Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
21 de agosto de 2019
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Banco Central vende dólares das reservas pela primeira vez em dez anos
05/06/2019 às 15h26

Blogs

“racionais”??? “humanos”???

Reprodução

Antigamente não se tinha informações sobre a importância do Meio Ambiente na preservação da Vida, tanto que era comum o “não presta, joga no mato”. 

Esta máxima não pode + ser dita, muito menos praticada. Afinal, ‘mato’ não é lixeira. São tantos pontos que precisam ser abordados que nem sei por onde começar. 

As agressões contra a vida são tantas, e tão graves, que em 1972, a Organização das Nações Unidas definiu este 5 de junho como o Dia Mundial do Meio Ambiente, e desde então, esta data destaca a batalha pela preservação do Planeta. 

Comprovadamente, é impossível pra raça humana sobreviver sem que as florestas, os desertos, o oceano... e os animais, em sua totalidade, estejam bem, vivos e saudáveis, afinal, são extremamente necessários na cadeia da Vida. Não importa se as enormes baleias ou as minúsculas formigas, todos são fundamentais. Na extinção de 1 delas, todas as outras sofrem. 

Com a global poluição, o derretimento de geleiras provoca muitos danos, assim como o desmatamento de florestas, como a Amazônia, o prejuízo é imensurável. A ocupação imobiliária e turísticas de reservas marinhas, também será absurdamente maléfica. Com tantas provas, fico horrorizado com o pensamento de que estas áreas aqui citadas “estão paradas, sem render lucros ao Brasil”. 

Ledo engano, as reservas indígenas, por exemplo, não estão paradas, pelo contrário, estão em plena função, mantendo a vida, principalmente em benefício da espécie humana e suas culturas. Explorando, a corrente da Vida é quebrada, provocando prejuízos incalculáveis. 

Depois de tantos anos pra chegarmos próximos ao ideal de preservação (e ainda estamos muito longe), é inconcebível brasileiros afirmarem em redes sociais que “a Amazônia é do Brasil e não da humanidade, e fazemos o que quisermos com ela”. Que triste e atrasada mentalidade. A floresta que fica no território brasileiro é patrimônio da população do mundo, sim!!! Ela é fundamentalmente imprescindível pra todos os seres vivos, humanos ou não. 

Outro ponto absurdamente incrível é a poluição provocada por plásticos. Este lixo produzido pelo homem vitima inclusive o próprio homem. Micropartículas de plástico são confundidas com alimentos e peixes e outros animais marinhos comem, e vão parar sabe onde? Nos estômagos das pessoas, através da carne dos peixes, naturalmente consumidas. Está cientificamente comprovado. Somos algozes de nós mesmos. Até o gliter utilizado em maquiagem, por exemplo, são partículas tão pequenas que nenhum filtro as ‘segura’ e vão parar em rios e mares, também consumidos pelos aquáticos animais, que serão consumidos por quem? Pelos mesmos homens que produziram e consumiram. Dai você diz,  “mas é tão pequeno?!?!?”, e eu respondo, pequeno no tamanho mas enorme no estrago. 

Adoraria que a função deste  5 de junho fosse perpetuada diariamente, enquanto as raças vivas neste planeta Terra correrem riscos provocados e promovidos pela única raça denominada “racional” pelo dom e uso da razão, e “humana”, pela inteligência e pensamento lógico (sic!!!). 

Nem ‘falei’ aqui na caça de animais silvestres. Que prazer pode sentir alguém em matar 1 ser vivo sem que seja pra saciar sua fome??? Tão terrível quanto, é registrar as barbáries e postar as fotos na Internet, com os animais mortos, fotografados como troféus, eternizando explicitamente estas provas de ignorância e desumanidade. Até quando seremos classificados de humanos e racionais??? 

Deste jeito, estamos + pra bestas! E feras!!!


Fonte: Felipe Camelo


Felipe Camelo por Felipe Camelo

Felipe Camelo é jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]