Dólar com. 5.4298
IBovespa 8
12 de julho de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel STF dá 30 dias para conclusão de acordos de leniência da Lava Jato
08/07/2024 às 07h00

Blogs

Burnout em Alta: Como Cuidar da Sua Saúde Mental

Tayane Cléa de Oliveira Lima da Silva, CRP 15/6589, é pós-graduada em Neuropsicologia, psicóloga com abordagem em Terapia Cognitivo-Comportamental, capacitada em Psicomotricidade e Arte Terapia.


Olá, poderosas! Já se sentiram exaustas, céticas e desmotivadas no trabalho? Esses sentimentos têm preocupado cada vez mais as mulheres profissionais, especialmente durante a pandemia. O “trabalho sempre presente” dificultou a desconexão das responsabilidades profissionais, especialmente para aquelas que trabalharam remotamente.

O burnout, que se manifesta devido à pressão constante para manter a produtividade, está em alta. Mulheres em cargos de liderança ou na linha de frente, como as profissionais de saúde, enfrentam níveis ainda mais elevados de estresse que intensificam os sintomas.

A Importância do Autocuidado e das Terapias Alternativas

Para enfrentar esses desafios, o autocuidado e as terapias alternativas são essenciais. Lembre-se: autocuidado é uma necessidade, não um luxo. Práticas simples como exercícios, meditação, alimentação balanceada e sono adequado podem melhorar significativamente seu bem-estar mental.

Terapias alternativas, como yoga, acupuntura e aromaterapia, ajudam a reduzir o estresse e a ansiedade. Arteterapia e musicoterapia oferecem espaços seguros para a expressão emocional e o alívio do estresse.

Buscar apoio psicológico é crucial. Conversar com um profissional de saúde mental pode ajudar você a gerenciar melhor os sintomas de ansiedade, depressão e burnout.

O burnout é uma doença ocupacional, agora reconhecida como responsabilidade também das empresas, além do indivíduo. Nós, mulheres, somos as mais afetadas, enfrentando estresse tanto no trabalho quanto em casa. Isso resulta em cansaço extremo e pouca qualidade de vida e sono.

Tratamento do Burnout

O psicólogo é o profissional mais indicado para tratar o burnout. Segundo Thayane Cléa de Oliveira Lima da Silva, psicóloga especializada em Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), “entender e identificar os fatores que levam ao burnout é essencial”. Em alguns casos, pode ser necessário o encaminhamento ao psiquiatra para avaliação de medicação e possível afastamento do trabalho.

Qual o Tratamento?

O tratamento inclui técnicas de relaxamento muscular e respiração, reestruturação cognitiva para identificar e ressignificar pensamentos disfuncionais e o registro de pensamentos automáticos e crenças. Essas práticas ajudam você a compreender o processo e a aliviar os sintomas.

---

Abraços de Poder! 



Entre Nós Mulheres por Mical Rocha

Sou uma mistura de entusiasmo pela comunicação, amor por café, doces e pessoas inteligentes, uma pitada mágica para transformar problemas em soluções digitais incríveis.

“Aqui quem fala é a Consultora Digital de sorriso no rosto e estratégias na manga!”

Mical Rocha

Alagoana, 37 anos, mãe de 3 filhos, jornalista, escritora, autora do livro “Mostre o Seu Poder”, direcionado ao público feminino. Sua primeira experiência na comunicação foi como radialista em uma Rádio Comunitária (2003-2005), e nessa função, apresentou vários programas atuando também em outro estado na Rádio Atalaia AM-770 – Aracaju-se (2005-2006) e em Maceió Rádio Farol FM 90.1 em Maceió-AL, por um período de 3 anos. Já foi compositora e cantora gospel. Atualmente é consultora digital feminina e realiza alguns projetos em assessoria na área da comunicação.

Contato: 82 99691-7755

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]