Dólar com. 5.3305
IBovespa 0.58
03 de julho de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel PM informa trechos de rodovias comprometidos em decorrência do volume das águas
20/05/2022 às 20h46

Blogs

Patacho, minha, sua, nossa...

... da Humanidade

Zélia Cavalcanti, Paulo Dantas e José Wanderley (foto Vinícius Teodosio)

Comprovadamente, Turismo é 1 das pautas que + publiquei. Desde criança, sempre viajei muito com minha família e aos 17 anos, fiz curso no Senac para ser guia e logo fui trabalhar na Transamérica, quando pouquíssimas pessoas chegavam por aqui. Lembro que o movimento começou com a inauguração do Hotel Jatiúca. Entrei pra Universidade e acabei transferindo o curso de Jornalismo para o Rio de Janeiro e todas as férias que vinha passar em Maceió, Marcel & Ângela Monteiro me contratavam e assim seguiu minha relação com o seguimento que chamo “Indústria sem chaminé”, já que gera trabalho e renda pra milhares de pessoas, direta e indiretamente, sem provocar nenhuma danosa consequência, como poluição do Meio Ambiente, por exemplo. Pelo contrário. Depois de formado, encerrei esta atividade de acompanhar turistas, mas segui bem ligado ao setor, já que notícias sobre Turismo seguiram com destaque em minhas publicações. Paralelamente, minha família materna se formou em Porto de Pedras, onde passei todas as férias da infância e adolescência, frequentando inclusive os sítios que tínhamos na orla do Patacho. Até que depois de morar também em São Paulo, a vida me trouxe para Maceió e para cá, onde estou morando desde dezembro no casarão que meus bisavós construíram em 1860. Os sítios, nós herdeiros, vendemos, mas o amor pela praia segue no mesmo grau, e a felicidade foi enorme quando vi que o prefeito Henrique Vilela, casado com minha prima Márcia Cunha, vem realizando incrível trabalho pela cidade e arredores. Tanto que a praia onde brinquei muito quando criança havia sido honrada com a exclusiva Bandeira Azul, destaque internacional que distingue as ++ do mundo. E morando aqui, de onde edito esta publicação, fui convidado para assessorar o prefeito, o que tem me feito ainda + feliz, afinal, trabalho no que adoro, escrever e fotografar, no lugar que amo desde que nasci, e de certa forma, venho ajudando na divulgação deste que é 1 dos lugares + lindos do planeta. Felicíssimo fiquei também quando soube que o Patacho vai receber R$ 2,4 milhões para ficar ainda + incrível, como melhoria do acesso à praia, além de outros benefícios, claro que respeitando e preservando a natureza e sua estonteante beleza. Muito feliz também fiquei ao ver a foto que ilustra esta postagem, com a qual também estou inteiramente ligado, afinal, representando Henrique Vilela, sua secretaria de Turismo, Zélia Cavalcanti, que é minha colega no Jornalismo e minha amiga desde que estudamos na mesma turma no Colégio Marista. Ou seja, todos os motivos tenho para colocar meu + profundo carinho neste texto. Além de admirar o novo governador Paulo Dantas e ser muito amigo de seu vice, meu querido José Wanderley. Confesso que estou até sem graça, por achar que estou “legislando em causa própria”, o que não é, asseguro, do meu feitio. Nunca fui de aproveitar de meu trabalho para aparecer. Mas estou deixando meu coração ditar o que meus dedos digitam, e assim, será postado. Aproveito para seguir levantando a bandeira da sustentabilidade e da preservação do Meio Ambiente, sem o qual, preservado, nós humanos, não sobrevivemos, comprovadamente. Finalizo convidando, voltem ou venham conhecer Porto de Pedras, município lindo e que vem ficando ainda + com o incansável trabalho que Henrique Vilela vem realizando com toda a competente equipe que ele formou. E garanto que vocês concordarão comigo, e voltarão sempre a Porto de Pedras, literalmente, o filé do litoral norte de Alagoas. Sem desmerecer as d+, claro. E viva o Patacho. Aliás, vivamos!!!

ResponderEncaminhar


Felipe Camelo por Felipe Camelo

 Jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]