Dólar com. 5.3019
IBovespa 1
18 de janeiro de 2021
min. 24º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Golpe: Detran/AL alerta para site que promove falso leilão de veículos
05/01/2021 às 15h22

Blogs

Natal da Paz com Chave de Ouro

Encerramento do Natal na Avenida da Paz e seu Centenário

Mirna Porto Maia & Ilzinha, Papai Noel e algumas crianças do coral do Lar São Domingos

Claro que começo este texto confirmando meus votos de que tenhamos 2021 como ano mais leve que 2020, quando o mundo parou para combater este mortal Coronavírus, e sobreviver. 

Em 11 de março próximo completo meu 59º ano de vida, e assim, no dia 12, já estarei iniciando meu ano 60. Não é pouca coisa, principalmente para quem vive acelerado ritmo, parecendo que sempre  falta tempo para cumprir todas as obrigações e cobranças. 

Nestes muitos anos fazendo jornalismo como coluna social, escrevendo, fotografando e editando, chegando à loucura de passar por 6 eventos numa mesma noite, praticamente, todos no mesmo horário, e em locais não muito próximos. Imaginam? 6 festas numa noite? Também já cobri 2 eventos ao mesmo tempo. A solução foi dividir o tempo em 1/2s horas. Fiquei indo e voltando até completar os trabalhos. Ainda bem que não eram muito distantes 1 do outro. Pelo menos isso. 

Mas enfim, não pratico jornalismo impresso diário há 2 anos, e estou reformulando tudo, foco, estilo de vida, desacelerado, sem me cobrar muito, como sempre fiz. Sei de meus compromissos, mas não vou me estressar, tenho que respeitar meu limite. Neste isolamento causado pela pandemia do Covid19, fiquei uns 7 meses isolado em casa, só saindo para fazer supermercado, farmácia e pagar contas, fora isso, nada me tirou de casa. Poucas vezes fui ver minha mãe, que vive acamada aos 93 anos, vítima do Mal de Alzheimer. E mesmo assim, com uns 4 metros de distância dela. 

Como a vida segue, precisamos nos adaptar e praticar todos os cuidados de segurança e higiene. Em novembro, estive em Gramado como faço há uns 10 anos, vivendo o clima do Natal Luz, voltando de viagem sem nenhum problema de contaminação. Em seguida, participei trabalhando no projeto Arte em Movimento - Velas Telas, quando todas as regras sanitárias foram rigorosamente respeitadas. Trabalho concluído sem riscos. 

Em16 de  dezembro, estive na Galeria Gamma, onde Verinha Gamma & Dalminho Peixoto abriram inédita exposição de Reynaldo Gama Júnior, "Arte Viva", apresentando ambiente reunindo mobiliário, objetos pessoais e muitas obras de arte, em cartaz até março ( https://painelnoticias.com.br/blogs/felipe-camelo/182683/arte-viva ). 

Também estive no Villa Gourmet (https://painelnoticias.com.br/blogs/felipe-camelo/182560/exclusiva-experiencia ) ,  almoço promovido por Joana Vieira Costa, no sítio de seus pais, com medição de temperatura dos convidados, uso constante de álcool em gel e o fundamental distanciamento, inclusive. Não houve aglomeração, e nenhum problema. No último domingo, delicioso convite de minha queridaça amiga Nide Lins para almoço no Ôxe/Lali, e igualmente, não corremos nenhum perigo de contaminação, já que regras foram devidamente respeitadas. Mas este assunto será a pauta de amanhã, aqui no blog. Vale aguardar.

Hoje, neste 5º dia do novo ano, coloco foco no encerramento do Natal na Avenida da Paz, projeto de inclusão social, idealizado por Mirna Porto Maia, possível com o patrocínio do Magazine Luiza, através da Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo, e apoios Escola Técnica de Artes da Universidade Federal de Alagoas, Ibratin, Museu Théo Brandão e Prefeitura de Maceió. 

Num novo formato, adequado aos cuidados com a pandemia, tanto a abertura no Coreto no último dia 15,( https://painelnoticias.com.br/blogs/felipe-camelo/182609/abertura-do-natal ), como as 3 saídas do trio-elétrico do projeto, também foram incríveis. 

Ao pôr do sol do último dia 18, com a intrépida Banda Cazuadinha, "parabéns pra você" pelos 100 anos da Avenida da Paz. No dia 22 seguinte, coro de crianças do Lar São Domingos dividiu o natalino trio-elétrico com Papai Noel, encantando principalmente os moradores do trecho entre a praça Marcílio Dias, em Jaraguá, até a Vila dos Pescadores, no Sobral. Janelas cheias, com aplausos e acenos, e os motoristas também interagiam, buzinando e piscando os faróis dos automóveis. No fim da tarde do dia 26, as crianças do São Domingos voltaram, com as participações de Rosenildo Fidélis ao sax, e DJ Siq. No dia 28, a espetaculosa participação da Banda Divina Supernova, garantindo encantamento, principalmente entre as crianças que corriam pra calçada quando ouviam a aproximação do musical veículo.

E pontualmente às 17:30 de hoje, solene encerramento da edição 2020 do inclusivo Natal na Avenida da Paz, com a fofura cantante das crianças do Lar São Domingos, acompanhadas pelo sax de Rosenildo Fideles e a pic-up do DJ Siq. Como nas saídas anteriores, não haverá paradas, evitando aglomeração. 

Assim, sigo desejando que a vacina contra o maldito Coronavírus esteja rapidamente disponível aqui no Brasil, e que ela tambem injete altas doses de humanidade, civilidade, empatia, solidariedade, sentimentos que fazem a diferença na evolução da espécie. e da vida. Então, daqui deste blog, desejo amor, saúde e paz. Precisamos e merecemos. 

Galeria de Fotos


Felipe Camelo por Felipe Camelo

 Jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]