Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
16 de junho de 2019
min. 24º máx. 26º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Defesa Civil segue monitorando áreas de risco de Maceió
31/05/2019 às 12h09

Blogs

“A Pele do Futuro”, no Presente

Divulgação

Para os fãs, seu artista é sempre “o maior do Brasil”. Como admiro muitos, seja nas artes plásticas, na literatura... na música, prefiro dizer “entre os maiores...”. Como Emilinha, Elis, Dalva, Cássia, Marina, Betânia, Fafá, Alcione, dona Ivone, Rita, Elba, Baby, Elza... não dá pra dizer que 1 delas é “a +”. Já que todas, e também as que não citei aqui, são incrivelmente talentosas e únicas.

Como Gal Costa, que só apura com o tempo, e está em qualquer lista das ++, desde a Tropicália. Suas músicas marcam épocas na vida de todo mundo. 

Afinadérrima, inclusive com o tempo, Gal em Maceió, na turnê  “A Pele do Futuro”, numa produção local de Silvana Valença & Sue Chamusca, cujo ‘realise’ reproduzo aqui, na íntegra.

Sem dúvida, imperdível, porque seu “nome é “Gaaalll” ...

Gal Costa faz show de lançamento do seu novo CD 

Show A Pele do Futuro em Maceió terá única apresentação no dia 6 de junho no Teatro Gustavo 

Com patrocínio da Icatu Seguros, Gal Costa traz para Maceió show de lançamento do álbum  "A Pele do Futuro". O show acontecerá dia 6 de junho, no Teatro Gustavo leite – Centro de Convenções. 

No palco, a cantora apresenta músicas inéditas do novo trabalho, como “Palavras no Corpo”(Silva/Omar Salomão) e “Sublime”(Dani Black), e ainda outras escritas por Gilberto Gil, Djavan, Adriana Calcanhotto, Nando Reis, Jorge Mautner e Marilia Mendonça, entre outros nomes das mais variadas gerações.

E também mostra novas versões para seus maiores sucessos em 53 anos de carreira, como "Sua Estupidez" (Roberto e Erasmo Carlos), "Oração de Mãe Menininha" (Dorival Caymmi) e "Festa do Interior" (Moraes Moreira e Abel Silva).

Assim como aconteceu no respectivo álbum, a direção geral do espetáculo ficou sob os cuidados de Marcus Preto. A direção musical é de Pupillo, que recrutou uma banda de músicos jovens: Pupillo (bateria), Chicão (teclado), Pedro Sá (guitarra), Lucas Martins (baixo) e Hugo Hori (sax e flauta). O cenário é de Omar Salmoão, filho do poeta Waly Salomão (1943 - 2003), que dirigiu Gal no histórico show Fatal (1970).


Fonte: Felipe Camelo


Felipe Camelo por Felipe Camelo

Felipe Camelo é jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]