Dólar com. 5.461
IBovespa 1.29
16 de outubro de 2021
min. 23º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Interior de São Paulo volta a registrar tempestade de areia
29/09/2021 às 15h45

Blogs

Moda de Alagoas...

... Renda-se 2021

FC

Focando principalmente na valorização e da perpetuação do saberes e fazeres das rendeiras que trabalham com o Filé como principal matéria prima, reforçando sua importância como Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas, o projeto Renda-se se consolida no calendário dos grandes eventos no estado. 

Com o incontestável sucesso em 2020, nada mais natural que a 1ª Mostra de Moda Alagoana Renda-se 2021 siga enfrentando todos os desafios impostos nessa ‘covídica’ pandemia. Como jornalista e integrante da equipe de Comunicação do projeto idealizado por Mirna Porto Maia, confirmo que conseguimos realizar bem mais que o planejado, reunindo estilistas, rendeiras, costureiras, modelos, e mais uma infinidade de talentosos profissionais que complementam diretamente essa cadeia ativa e produtiva de grande acontecimento de moda, sem deixar de citar os envolvidos indiretamente em sua realização. 

Algumas delicadas modificações agregarão mais valor ao projeto que, nessa edição 2021, tem como principal inspiração, a saudosa e inesquecível estilista alagoana Vera Arruda, que encantou e conquistou o Brasil e o mundo com linguagem feminina, simples e sofisticada ao mesmo tempo. Os 10 estilistas selecionados já estão concretizando seus croquis, nos quais, é imprescindível a presença do Filé, que movimenta a economia gerando emprego e renda para centenas de mulheres alagoanas que se firmam no mercado de Moda com elaboradas técnicas, conhecimentos e descobertas sobre o fazer do Filé a mais alagoana das rendas, promovendo o empoderamento das rendeiras, que inicialmente só produziam produtos para casa, e com Teca Rendeira (a homenageada do ano passado) caminhos e toalhas de mesa, colchas, cortinas… dividem espaço nos teares com vestidos, chapéus, saias, blusas, bolsas, calças e capas, reafirmando que o Filé vai muito além de vestir, traduzindo Cultura e Arte como expressão e linguagem corporal, inclusive. 

Modelos únicos, exclusivos e autorais ocuparão os mais de 50 metros de passarela montada no centenário calçamento da Sá e Albuquerque, no histórico Jaraguá, ocupando toda e extensão do Espaço Armazém, onde estão sendo montados os 10 camarins, nos quais, cada estilista vestirá suas 4 modelos profissionais e sua personalidade convidada, que exibirão as criações com reduzidíssimo público presencial, praticamente jornalistas, fotógrafos e alguns poucos familiares de Vera. Mas com conexão ‘on-line’, planetária audiência, já que tudo será devidamente transmitido nos canais da Internet, além do programa de televisão comandado no México por Gabo Ramos & Octávia Porto, interligados com os países latinos de língua espanhola. Também com riqueza de detalhes, transmissão no YouTube e nas páginas do Renda-se no Instagram e Facebook, na noite do próximo de 8 de outubro, literalmente Imperdível. 

Imprescindível para realizar o projeto que tem proposição do Ponto de Produção, o patrocínio do Magazine Luiza, através da Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo, e apoio cultural da Prefeitura de Maceió, Aloo Telecom e Escola Técnica de Artes da Universidade Federal de Alagoas. Reunindo uns 200 profissionais das diversas áreas envolvidas, Renda-se tem garantido seu êxito, pela assessoria de Fábio Elias Costa, direção artística de David Farias e direção de Arte de Pollyanna Isbelo. Anotem os nomes dos estilistas selecionados, Beatriz Tavares, Elton Macharlot, Florise Guimarães, Leoni Bezerra, Letícia Abreu, Lucas 'Lumma Luz' Matheus, Manoel 'Derravera' Omena, Maria Brandão, Rejane Pimentel e Rildo Nonato. São eles quem vestirão Estela Nascimento, Verinha Gama, Carolina Gaia, Porllanne Santos, Lucélia Pontes, Valéria Camerino, Endy Mesquita, Naná Martins, Marina Candia Figueiredo, e a chef Simone Bert (que foi convidada para desfilar diante da impossibilidade da produtora de conteúdo digital Lavyne, que precisou estar em São Paulo para cuidar de probleminha de saúde) além de 1 modelo masculino e 3 femininos, totalizando 50 modelos na passarela. 

2º a jornalista Silvana Valença, da Comunicação Renda-se, “Este ano, o Renda-se faz uma homenagem mais do que justa a um dos nomes mais importantes da moda do Brasil: a alagoana Vera Arruda. Falecida em 2004, no auge da sua carreira, Vera conseguiu impor o seu estilo alegre e colorido num universo com preponderância monocromática e traços sóbrios. Trazia o Nordeste profundo para as passarelas da alta costura. Sua arte peculiar e lúdica utilizava fartamente bordados, miçangas, pedrarias, crochê e o filé alagoano. Vera Arruda foi revelada para o Brasil no Phytoervas de 1998, reconhecidamente um dos mais importantes eventos fashion já realizados no País. Sob os olhares atentos da crítica especializada e do público que lotava o Hipódromo de São Paulo, a estilista arrancou aplausos calorosos com a coleção A Estrela do Brasil Brilha”. 

E para valorizar o Renda-se2021 e nos preencher de honra e felicidade, apesar de muito tímida, valorizando ainda + o desfile, Maria João, filha de Vera com João Araújo, que vestirá 2 modelos exclusivos e originais de sua incrível mãe. Maria João é acadêmica de Medicina, e gentilmente atendeu o convite e, mesmo não sendo modelo, dará o ar da graça em Jaraguá.

Na coordenação das 200 pessoas envolvidas no Renda-se, direta e indiretamente, a produtora e agitadora cultural e social Mirna Porto Maia (idealizadora e curadora), David Farias, diretor teatral, professor, diretor da Escola Técnica de Artes da Ufal (diretor artístico e apresentador do desfile junto com Mirna), Pollyana Isbelo, professora da Eta e diretora de Arte do projeto) e Fábio Elias Costa, especialista em Lei de Incentivo e responsável pelo setor de patrocínios do Magazine Luiza, empresa patrocinadora do Renda-se, priorizando ações que promovam inclusão social e profissional, valorizando e qualificando mão de obra local, gerando trabalho e renda para milhares de brasileiros e brasileiras. 

Mais que em 2020, a 1ª Mostra De Moda Alagoana Renda-se 2021 promove a consolidação de artesanais saberes e fazeres culturais, especialmente a renda Filé, patrimônio cultural e imaterial de Alagoas.         

                                       

Sobre Magazine Luiza

Fundado em 1957, é uma das maiores redes varejistas do Brasil, com mais de mil lojas e 12 centros de distribuição, estrategicamente localizados em 17 Estados (São Paulo – sede –, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Pará, Piauí e Maranhão).

O Magazine Luiza tem em sua missão o compromisso com o desenvolvimento do País, nesse contexto, realiza investimentos sociais e culturais. A causa da democratização cultural passou a orientar recentemente esses investimentos pelo entendimento de que a experiência simbólica expressa na arte e na cultura é fundamental para a realização de todo ser humano. Assim, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, a empresa busca contribuir para a ampliação e melhoria das opções, das experiências e do acesso da população, a criações artísticas, prioritariamente as brasileiras.

Serviço

Renda-se – I Mostra de Moda Alagoana – etapa 2021

Dia: 08 de outubro, às 20h

Local: Transmitido ao vivo pelo Canal do Renda-se no youtube

youtube.com/c/RendaseMostradeModaAlagoana

Mais informações: www.projetorendase.com.br e @projetorendaseoficial . Para mais informações, no site https://www.projetorendase.com.br/ , no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCHa44aVDWQ7yv9ALX38Na7Q?view_as=subscriber , no Facebook Renda-se - 1ª Mostra de Moda Alagoana , e no Instagram @rendasealagoas 

Galeria de Fotos


Felipe Camelo por Felipe Camelo

 Jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]