Dólar com. R$ 3,339
IBovespa -0,3%
25 de junho de 2017
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Receita Federal alerta para envio de falsas intimações pelos Correios

Blogs

Eleição ... “Não é pessoal. São apenas negócios.”

09.11.2016 às 17:17

Eleição... cabe bem a célebre frase dos filmes de máfia “Não é pessoal. São apenas negócios.” Gosto de repetir que eleição, que é essencial para aprimorar a nossa frágil democracia representativa, é mesmo uma cruel máquina de moer gente, sonhos, dignidades, onde a corrupção comanda e a mentira é valorizada e aplaudida quando usada no marketing eleitoral.

 Em alguns casos são simbolicamente interessantes, pois mostram contradições interessantes de serem analisadas em que se encaixa perfeitamente a velha frase das disputas de poder na máfia... tipo Rio de Janeiro e EUA! Porque?? No Rio, os setores de mídia que sempre demonizaram a esquerda (endeusam a esquerdalha quando a farsa dela está no poder para dela usufruir, claro!) fizeram campanha descarada para uma candidatura de esquerda, pois na verdade eram “apenas negócios” disputados com a Record. 

Nos EUA a eleição do medíocre racista bilionário Trump foi todo o tempo publicamente ameaçada pelos conhecidos efeitos manada nas bolsas de valores dos fiéis representantes do grande capital e tão bem representados por ele! Enfim, como diz a máfia e eles praticam “São apenas negócios.” Sigamos nas lutas de todo dia, eu repetindo o meu mantra – esperanças ao anoitecer e coragem ao amanhecer. Ter esperanças após derrotas e tristezas no final de cada dia e coragem pra continuar a lutar a cada novo dia! Avante!!

Postado por Heloisa Helena

Depois de fevereiro, réus no Supremo não estarão mais na linha sucessória para presidente

04.11.2016 às 10:19
Julgamentono STF foi suspenso na quinta-feira (3) - Foto: Arquivo/Agência Brasil

Sobre a Arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) da Rede que trata do impedimento em ocupar - como substituto, na linha sucessória - a Presidência da República se réu no Supremo Tribunal Federal... Sobre o pedido de vistas não me importo, pois centenas de vezes pedi vistas, adiei votações, usei vírgulas dos regimentos para garantir o adiamento de votações que colidiam com o que eu defendia, né?!

Na verdade, mesmo que fosse votada agora dificilmente atingiria Calheiros (cujas denúncias de crimes contra a administração pública dormem nas gavetas ao lado das outras contra Collor, Lula, Aécio, Biu e outros mais) e como o mandato dele (apto à tal linha sucessória) termina em janeiro, sinceramente não acredito que isso consiga ser eficaz contra ele no caso!

Aliás, bom mesmo é se a maioria do nossos eleitores tivessem vergonha e de forma livre resolvessem nas urnas e não jogando pra Justiça consertar o erro que por omissão ou cumplicidade os eleitores cometem, né?! Voltando à ADPF... o melhor mesmo desta decisão do STF será a premissa criada por ela que nos levará a questionar: se o substituto (eventual ou definitivo) não pode ser réu no Supremo, estará apto (elegível) para disputar (e portanto podendo ser eleito) a Presidência da República quem também é réu no Supremo pelos mesmos fatos relacionados à corrupção??

Afinal, chegando à Presidência estaria livre do referido julgamento (Art. 86, parágrafo 4. da Constituição Federal e só poderia ser investigado pela Lei do Impeachment) e assim sendo se cometeria o absurdo de possibilitar legalmente que o substituto não pode ser réu no STF, mas o titular pode!! Portanto, para garantir que réus no STF não possam ser eleitos presidentes (deveria não poder ser candidato a nenhum cargo público, claro!) iremos (nosso deputado federal Miro Teixeira apresentará) propor alterações na Lei Complementar 64 e assim salvar o Brasil, ao menos desses candidatos à Presidência, por que quem não tem corrupto de estimação não está aflito com a possível inelegibilidade de Lula, Temer, Aécio, Renan, Collor, Biu, Dilma ou quaisquer outros que cometendo crimes contra a administração pública sejam réus no STF, né?

A vitória da ADPF é maravilhosa, mas pode a partir de fevereiro não mais ser aplicada a nenhum dos que deveriam por ela ser atingidos, pois não mais estarão na linha sucessória como Presidentes da Câmara ou do Senado! Temos que dar consequência a tão importante decisão alterando a legislação e garantindo que se não pode ser substituto também não pode ser titular (elegível) se é réu no Supremo!!

Como dizemos no sertão "quem for podre que se quebre!!"

Postado por Heloisa Helena

Dois pontos sobre a vaquejada

28.10.2016 às 13:06
Foto/Ilustração: Prefeitura do Cantá/Divulgação

No meu dia de Servidora Pública (sem nada a comemorar, mas com a consciência tranquila das duras lutas travadas) recebo centenas de mensagens me cobrando posições sobre as Vaquejadas... tema muito polêmico, pois divide paixões, né?! Assim sendo vamos lá!

(1). Sobre a posição da atriz Alexia Dechamps – não estava lá, não ouvi, mas acaso tenha se referido de forma preconceituosa contra o Nordeste merece todo repúdio e sobre o tal do bolsa família mostraria também desconhecimento técnico, afinal São Paulo e Minas juntos disputam a liderança de acesso a esse benefício (tão vergonhosamente manipulado politicamente) com a nossa região. Sobre ela ser chamada de “vadia” por um Deputado Estadual aqui em Alagoas (e essa terminologia desprezível ser aplaudida, inclusive por mulheres) é tão repugnante e nauseante que apenas fortalece a vergonhosa imagem dos machistas idiotas que ainda reinam por aqui. Dupla vergonha, portanto!!

(2). Sobre o tema em si... que nada tem a ver com a beleza dos vaqueiros de gibão correndo na caatinga procurando seu gado perdido! ISSO É OUTRA COISA! Vamos falar da Vaquejada como diversão, pois é isso que está sendo debatido. É um nicho de exploração comercial que envolve muitas pessoas simples sim, mas é especialmente um gigantesco negócio que envolve bilhões e como em toda sociedade capitalista dinamiza a economia, gera lucros, empregos, etc e tal e no caso específico explora animais.

Reflete também o modelo como a sociedade aceita a diversão – como tantas outras, tipo tourada, circo com animais, farra do boi, briga de galo e tantas outras mais que nem devem ser citadas pra não aumentar a polêmica - e que podem ser tradição aqui e alhures, mas nem por isso representam o que muitos pensam de processos civilizatórios melhores.

Deixo claro que respeito posições divergentes, tenho primos e amigos muito queridos que participam de Vaquejadas e conheço bem as regras do Regulamento Geral, mas é sim exploração dolorosa de animais para diversão humana. É fato que animais são mortos todos os dias, inclusive por outros animais na luta pela sobrevivência na natureza ou nos abatedouros para alimentar humanos que comem carne e para gerar óbvio mais acumulação capitalista, pois uns humanos morrem de fome, outros se empanturram de comer, outros congelam toneladas de carne pra acumular mais dinheiro.

É fato também, que a Vaquejada é diversão humana com exploração de animais (especialmente bois), pois não cabe na cabeça de ninguém (nem nas leis da física) que um boi seja derrubado em velocidade e fique de boa... não quebre ossos, rompa vísceras e óbvio acabe no matadouro, pois foi mutilado pra diversão de alguém! Assim sendo, como eu não gostaria de ser usada pra diversão de outros – tipo eu saio correndo e alguém em alta velocidade puxa meu cabelo preso, me derruba e eu cairia e seria arrastada com todo impacto que as leis da física mostram... certamente sairia direto pra o hospital ou IML, né?! Portanto, existem formas mais belas de convivência e diversão com animais em que eles não precisem ser feridos e explorados para nossa alegria, afinal juntos somos apenas partículas neste Universo e a supremacia dos humanos é apenas ridícula e cínica vaidade!

Postado por Heloisa Helena

Sobre a tal PEC 241

18.10.2016 às 13:52

Primeiramente estude, estude, estude... analise informações divergentes, argumentos antagônicos, dados técnicos em séries históricas, concepções programáticas ou ideológicas distintas, mas jamais se permita ser um farsante – de direita ou de “esquerda” – que se contenta em agradar os grupelhos políticos que orbitam em torno da mesma velha (ineficiente e corrupta) fraude política de FHC/Lula/Dilma/Temer que representa um projeto nacional inconseqüente, ineficaz e corrupto. Sobre a tal da PEC 241 do Temer (que imita o PL 257 da Dilma)...

 Vamos aos fatos, né?! Sobre a inconstitucionalidade acabará no Supremo, mas caracterizar com honestidade intelectual o rombo e sua causalidade é tecnicamente essencial para correção dos elementos que causaram o déficit público e buscar alternativas para superá-los que não sejam as de sempre – cortando novos recursos e investimentos para as políticas sociais. Sobre a corrupção (a roubalheira política de FHC-LULA-Dilma-Temer) que “ajudou” em muitos bilhões (segundo o MPF, são mais de 200 bilhões ao ano roubados dos cofres públicos) a aumentar o déficit nem falarei, pois tomara os envolvidos (à direita, à esquerda, aqui ou alhures) acabem na cadeia como manda a Lei. Voltando ao debate sobre Regime Fiscal, vale lembrar que o mesmo discurso de equilíbrio fiscal foi amplamente utilizado na aprovação da LRF, mas as condicionantes que desequilibram as contas públicas continuaram sendo cinicamente utilizadas, à custa da já existente e grave redução de novos investimentos em políticas sociais para os mais vulneráveis socialmente. Façamos uma brevíssima retrospectiva técnica sobre o rombo fiscal (sem nem falar do banditismo da corrupção), pois ele não apareceu por que aumentaram investimentos nas políticas sociais aos pobres ou por essa conversa fiada de ação anti-cíclica de nova matriz econômica...

A dívida foi pra estratosfera por que Lula (pra ser mais pareceiro e cupincha do capital financeiro do que FHC já era) fez um misto de gestão temerária e fraudulenta e entregou a Dilma um dívida bruta de R$ 1.5 trilhões que a mesma achou pouco e (pra continuar agradando banqueiros e associados) dobrou para 2,79 trilhões (um salto de 11% do PIB), possibilitando que só em 2015 tenha batido todos os recordes de pagamentos de juros com 367 bilhões... Depois os empréstimos subsidiados às grandes empresas (grande capital), com mais de 500 bilhões transferidos do BNDES e Banco do Brasil (emprestando a 4% para empresas que detêm papéis do governo rendendo 14,25%)... Sangria de centenas de bilhões de recursos públicos oficialmente, além dos outros muitos bilhões no propinódromo conhecido de todos e cinicamente escondido quando convém - à direita e à esquerda. Assim sendo, não pode sobrar no “ajuste de contas” para quem não foi parte do desequilíbrio das contas públicas... Só lembrando (já que os cínicos teimam em esconder) que na gestão Saúde de Lula/Dilma já tinham cortado mais de 180 bilhões, intensificando a ampliação de perdas em 2010, 2013, 2014, 2015, além da privatização dos HU’s e na imposição para que os novos serviços de saúde (UPA’s, etc) fossem também sob novos modelos de privatização.

 Não foram as políticas sociais responsáveis pelo déficit, até por que a disponibilização dos recursos (orçado, empenhado, pago, executado e não contingenciado) sempre foi insignificante financeiramente se comparado com a necessidade objetiva da população alvo e o montante destinado a outras ações (lícitas e ilícitas) governamentais, além dos imensos gastos dos outros Poderes. O atual Governo (tal qual a covarde subserviência de Fhc-Lula-Dilma) não tem coragem de propor a revisão da renúncia fiscal (gastos tributários), a revisão da tributação para o topo da pirâmide social, a alteração da estrutura tributária (reduzindo a incidência sobre produção e consumo e aumentando sobre renda, patrimônio, riqueza), revisão da tributação em remessas de lucros e dividendos, transações financeiras e grandes fortunas e MUITAS OUTRAS propostas eficazes – também relacionadas à reforma tributária e a vexatória política de juros - que os covardes (Fhc-Lula-Dilma-Temer) subservientes ao grande capital e ativos participantes das irresponsabilidades fiscais e propinódromos com dinheiro público, foram incapazes de viabilizar para assim definitivamente promover o equilíbrio das contas públicas, com eficácia e resolutividade na gestão e com responsabilidade fiscal.

A PEC 241 é o perverso retrato das mãos sujas e irresponsáveis - à direita e à “esquerda” - que promoveram a maior taxa de juros pra agradar o capital financeiro, o esgotamento das finanças públicas com as gastanças irresponsáveis pra ludibriar e se eleger, os roubos aos cofres públicos para permanecer no poder, o sucateamento da máquina pública com promiscuidade política, incompetência, irresponsabilidade e corrupção... e agora mais uma vez sobrará para os mais pobres pagar a conta do déficit iniciado por FHC e ampliado desvairadamente e cinicamente por Lula/Dilma/Temer...

Quem quiser se contentar em ser um(a) farsante à serviço de um lado ou do outro, tem o direito a fazê-lo, mas quem quiser pôr o holofote técnico pra desvendar o tal rombo nas contas públicas e trabalhar por soluções distantes da conveniência eleitoral dos dois lados da mesma moeda suja (Lula-Dilma/Fhc-Temer) pode estudar, estudar, estudar... estressa muito, angustia demais, mas convém ao Brasil. Defender um ou outro lado é direito constitucional, mas esconder os podres do lado que convém é cinismo demais! Mais honestidade intelectual, por favor!!! 

Postado por Heloisa Helena

É tempo de seguir em frente

03.10.2016 às 10:19
Foto: Divulgação

Agradecemos cada voto conquistado pelos candidatos (as) da Rede e pelos votos dados aos candidatos (as) que apoiamos aqui em Maceió, pelo interior de nosso estado e pelo Brasil!

Agradecemos muito cada gesto de amor e generosidade recebidos nos momentos da nossa gigantesca luta e seguimos em frente!

Não é a primeira luta das nossas vidas, não é a primeira batalha enfrentada, não é o último desafio nem a última guerra travada, pois, afinal, nossas vidas não orbitam em datas do calendário eleitoral e nossas causas são infinitamente maiores que os momentos da frágil democracia representativa brasileira e, como em Alagoas consegue ser pior, temos muito mais honrado trabalho pela frente!!

É tempo sempre, de seguir em frente... Avante!!!

Podemos chorar as derrotas, mas não afogarmos em lágrimas!

Podemos comemorar vitórias, mas não achar que a guerra terminou!

Vamos lamber as feridas da dura batalha travada, levantar, preparar a trincheira de resistência e continuar a lutar, lutar, lutar!

Parabéns pra quem venceu com dignidade!

Parabéns pra quem lutou e não se vendeu!

Foi uma honra lutar ao lado de vocês!!

Obrigada!!! Muito obrigada!!

Postado por Heloisa Helena

As voltas que o mundo dá

14.09.2016 às 21:38

Olhando as voltas que o mundo dá, não dá para não lembrar do velho provérbio Sioux "Que meus inimigos sejam fortes e perversos para que eu não sinta remorsos em derrotá-los"... É fato que eles usaram o propinódromo governamental pra me derrotar e conseguiram mesmo me impor grandes derrotas eleitorais (apoiaram ardorosamente e financeiramente Collor, Renan, Biu), MAS agora os vejo sendo derrotados eticamente! Vergonhosamente derrotados eticamente!

 Certamente seria melhor para o Brasil que as minhas palavras, há doze anos atrás, sobre o esquema chefiado por Lula (copiando o modus operandi que condenávamos em FHC e reproduzidos na campanha e no governo Dilma/Temer) fossem apagadas pela vida real, fossem apenas ridículas lutas de quem "é louca e rancorosa", fossem apenas passado que o tempo apaga, MAS... a vida implacável (com a confiança deles na impunidade dando continuidade aos seus esquemas criminosos) se encarregou de mostrar com toda clareza técnica e jurídica necessárias o esquema criminoso que alguns tiveram a coragem de - mesmo sob duríssima perseguição - denunciar há mais de 12 anos atrás!

Como já disse Darcy Ribeiro - falando sobre seus fracassos em tantas belas lutas travadas - "Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu!" #AvanteLavaJato #JulgaTSE #NovaEleição

Postado por Heloisa Helena

Nova eleição já!

08.09.2016 às 10:39


Mais um 7 de setembro a aspirar a verdadeira Independência... Independência do jugo que impõe a política econômica que beneficia a acumulação de riquezas para poucos mutilando dignidades pelo desemprego para milhões de pessoas, que impõe o banditismo político como regra no comércio de votos e na roubalheira dos cofres públicos, que impõe desestruturação das políticas sociais destruindo crianças e jovens no mundo maldito do narcotráfico, que impõe mentira, cinismo e corrupção como fórmulas vitoriosas de eleições em substituição às políticas públicas com ética, eficácia, resolutividade...

Enfim!! Um dia chegará que esta data seja símbolo da liberdade e da vida vivida com dignidade por todas e todos! Assunto atual?? Nova eleição, claro!! Nós já a defendemos há muito, pois compreendemos que o TSE tem que cassar a diplomação de Dilma e Temer, afinal a dupla roubou a eleição roubando os cofres públicos e mentindo descaradamente pra o povo brasileiro. Não o fazemos pelo oportunismo eleitoreiro como agora faz a cúpula palaciana do PT e partidos agregados (que há pouco tempo classificavam a medida também como golpe), mas defendemos como medida exemplarmente punitiva pelo TSE diante dos dados da Lava Jato sobre o propinodromo da Petrobras que mostram em perícias criminais os roubos cometidos para financiar a campanha de Dilma/Temer e seus sócios (mesmo em palanques opostos) de quadrilha - à direita e à "esquerda", no passado e no presente! Simples assim!!

Nova eleição com cassação da chapa Dilma/Temer e parlamentares da mesma corriola! Depois da canalhice da síndrome estripador do Senado com fatiamento da CF muitos perderam a esperança, mas vamos nos animar pra impedir que roubem até nossa esperança! Avante!!! Firmes e Avante!!

Postado por Heloisa Helena

Voltará às ruas

01.09.2016 às 11:23

Eba!! Voltará às ruas quem silenciou na reforma da previdência feita por Lula que vergonhosamente retirou direitos dos trabalhadores, penalizando quem entrou mais cedo no mercado de trabalho...

Voltará às ruas quem silenciou na cínica privatização dos Hospitais Universitários feita por Dilma, onde a mercantilização da saúde impera...

Voltará às ruas quem silenciou na tragédia ambiental pra acumulação de capital e roubalheira política de Belo Monte pra financiar campanhas eleitorais...

Voltará às ruas quem fez da ética seletiva sua bandeira - implacável para adversários e cúmplice dos aliados...

E nós, que das lutas não saímos por conveniências eleitoreiras, vamos continuar apelando ao TSE por nova eleição, pois o Brasil precisa que seja devidamente esclarecido e punidos os responsáveis pelo jogo sórdido da campanha eleitoral de Dilma/Temer e dos parlamentares (à direita e à “esquerda”) associados à jogatina com dinheiro público no propinódromo da Petrobrás.

 #JulgaTSE #NovaEleição #NemDilmaNemTemer #AvanteLavaJato

Postado por Heloisa Helena

A Barbárie na Saúde Pública

05.08.2016 às 13:53

E como hoje é Dia Nacional da Saúde estou postando novamente o Artigo:

 A Barbárie na Saúde Pública

Qualquer pessoa de bom senso, independentemente de filiação partidária ou convicção ideológica, fica definitivamente estarrecida e indignada com a situação de completa irresponsabilidade, incompetência e insensibilidade na prestação dos Serviços Públicos de Saúde.

A angústia é intensa para quem conhece o Arcabouço Jurídico do Sistema Único de Saúde, o Perfil Epidemiológico, a Rede instalada, o conjunto de Normas Técnicas e Operacionais, os Convênios, os Programas de Saúde, os Manuais, os Parâmetros para Programação das Ações de Saúde – da Atenção Básica à Média e Alta Complexidade e etc, etc... e torna-se mais dolorosa para quem trabalha diretamente com o desespero de milhares de pobres implorando por Assistência e ainda tendo que ouvir a desprezível cantilena cínica e mentirosa dos Governantes para justificar a ausência de eficácia e resolutividade no Setor Saúde, seja nas cidades do interior ou na capital.

Nada mais doloroso há do que a certeza de que nenhuma proposta precisa ser criada, nenhum projeto novo inventado, nenhuma lei a ser aprovada... necessitamos apenas do cumprimento da Legislação em vigor; do respeito à tão discursada Legalidade; do Financiamento conforme manda os Princípios Doutrinários do SUS e os Princípios Administrativos que deles derivam; da Execução de Reformas e Construções de Projetos já prontos; e portanto da preservação de Dignidade no atendimento ao ser humano, no momento mais fragilizado da sua existência, conforme é esperado em qualquer sociedade que se proclame civilizada.

Para melhor analisar a prestação desses Serviços – sem a hipocrisia fria de alguns políticos ladrões e “calminhos” - tentemos o delicado e precioso exercício imaginário da verdadeira Solidariedade... Imagine um corredor hospitalar com um amontoado de macas, cadeiras, gemidos, gritos, odores, feridas apodrecidas... e no meio dessa infinita indigência humana visualize a sua Mãe, idosa, doente, jogada num colchonete no chão, suja de fezes e urina, num calor insuportável, seminua sem um trapo de pano sequer para cobrir e preservar sua intimidade... O que você faria??

Vejamos mais... visualize a sua Esposa amada, mãe dos seus filhos pequenos, que detectando um tumor na mama, perambula mais de um ano tentando consultas e exames, e mesmo depois de identificar - em intensa tristeza e desespero – que tem uma neoplasia maligna e existe a necessidade de uma cirurgia mutiladora como a mastectomia, ela não consegue nenhum leito público para ao menos arrancar um tumor cancerígeno a cada dia invadindo mais o seu corpo... O que você faria??

Imagine mais... a sua Filha - que você acalentou nos braços pequenina – grávida, gemendo de contrações, humilhada nas portas das maternidades, precisando ao menos de um lugar seguro para realização de um parto e não conseguindo o atendimento, começa a sangrar e perde seu pequeno bebezinho... O que você faria??

Ah! Se fosse com seus entes queridos e amados você dava escândalo, gritava, exigia dignidade, faria o impossível para garantir a realização dos procedimentos necessários... Porque o mesmo não pode ser feito pelos nossos irmãos, filhos (as) do mesmo Deus Pai que nas Igrejas louvamos e no cotidiano muitos negam pela omissão da oferta de Amor e Caridade tão discursada nas Religiões e tão distanciada por tantos que se intitulam “ungidos e fiéis”...

É exatamente pela omissão e cumplicidade de muitos eleitores, que as necessárias mudanças estruturais – a curto, médio e longo prazo – demoram tanto a acontecer... porque para muitos agentes públicos, na política especialmente, o caos na Saúde Pública constitui o melhor dos mundos para eles... por um lado garante a preservação dos seus Reinados de Podres Poderes através das indignas condições dos pobres rastejando nos comitês eleitorais mendigando por consultas, remédios, exames... e por outro lado preservam os intocáveis amigos de certos políticos, verdadeiros Comerciantes de Saúde que a cada dia, pela ausência de Gestão Pública, são impulsionados a construir Castelos de Riquezas na Mercantilização da Saúde em novas e ao mesmo tempo arcaicas modalidades de Privatização do Setor. Temos que dizer BASTA! BASTA!

Ao menos, lembremos o que lindamente dizia Casaldáliga “É preciso saber esperar... sabendo ao mesmo tempo forçar... as horas de extrema urgência... que não nos permite esperar...”


*Heloisa Helena

Postado por Heloisa Helena

Todos contra a PLC 257

Projeto encaminhado por Dilma e agora endossado por Temer

31.07.2016 às 20:43

Todos contra a PLC 257 - de autoria da Dilma e apoiado por Temer - que impõe mais privatizações e sucateamento ao setor público!

Com requinte de cinismo foi elaborado por Dilma, encaminhado por ela ao Congresso e agora "óbvio" apoiado por Temer.

Aff,  Nova Eleição Já!

(O projeto está previsto para ir a votação nesta segunda-feira (1º) na Câmara dos Deputados)

Postado por Heloisa Helena


Heloisa Helena por Heloisa Helena

Heloísa Helena Lima de Moraes Carvalho, nasceu em Pão de Açúcar, interior de Alagoas. É enfermeira, professora e política brasileira. 

Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S
Avenida Hamilton de Barros Soutinho, 1866 - Jatiúca - Maceió-AL
Tel: (82) 3313-7566
contato@painelnoticias.com.br