Dólar com. R$ 3,295
IBovespa +0,34%
11 de dezembro de 2017
min. 23º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Incidência de Aids em presídios é 138 vezes maior do que média nacional
10/10/2017 às 19h02

Economia

Indústria da cadeia da Química e do Plástico será inaugurada em novembro

Primeira etapa da BHR conta com investimento de R$ 23 milhões e irá gerar 50 empregos diretos

BHR Indústria e Comércio de Produtos Químicos será inaugurada em novembro, no Polo Multifabril Industrial José Aprígio Vilela, em Marechal - Foto: Kaio Fragoso

A Cadeia Produtiva da Química e do Plástico (CPQP) será fortalecida em Alagoas nos próximos meses. É que as obras de construção da empresa BHR Indústria e Comércio de Produtos Químicos, situada no Polo Multifabril Industrial José Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro, já estão em fase avançada. A previsão é que a indústria seja inaugurada no final de novembro.

Nessa terça-feira (10), o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima, e o superintendente de Indústria, Comércio e Serviços da Sedetur, André Luiz Gomes, realizaram uma visita técnica para acompanhar a instalação da indústria.

A Cadeia Produtiva da Química e do Plástico (CPQP) será fortalecida em Alagoas nos próximos meses. É que as obras de construção da empresa BHR Indústria e Comércio de Produtos Químicos, situada no Polo Multifabril Industrial José Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro, já estão em fase avançada. A previsão é que a indústria seja inaugurada no final de novembro.

Nessa terça-feira (10), o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima, e o superintendente de Indústria, Comércio e Serviços da Sedetur, André Luiz Gomes, realizaram uma visita técnica para acompanhar a instalação da indústria.

BNDES

Após a visita técnica, Helder Lima se reuniu com o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Alagoas (Fiea), José Carlos Lyra; o vice-presidente, José da Silva Nogueira Filho; e representantes regionais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a fim de discutir as linhas de créditos disponíveis para o empresariado.

Os dirigentes do BNDES anunciaram que pretendem disponibilizar R$ 100 bilhões anuais em crédito para micro, pequenas e médias empresas.




Fonte: Agência Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2017 Press Comunicações S/S
Avenida Hamilton de Barros Soutinho, 1866 - Jatiúca - Maceió-AL
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]