Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
07 de abril de 2020
min. 24º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Alagoas tem 31 casos confirmados de Covid-19
09/03/2020 às 19h31

Blogs

Sob a Lua, Sobre o Mar

Felipe Camelo

Nossa Maceió segue na lista das “10 orlas + bonitas do mundo”, e ainda  rouba a cena com o título “a orla + linda do Atlântico na América do Sul”. E pra mim, entre todos os cartões postais, o farol da ponta da Ponta Verde é, literalmente, a cara da cidade. Sempre que passo por lá, me encanto, como se nunca tivesse visto.

Que Alagoas é maternidade de talentosos artistas, também é público e notório. Seja na Literatura, Música, Artesanato, Design, Gastronomia, Arquitetura, Cultura Popular... exportamos qualidade. E nas Artes Plásticas então, inegável o grau de criatividade, ousadia, bom-gosto.

E neste “Mês das Mulheres”, minha homenageada de hoje é a arquiteta, paisagista, urbanista, escritora, artista plástica, colecionadora, produtora e agitadora cultural e social, locomotiva, formadora de opinião... a alcalina e estilosa Mirna Porto Maia, que vem movimentando Maceió com incríveis projetos culturais de inclusão.

Ano passado, a 1a edição do VelasTelas foi sucessaço, de crítica e de público. Durante 4 noites, centenas de pessoas ocuparam a areia bem na frente do farol, onde verdadeira galeria de arte ao ar livre apresentava obras de 16 artistas, projetadas em velas de jangadas, ancoradas em fila, com altíssima tecnologia. Pra completar o cenário de tirar o fôlego, lua cheia e maré baixa, 0*.

Na concepção da idealizadora e curadora Mirna, muitas cadeiras pr’os + velhos, e esteiras pr’os + novos, tudo com maravilhoso repertório. Na abertura do ano passado, típica banda de pífanos confirmou a alagoanidade nordestina da cena, que provocou “ah!s” e “oh!s” a projeção toda. Registros de fotos e filmes não faltaram. Como não foram poucos os elogios e parabéns que Magazine Luiza recebeu, pelo total patrocínio, tudo com o devido aval de Fábio Elias Costa, responsável pela área de patrocínio do grupo Magalu.

E pra felicidade geral, confirmadíssima a edição 2020, que chega ampliada e repleta de novidades e surpresas. Da noite da 4a-feira, 8 de abril, a noite do sábado, 11, em plena Semana Santa, não agendem nada entre o fim da tarde e o começo da noite, pra não perder nenhum destes espetáculos que são únicos, já que, na programação, cada noite, obras de 4 artistas deixarão a paisagem ainda + incrível, e as atrações musicais também seguem agenda, e todos os shows, imperdíveis.

No dia 8, Fernanda Guimarães e Rock Maracatu farão som pr’as obras de José Paulino (através de entrevista com Delson Uchôa), Zumba, Alex Barbosa (por Cármen Lúcia Dantas) e Irinéa de Mukem. No dia 9, Wado e obras de Eva Le Campion. Agélio Novaes, Jeanine Toledo e Dalton Costa. Dia 10, Mopho e a arte de Myrna Maracajá, Suel, Pedro Cabral e Lu Azul. E fechando no sábado, Som de Vinil e Hilda Moura, Marta Emília, Joe Santos e Sagaz.

Claro que esta matéria é só pra provocar e aguçar seus sentidos. Fiquem ligados, porque o projeto conta com amplo, geral e irrestrito apoio da Imprensa, que, desde o ano passado, ‘abraçou’ o VelasTelas e vai repetir este mesmo apoio. Tudo devidamente divulgado.

E garanto, imperdíveis, as 4 noites!!!


Fonte: Felipe Camelo

Galeria de Fotos


Felipe Camelo por Felipe Camelo

Felipe Camelo é jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]