Dólar com. R$ 4,037
IBovespa -1,5%
21 de agosto de 2018
min. 21º máx. 27º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Equipe interministerial avalia situação de imigrantes em Pacaraima
24/05/2018 às 21h20

Geral

Operação alagoana contra o tráfico de drogas prende líder de quadrilha no RJ

Acusados de diversos crimes foram presos em uma operação policial efetivada desde as primeiras horas desta quinta-feira (24) em Maceió e outras cidades de Alagoas e no Rio de Janeiro. Além dos presos, dois adolescentes foram apreendidos. A investigação, liderada pelo delegado da Polícia Civil de Alagoas Caio Rodrigues, durou três meses e contou com a união das forças policiais do Estado.

Depois de feito um mapeamento do tráfico de drogas no município de Murici, a polícia chegou aos indivíduos responsáveis pelo comércio de entorpecentes e por diversos homicídios cometidos em Alagoas. A quadrilha estava ramificada em Maceió, São Miguel dos Campos e tinha sua base no Rio de Janeiro.

De lá, o alagoano Jorge Henrique Tenório de Deus, comandava o tráfico na cidade de Murici. “Jorge Henrique era nosso alvo principal. Era importante prender, tanto o pequeno traficante como aquele que comanda o tráfico”, declara o delegado Caio Rodrigues.

Além do líder do grupo, foram presos: Diogo da Silva Vieira, 23 anos; José Wilson Aureliano dos Santos, 19 anos; Wevertom Gomes Leite, 19 anos; Wemerson da Silva, 25 anos; Josival Correia Sampaio, 21 anos; Edjane de Deus, 31 anos; Ariana da Silva Firmino, 25 anos, Jonatha Douglas da Silva, 22 anos; José Douglas Alves da Silva, 32 anos; Sebastião Gomes da Silva Filho, 23 anos; José Cicero da Silva Júnior, 20 anos e Jaciara Correia Sampaio.

Também foram apreendidos os menores D.F.S., e C.C.M.S., ambos com 17 anos.

Do sistema prisional, Erick Jhonas Tenório de Deus, irmão de Jorge Henrique, e Paulo da Silva Santos, o Gigante, participavam da quadrilha e também foram alvos da operação.

Durante o cumprimento de mandado de prisão em São Miguel dos Campos, o acusado Willian Douglas dos Santos, vulgo Pesadelo, entrou em confronto com a polícia, foi alvejado e veio a óbito.

Os policiais apreenderam nas abordagens, três quilos de maconha, 500 pedrinhas de crack, dois revólveres e uma espingarda.

Participaram da operação, policiais da Asfixia, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Radiopatrulha, Operação Litorânea (Oplit), Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic), 1º Batalhão de Polícia Militar e Grupamento Aéreo.


Fonte: Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]