e 20 documentais. As atrações são voltadas para os públicos adulto, juvenil e infantil.

Três obras já estão disponíveis. Um deles é o documentário “A Terra e a Vida”, dirigido por Miguel Antunes Ramos. O filme apresenta os conflitos vividos por duas famílias indígenas da cidade de Boa Vista (RR), em meio ao recente desenvolvimento e urbanização do norte do país.

Também está disponível a série de animação com 13 episódios chamada “Chapeuzinho de todas as Cores”, de Camila Kauling e Paolo Conti. A série é uma adaptação do livro “Chapeuzinho Amarelo”, de Chico Buarque.

Há, ainda, o documentário “Xavante – O Povo do Sol Nascente” é a terceira obra disponível. Conta a história do povo Xavante sob o olhar do diretor Divino Tserewahú Tsereptsé, um índio Xavante da aldeia de Sangradouro (Mato Grosso).

Os editais desta linha de financiamento são operados por meio de uma parceria entre a EBC, a Agência Nacional de Cinema (Ancine) e a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura. Conta com o apoio da Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU), Associação Brasileira de Canais Comunitários (ABCCOM) e Associação Brasileira de Emissoras Públicas Educativas e Culturais (ABEPEC).

Para ter acesso aos conteúdos, as TVs públicas (universitárias, comunitárias, educativas e culturais) terão de aderir ao programa PRODAV/TVs Públicas, por meio da Central de Atendimento da EBC.

*Com Ascom EBC


Etcetera por Ricardo Leal

Publicitário, radialista, poeta e escritor. Carioca, radicado em Alagoas desde 2002, trabalhou em diversas campanhas eleitorais no estado. Foi diretor da Organização Arnon de Melo (OAM) e do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP). É diretor executivo da Press Comunicações e titular da coluna/blog Etcetera, veiculada no portal Painel Notícias e  na revista Painel Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]