Dólar com. R$ 4,037
IBovespa -1,5%
22 de agosto de 2018
min. 24º máx. 26º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Decreto deverá agilizar aprovação de retransmissoras de televisão
20/04/2018 às 11h00

Geral

PCJE leva mais de 300 alunos à Semana de Extensão da Unit

Ação ocorreu na manhã desta quinta-feira (19); alunos da rede pública de ensino ouviram palestras proferidas por estudantes universitários

Mais de 300 alunos de escolas públicas estaduais e municipais participaram da ação. - Caio Loureiro/Dicom

O Programa Cidadania e Justiça na Escola (PCJE), da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal), levou mais de 300 alunos de escolas públicas estaduais e municipais para participarem da Semana de Extensão do Centro Universitário Tiradentes (Unit), nesta quinta-feira (19).

Na ocasião, os alunos participaram de um circuito de palestras proferidas por estudantes da Unit, que falaram sobre diversos assuntos como cyberbullyling, preconceito e fake news (notícias falsas).

A estudante da rede pública de ensino Andressa Juliana Silva de Oliveira, de 18 anos, comentou que achou muito interessante a abordagem sobre cyberbullying. “Já tive alguns amigos que faziam esses tipos de coisas, e eu sempre aconselhei a não fazer, e que é errado porque pode prejudicar a vida do outro. Ninguém sabe como [o outro] é psicologicamente. Pode até chegar a cometer um suicídio ou outra coisa grave, é muito sério”, relatou Andressa. 

De acordo com a servidora Ana Valéria, do PCJE, esse já é o segundo ano que o Programa traz estudantes para participar da Semana de Extensão da Unit. “Além de eles obterem conhecimento pelo que vão assistir hoje, também estão conhecendo o ambiente universitário. É importante, inclusive, para entenderem que eles também poderão estar aqui numa universidade como essa, fazendo curso superior”.

O principal objetivo da Semana de Extensão é de mostrar à comunidade os conhecimentos que os estudantes universitários obtiveram nos projetos de pesquisa e de extensão. A coordenadora do curso de direito da Unit, Carolina Mafra, explicou que as apresentações dos estudantes são supervisionadas por um professor.

“Fizemos um convite ao PCJE para que trouxessem essas escolas públicas, municipais e estaduais, para que a gente pudesse, junto com nossos alunos, divulgar as nossas atividades de extensão. Nós vamos ter alguns projetos desenvolvidos [por universitários], fazendo com que esses alunos da rede pública saiam daqui com algumas orientações de situações do nosso dia a dia”, disse Carolina Mafra.

Para Laura Nepomuceno, estudante do 5º período de direito, participar da ação é uma ótima oportunidade para treinar a oratória, uma vez que ela pretende exercer a carreira acadêmica profissionalmente. “No direito a gente tem que tratar com o público em geral, então é muito importante a gente aprender a lidar, desde agora, com os diferentes tipos de público.”

Segundo Maria Clara, também estudante do 5º período de direito, que participou da palestra sobre cyberbullying, o principal objetivo é de repassar o conhecimento obtido no projeto de pesquisa.

“A gente quer passar para essas pessoas que muitas vezes os atos que a gente faz na internet não são impunes. Por mais que a gente fique atrás do computador, atrás do celular, sempre vai ter uma vítima do outro lado que vai receber o impacto não só na vida dela, mas no meio em que ela convive”, relatou Maria Clara.

Participaram da ação alunos do 9ª ano do ensino fundamental e do 1º ano do ensino médio das escolas municipais Haroldo da Costa e Padre Pinho, e das escolas estaduais Mota Trigueira, Teotônio Vilela, e Anaias de Lima Andrade.


Fonte: Dicom TJ/AL

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]