Dólar com. 5.3438
IBovespa 0.32
29 de novembro de 2020
min. 24º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Casos acumulados da covid-19 vão a 6,2 mi e óbitos chegam a 172 mil
19/11/2020 às 22h53

Blogs

Velas Telas - 3ª noite

Arte em Movimento - Velas Telas

Não poderia ser diferente. 

O 2° espetáculo do Arte em Movimento - Velas Telas repetiu a receita da 1ª noite, pelo conjunto da obra. O cenário, estonteante, inclusive pelo farol, pelas jangadas enfileiradas na areia, pelo vento que garantia o clima náutico, o cheiro do mar... e principalmente pelas obras de 4 talentosos artistas, ampliadas em projeção mapeada, com 4 linguagens, 4 estilos, 4 maneiras distintas de ver o mundo e a vida. 

Quando cheguei, Mirna Porto Maia já coordenada as quase 100 pessoas envolvidas no projeto patrocinado por Magazine Luiza através de Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo. Quem chegava,tinha medida a temperatura e ouvia a recomendação do uso constante de máscara. Quando a maré chegou ao seu nível mais baixo, técnicos da Núcleo Zero iniciaram o show, com obras e depoimentos de Agélio Novaes, Dalton Costa, Eva Le Campion e Lu Azul. 

E nesta 3ª noite, novas emoções, com Jeanine Toledo, alagoana que se graduou em Comunicação Visual em Recife, produzindo trabalhos autorais, se dedicando a pintura e a escultura "com destaque para a representação de partes do corpo humano", segundo seu currículo, que confirma exposições individuais e coletivas, nas mais conceituadas galerias salões e museus, em várias cidades brasileiras e em Londres. 

O espetáculo segue com Myrna Maracajá, que fez o caminho inverso de Jeanine, já que nasceu em Pernambuco e em Alagoas, vem ganhando destaque como pintora e ilustradora, já tendo trabalhado para grandes editoras nacionais. Múltipla e talentosa, não se limita .ao convencional, indo de livros infantis, cultura popular e indígena. Seus suportes? Todos. De paredes aos quadros, Myrna não se limita, e destaco forte característica sua, é professora. Adora dividir conhecimentos, descobertas, informações com quem se mostra interessado em aprender. 

A cena segue como o vento, apresentando as obras de Suel Cordeiro, que vem conquistando com seus traços fortes, coloridos, inusitados., imprime seu estilo pessoal, intransferível e inconfundível, traduzindo sua essência numa infinidade de imagens, ora realistas, ora surrealistas. Pura arte contemporânea, do angelical ao demoníaco, deixa o rock'n'roll inspirar e transpirar. E pirar, claro. Muito além do grafite e do grafismo, Suel bem pode assinar SoWell.

Encerrando esta 3ª noite, Hilda Moura aparece nas velas que são telas para deixar gostinho de "quero mais". Ela, que se graduou em Serviço Social, e sempre gostou de ler, inclusive livros sobre arte, principalmente os impressionistas. O incrível é que deixou sua veia artística fluir depois de muitos livros lidos, muitas obras observadas. Inicialmente, a cerâmica ditou sua criação e produção por uns 10 anos, e só então, os desenhos e a pintura foram domando sua atenção..Seus delicados traços foram denunciando seus lados infantil e feminino. E o reconhecimento de Hilda como artista se consolida. 

Assim, este 3° espetáculo entra para a história, assim como os 2 anteriores e o de amanhã, também. É aguardar. 

Ah! Além da oportunidade de assistir tudo ali, na frente do farol, na beira do mar, basta se inscrever, facinho e rapidinho, e assistir no conforto e segurança de casa, pelo canal do Velas Telas no YouTube. 

Galeria de Fotos


Felipe Camelo por Felipe Camelo

 Jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]