Dólar com. 5.2943
IBovespa 1.09
18 de janeiro de 2021
min. 24º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Golpe: Detran/AL alerta para site que promove falso leilão de veículos
08/12/2020 às 21h58

Blogs

Intenso e Marcante

E já entramos hoje na 2ª semana do último mês do ano. Pessoalmente, dezembro me marca por vários  fatos. 

Começo no dia 1°, celebrando o aniversário de meu pai, Rubens, referência de ser humano, em todos os sentidos. Me deixou ensinamentos e exemplos como a melhor herança. Dezembro também marca a luta contra o vírus da Aids, mortal doença que provoca além dos males físicos, já que o preconceito que os infectados enfrentam, é igualmente violento.

Outro vírus que vem contaminando milhões de pessoas mundo afora, Covid19 tem sua pandemia marcada nesta 3ª-feira, quando os 1°s ingleses já receberam as 1ªs doses de vacina. Confesso que ando tão preocupado com este maldito Coronavírus que me emocionei hoje cedo, vendo os súditos da rainha Elizabeth II sendo vacinados. Também confesso que me emocionou o fato de que tanto ela quanto seu marido, o príncipe Phillip aguardarem na "fila", já que idosos que vivem em abrigos e seus cuidadores tem prioridade. Apesar de suas avançadas idades, ambos vão esperar, como simples mortais. Digna atitude real. 

Neste dia 8, também lembrei de Yemanjá e Oxum, Orixás que são reverenciadas hoje, ambas representando na Umbanda,  a maternidade. A diferença entre elas? Yemanjá é "a mãe que já criou filhos", enquanto Oxum simboliza "a mãe gestante, e sua imagem está ligada às crianças". São as mães das águas, da vida. 

No sincretismo religioso, Nossa Senhora da Conceição tem sua equivalência no Catolicismo, resultando da mistura de elementos de religiões distintas. Normalmente teria ido prestar minha homenagem na praia, mas diante da necessidade de evitar aglomerações, a tradicional festa não aconteceu. 

Neste 8 de dezembro também é marcado como Dia do Colunista Social, e Jacira Leão, ativa presidente da Associação da classe em Alagoas, reuniu confreiras e confrades para almoço no Mister Grill, para "encontro anual dos colunistas", tendo Priscila Prill como atração especial. Também na cena, amigo secreto com troca de presentes. 

Claro que fiquei muito feliz em ter sido lembrado e convidado, mas infelizmente, muito preocupado com o crescimento do número de infectados e mortos, consequência de coletivas irresponsabilidades de pessoas que tem frequentado eventos, festas, baladas, praias, calçadões e afins, sem o devido, obrigatório e necessário uso de máscara, pensei bem, conversei com meu irmão, e acabei não indo. . 

Esta semana já havia saído para participar e registrar evento gastronômico , mesmo respeitando todas as regras de segurança, claro. Mas confesso que preferi evitar novo evento social com intervalo de  tão poucos dias. Com minha mãe precisando de cuidados e atenção, acamada e com Alzheimer aos 93 anos, redobro os cuidados para evitar que eu possa me infectar e transmitir para ela. Deus nos livre e a proteja. 

Aproveitei o dia para adiantar 1 trabalho e molhar meu jardim, e quando olhei para o céu, não resisti, subi na laje, e registrei este por do sol para me desculpar com Jacira e meus colegas de colunismo, pela involuntária ausência neste delicioso encontro de hoje. Tenho certeza de que serei entendido e desculpado. 

Aproveito para reforçar minha recomendação, evitem aglomerações. Este mortal vírus segue ativo pelo mundo, infectando e matando indistintamente. Se puder, fique em casa, e se tiver que sair, todos os cuidados, são poucos. 


Felipe Camelo por Felipe Camelo

 Jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]