Dólar com. 5.5165
IBovespa 0.58
18 de janeiro de 2022
min. 24º máx. 29º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel Boletim Covid-19: Alagoas registra 416 novos casos e duas mortes
07/01/2022 às 14h50

Blogs

Cartão Vermelho pra Violência Doméstica

Presidente da Associação AME, Júlia Nunes, e o eterno campeão Cafu (foto Flávia Gomes de Barros-reprodução

Antigamente, quando não existia internet, vivíamos fatalmente na ignorância, mas hoje em dia, com informações comprovadas e divulgadas, ser negacionista é prova incontestável de treva mental.

Impossível viver sem educação, cultura e ciência, que seguramente garantem evolução humana.

Numa sociedade civilizada, é inadmissível qualquer atitude de violência, principalmente contra mulheres, crianças, idosos e animais. Agressão doméstica é crime hediondo, é inaceitável, e todas as formas de combater são importantíssimas.

Como a campanha que vem sendo promovida pela Associação AME, que ganha reforço de Cafu, ele que era o capitão no pentacampeonato da seleção brasileira de futebol e apoiando essa causa, garante engajamento de muita gente.

Confesso que fiquei muito feliz quando recebi essa notícia do meu querido amigo, literalmente da vida toda, o jornalista, advogado e procurador Flavio Gomes de Barros, que me enviou texto e foto assinados por sua filha, a também jornalista Flávia Gomes de Barros, ativa voluntária da campanha contra violência doméstica direcionada aos fãs, torcedores e atletas de futebol, cujo realise reproduzo aqui na íntegra.

Com certeza 1 dos esportes + populares do Brasil, o futebol é, indiscutivelmente, grande vitrine para chamar atenção para o absurdo que é a violência praticada em casa. Assim, aqui abaixo, informações de Flávia Gomes de Barros.

Abrace você também essa causa, que salva vidas, muitas. Sim, porque "em briga de marido e mulher", se mete inclusive a colher!!!

Associação AME e ex-jogador Cafu lançam campanha 

de combate à violência doméstica no futebol

A Associação AME, entidade que acolhe mulheres vítimas de violência doméstica, e o ex-jogador Cafu, capitão do pentacampeonato mundial da seleção brasileira de futebol, lançam, na próxima segunda-feira (10), uma campanha contra a violência doméstica direcionada aos amantes do futebol. A coletiva de imprensa que marcará o lançamento da campanha “Dê um cartão vermelho para a violência doméstica” acontecerá no auditório da Selaj (Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude) , no estádio Rei Pelé, às 11h.

Ao lado da presidente da Associação AME, Júlia Nunes, e do Cafu, que também é um dos embaixadores da Copa do Mundo do Catar, estarão os presidentes do Clube de Regatas Brasil (CRB), do Centro Sportivo Alagoano (CSA) e da Federação Alagoana de Futebol (FAF), além dos secretários de esportes do Estado e do município.

“Que o futebol é um esporte que mexe com a emoção dos torcedores, todos nós já sabemos. Entretanto, pouca gente relaciona os dias de jogos com o aumento da violência doméstica. E é isso que a Associação AME pretende levar para o público que frequenta os estádios em Alagoas: a importância de respeitar as mulheres e denunciar atos de violência”, explicou a presidente da Associação AME, Júlia Nunes.

“Dê um cartão vermelho para a violência doméstica” é o mote da campanha da AME, que, além do pentacampeão mundial Cafu, mobilizará jogadores dos maiores times alagoanos, conscientizará torcedores com a distribuição de material gráfico e divulgará vídeos e cards nas redes sociais.

“É muito importante que os homens despertem para a importância de se combater a violência contra as mulheres, seja ela qual for. Essa campanha voltada ao público masculino que aprecia o futebol é um primeiro passo para que haja a diminuição da triste estatística que atribui o aumento de 30% dos casos de violência doméstica aos dias de jogos”, evidenciou Cafu.


Felipe Camelo por Felipe Camelo

 Jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]