Dólar com. R$ 3,209
IBovespa +0,56%
22 de janeiro de 2018
min. 26º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel PF diz que uso de algemas em Cabral foi necessário para garantir “segurança”
15/12/2017 às 16h20

Geral

Aberta oportunidade para pesquisadores britânicos em Alagoas

Para a candidatura é necessário um pesquisador anfitrião no Brasil, como co-candidato na proposta apresentada - Foto: Nikos Koutoulas VIA Flickr Commons

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, incluindo-se a Fundação de Amparo à pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) e asUK Academies - The Royal Society, British Academy e The Academy of Medical Sciences - no contexto do Fundo Newton, estão com inscrições abertas para a vinda de pesquisadores do Reino Unido ao Brasil, para a realização de atividades de pesquisa, em colaboração com pesquisadores locais. A ação faz parte da Chamada Confap - UK Academies.

Para submeter propostas, os candidatos devem possuir título de PhD e manter vínculo acadêmico permanente ou posição/Fellowship de Pós-Doutorado no Reino Unido, que se estenda além do período solicitado. São elegíveis pesquisadores ligados às áreas de ciências naturais, incluindo engenharias, ciências médicas, ciências sociais e humanidades. Para a candidatura é necessário um pesquisador anfitrião no Brasil, como co-candidato na proposta apresentada.

Serão oferecidas três opções de fomento no edital, mas a Fapeal vai apoiar apenas a categoria Research Mobility, que inclui passagens aéreas internacionais e diárias (até 15 dias) ou bolsa (de 16 dias a 3 meses). O edital pode ser acessado no site da Fapeal. 

Uma necessidade identificada

Durante o último seminário de avaliação dos programas de pós-graduação na Universidade Federal de Alagoas, a Fundação identificou que o fator “internacionalização” foi uma das demandas mais citados pelos 29 PPGs presentes, já que se trata de critérios do Ministério da Educação na avaliação da excelência dos cursos.

O diretor executivo de CT&I da Fapeal, João Vicente Lima, explica que facilitar o intercâmbio entre pesquisadores de alto nível em Alagoas e pesquisadores de alto nível estrangeiros é uma prioridade.

“Este caminho via Confap e Uk Academies é uma saída muito ágil, a mais barata e de altíssima qualidade, então, queremos aproveitar esta ponte que já está cimentada e amadurecida entre as instituições, para fazer com que nossos pesquisadores e alunos ganhem com este intercâmbio”.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]