Dólar com. 5.1515
IBovespa 0.37
03 de dezembro de 2020
min. 25º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Serviço Geológico do Brasil e UFRN firmam parceria para estudos em Maceió
16/03/2020 às 19h45

Blogs

Alarmante

Felipe Camelo

Por + que alguns digam que este Coronavírus seja “fake news” da guerra comercial China x Estados Unidos, o fato comprovado é que muita gente morta, e + ainda, infectada em todos os continentes.

Incrível é que países europeus concentram o maior número de cidadãos contaminados. E aqui no Brasil, corremos riscos, como todo o mundo. 

Na internet, as palavras + postadas são ligadas ao surto, que a Organização Mundial de Saúde já classificou como pandemia, + pela rapidez do contágio que pela gravidade da doença.

Estava editando a postagem desta 2ª-feira, mas precisei parar pra ir ao supermercado e pagar umas contas na lotérica.

E confesso que observei que ninguém adotou ainda o comportamento que pode evitar o contágio, seguindo orientação do Ministério da Saúde. Claro que ninguém sabe se já está infectado ou não, e, sem querer, pode estar compartilhando este vírus, involuntariamente.

Vi gente se abraçando ao encontrar conhecidos, trocando beijinhos, muitos apertos de mãos... e se apoiando em balcões, corrimão de escada, locais onde este vírus pode estar. Se normalmente, não sou de ficar pegando, segurando, ou me apoiando em locais onde outras pessoas possam ter estado também, propagando involuntariamente qualquer tipo de moléstia, agora então, é que redobro os cuidados. Seja em bancos, cinemas, lojas... Garanto que não estou paranóico, mas preocupado, e cuidados, estou tendo.

Afinal, já entrei no meu 60º ano de vida, e o motivo maior, minha mãe, aos 93 anos, acamada permanentemente, e com Alzheimer, não posso, nem vou, me arriscar, ou arrisca-la.

Já combinei com meus irmãos pra evitarmos contacto muito próximo. Eu mesmo, enquanto estou com ela, fico fazendo carinhos, beijando... em pé ao lado da cama, mas agora, nem pensar. Vamos inclusive, usar máscaras, quando estivermos com ela.

Sinto muito postar aqui este triste assunto, mas é impossível não me posicionar e fingir que não está acontecendo. Claro que a vida segue, mas se cuidar, se prevenir, evitando graves problemas, é preciso. Não sou negativo, pessimista, mas cuidadoso, todos temos que ser. Vim pra casa pensando nisso tudo, e também numa imagem que pudesse “ilustrar” este texto.

Foi quando, entrando em casa, vi esta carregada nuvem. Subi na laje e registrei-a, na intenção de chamar sua atenção pra esta carregada, pesada e preocupante realidade. Não podemos abstrair e fingir que este problema está longe da gente. É o que chamo “inimigo oculto”, já que não conseguimos identificar quem possa estar infectado pelo Coronavírus, transmitir e aumentar os riscos, que já são enormes.

Sendo assim, repito a máxima “melhor prevenir que remediar”. O preço é, comprovadamente, alto.


Fonte: Felipe Camelo


Felipe Camelo por Felipe Camelo

 Jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]