Dólar com. R$ 3,308
IBovespa +0,25%
15 de dezembro de 2017
min. 22º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Semed oferta 600 vagas para Projovem Urbano 2018
17/11/2016 às 22h54

Blogs

“Ocupações pra todos os gostos”

Ocupação... pra todos os gostos, concepções ideológicas e reações de avaliação absolutamente distintas conforme a conveniência política de quem o faz! Na ética também tem disso, aff, se o adversário ou inimigo de classe rouba os cofres públicos a resposta tem que ser implacável, mas se os parasitas forem companheiros de causa (mesmo que seja de repugnante traição de classe) e roubarem pra usufruir do luxo vulgar e ganhar eleição imediatamente ganham conluio e omissão. Se escolas são ocupadas para gritar Fora Temer imediatamente surgem aplausos de um lado e condenação feroz de outro, mas se a ocupação for pela intervenção militar imediatamente as posições são risivelmente invertidas.

Assim sendo, registro humildemente minha posição sobre as Ocupações:

     1 - Embora considere revolucionário estudar, estudar e estudar, considero também as ocupações pelo acesso à educação como importantes e necessárias, mas melhor seria que ocupassem os palácios governamentais, pois é lá que estão quem comanda a desestruturação das políticas sociais. Tomara os jovens que participam nunca sejam discípulos da ética seletiva e da covardia ideológica que deixa de lutar quando cinicamente convém politicamente.

    2-  Ocupar o plenário do Congresso para protestar contra a corrupção, privilégios da elite política e defender a Operação Lava Jato, acho igualmente importante e necessário, afinal, como dizem no sertão “quem for podre que se quebre” em Alagoas, Brasília ou em qualquer lugar.

     3 -  Ocupar para defender intervenção militar acho uma grande mierda, afinal todas as Ditaduras – de direita e de esquerda – sempre foram burocracias corruptas, assassinas, totalitárias... ou seja, o mesmo lixo da farsa vulgar que é defendido pelos mais diversos argumentos de cínica e repugnante conveniência à direita e à esquerda!

  4 - Sobre reação violenta às ocupações já vivenciei vindo da direita (em ocupações de terra e ocupações dos palácios governamentais aqui) e vindo da “esquerda”, quando Lula colocou a sua tropa de choque presidencial pra invadir o prédio do Inamps em Brasília e espancar (além de bombas de gás, tiros de borracha, cassetetes, etc) as servidoras do RJ que lutavam por salário. Enfim, menos demagogia e mais ideologia, né?!


Heloisa Helena por Heloisa Helena

Heloísa Helena Lima de Moraes Carvalho, nasceu em Pão de Açúcar, interior de Alagoas. É enfermeira, professora e política brasileira. 

Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S
Avenida Hamilton de Barros Soutinho, 1866 - Jatiúca - Maceió-AL
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]