Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
15 de junho de 2019
min. 24º máx. 26º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Defesa Civil segue monitorando áreas de risco de Maceió

Blogs

"Sejamos felizes aqui e agora"

28.05.2019 às 14:40
Felipe Camelo

Já publiquei minha experiência com a morte, mas vou resumir aqui, repercutindo 1 dia de ontem, quando 3 nomes ligados ao estado de Alagoas partiram.

Em 7 de setembro de 1999 sofri grave acidente de automóvel, fiquei muitos dias em coma, e tive parada cardíaca. Lembro de me sentir 'no alto', sem sentir meus pés tocando no chão, incrível sensação de levitar, e 'lá de cima', me via morto na cama da UTI do então Hospital do Açúcar, e lembro claramente de vozes que me acalmavam, repetindo que eu me tranquilizasse, que eu voltaria ao meu corpo e ficaria tudo bem. 

Claro que muita gente não vai acreditar, mas garanto ser bem real esta minha vivência. Fui me acalmando, tudo deu certo, e agora estou aqui dando este depoimento, confirmando minha crença de que a Vida não começa na maternidade nem termina no cemitério.

Vejo a morte como 1 partida de barco. Quem está numa margem, vê a ida, mas quem está na outra, vê a chegada. Não é o fim, apenas 1 passagem.

E ontem, 3 homens que tiveram suas vidas ligadas ao nosso estado, partiram. 

Dr. José Moura Rocha, brilhante advogado, faleceu aos 86 anos, num hospital em Maceió, assim como o promotor, procurador de Justiça, ex-deputado federal e ex-governador dr. Geraldo Bulhões, que faleceu aos 81. 

Ambos tiveram importantes papéis na história de Alagoas, deixando exemplos e legados. 

E também ontem, deixando incrédulos seus  milhares de fãs, o cantor Gabriel Diniz, o GD, que era noivo de 1 alagoana, e faleceu num acidente aéreo, vindo exatamente pra Maceió, celebrar o aniversário de sua bem amada. 

Num momento como este, em que 1 jovem talento falece aos 28 anos, no auge da carreira de sucesso, me faz lembrar ainda + de 1 máxima de Osho, "Sejamos felizes aqui e agora". Claro que concordo, já que, do jeito que o tempo tá voando, não podemos perder tempo, deixar algo pra depois, pode ser tarde d+. 

Assim, minha solidariedade os familiares e amigos dos 3, desejando que sigam no Caminha da Luz. 

Postado por Felipe Camelo

Amor ultrapassando Fronteiras

27.05.2019 às 15:30

Na noite do último sábado, num uber, Catedral Metropolitana de Maceió, atendendo carinhoso e honroso convite de meus queridos Luiz Romero Cavalcante Farias & Jaqueline de Lima Toledo e Felipe Neri López Veneroni & Gloria Valek Valdés, pra participar da confirmação do Amor entre Louise & Juan Felipe.

Advogados, ele mexicano, ela alagoana, se conheceram em 2015, no mestrado em Nova York, onde se casaram numa cerimônia civil em 2018 (e seguem morando) e realizando o sonho de Louise, vieram se casar numa cerimônia religiosa em sua terra natal, com as presenças de seus amados avós maternos, Marluce & Luiz Toledo, com quem é muito ligada. 


Literalmente incrível  a apresentação da Camerata Pró-Música de Alagoas com o maestro Max Carvalho, acompanhada pelo Coro Prisma, sob comando do maestro Gustavo Campos Lima, destacando os talentosos tenor, soprano, mezzo soprano e barítono, que, sem dúvida, fizeram  a diferença, provocando muita emoção no tradicional templo.

Da Catedral, os 650 convidados seguimos pr'o Espaço Armazém, lindamente decorado pela querida Laurinha Amaral. Todas as delícias servidas, assinadas pelo igualmente querido chef Wanderson Medeiros. DJ Peixe manteve a pista cheia com seu absurdamente dançante 'set list', assim como a Orquestra Golden Time e a banda Cannibal.


Maravilhosa a iniciativa dos pais da noiva, que prestigiaram talentos alagoanos, fazendo a economia girar na capital alagoana, já que todos os envolvidos são "prata nossa, da casa". 

Como  convidado, não levei câmera, nem sai registrando todo mundo, me limitando aos que chegaram perto de mim, e chamaram minha atenção. Por isso, aqui, os poucos registros que fiz com o iPhone, pra eternizar este lindo casamento, reforçando meus parabéns e agradecimentos pelo convite. 


E viva o amor, inclusive com sotaques alagoano e mexicano. 

Postado por Felipe Camelo

20 anos revestindo com Amor

24.05.2019 às 14:01
Felipe Camelo

Movimento extra na Álvaro Calheiros na noite da última 4ª feira, dia 22, quando meus queridos da vida toda, Andréa & Fábio Farias celebravam 20 anos da franquia Portobello Shop em Maceió, apresentando loja com incríveis 700m², num novo conceito de receber arquitetos, designers e clientes, com o que há de + moderno em porcelanato e revestimentos cerâmicos.

 A relação deles com a indústria de cerâmica e revestimentos começou de forma muito interessante. Quando o industrial César Gomes Júnior se casou, veio com a esposa em lua de mel pra Maceió, e foram recebidos pelo casal Antônio Cansanção, ele, na época, presidente da Federação das Indústrias de Alagoas, e avô de Andréa, casada com Fábio Farias, franqueados da marca em terras alagoanas. Incríveis estas coincidências que a vida promove.  E a relação deles vai muito além da empresarial, já que a amizade perdura até hoje. 

Pois bem, com estilo discreto e sofisticado, reuniram uns 300 convidados, prestando devida homenagem aos que fazem parte da história da empresa. A noite contou com rara e ilustre presença de César Gomes Júnior, presidente do Grupo Portobello, que chegou acompanhado pela cúpula de sua diretoria, confirmando a importância da empresa alagoana que os representa. 

Aqui, reproduzo na íntegra, release assinado pelo jornalista e assessor de Comunicação, Kelman Freitas, com todas as informações sobre o grupo que gera emprego e renda pra muitos brasileiros. E enriquecendo esta matéria, fotos do que + me chamou atenção. Finalizo, reforçando meus parabéns a toda equipe que recebeu tão bem, numa noite especial, pra lá de deliciosa e agradável. Que sigam fazendo muito sucesso!!!

Portobello Shop Maceió comemora 20 anos de casa nova e reinaugura loja na Jatiúca

Pioneira em Maceió no segmento de franquia de pisos e revestimentos cerâmicos, a Portobello Shop reinaugura sua nova loja nesta quarta-feira (22), na Avenida Álvaro Calheiros, na Jatiúca. O local, de 700 m², foi completamente repaginado: o novo projeto da Portobello Shop apresenta um conceito de Design Experience, que propõe uma experiência nova para o cliente.

“Os vários ambientes da loja foram criados para proporcionar ao cliente uma maior visibilidade do produto. Assim a Portobello entende que o novo projeto da loja irá possibilitar volume maior de vendas, tornando a compra mais personalizada. Os recursos tecnológicos presentes na loja facilitam a escolha do produto ideal para cada projeto”, explica Andréa Farias, franqueada Portobello Shop Maceió, Recife e Caruaru.

Os recursos tecnológicos citados por ela estão concentrados na Touch TV, onde o cliente pode visualizar o portfólio exclusivo da loja por meio da experiência de realidade virtual. A televisão touch promove uma verdadeira imersão no portfólio exclusivo da Portobello Shop. E, para provar que inovação é o que move a companhia, há também as estações de Realidade Virtual, que permitem a cada cliente a experiência sensorial dos projetos e produtos. Além disso, a empresa disponibiliza o aplicativo Portobello, que lê o QR Code de cada revestimento, e apresenta fotos, inclusive ambientadas, e todas as informações técnicas que ajudam a escolher o mais indicado para cada uso.

“A linha abrangente de produtos da Portobello Shop sempre é bem aceita pelo mercado alagoano. A constante pesquisa desenvolvida pela fábrica é um diferencial para todos os clientes. Os porcelanatos em grandes formatos são os high lights da loja no momento”, revela Andréa Farias, ao reforçar que o investimento maior na reestruturação da loja “são os 20 anos de parceria entre os franqueados de Alagoas com a indústria Portobello”.

Exposição

Marcada pela contemporaneidade, a Portobello mantém sua linguagem antenada à tecnologia, mas propõe-se a observar novos comportamentos, pesquisas autorais, experiências compartilhadas e colaborações criativas, revelando uma atitude de inovação aberta. Neste sentido, a Exposição Contemporaneidade, que será aberta na reinauguração da loja franqueada, reafirma esse olhar quando reconhece na arte doze artistas que pautam sua produção na pesquisa, no fazer e no pensamento universal consciente.

“Eles aqui representam o que se tem a dizer sobre ‘o ser contemporâneo’. Acentuando diferenças e semelhanças, revelando regionalidades e poliglotismos de meios e discursos, bem como configurando diferentes e/ou opostas naturezas semânticas e técnicas”, afirma o curador da exposição, Henrique Gomes.

Fazem parte da Exposição Contemporaneidade os artistas Rogério Gomes, Patrícia Melro, Vera Gamma, Bárbara Lessa, Reinaldo Lessa, Thiago Sobral, Diego Barros, João Lamenha, Hilda Moura, Tatiana Amaral, Gianluca Guglielmi e Suel.

Sobre a Portobello

Fundada em 1979, a Portobello, líder em revestimentos na América Latina, motivada pela necessidade de oferecer ao mercado soluções completas em um só lugar, criou a Portobello Shop em 1998. Atualmente, são 150 lojas em todas as regiões do país, que oferecem serviços diferenciados, possibilitando aos arquitetos e designers de interiores a criação de ambientes inovadores.

A Portobello, tem sua fábrica instalada em Tijucas (SC) e produz mais de 30 milhões de metros quadrados anualmente, distribuídos não apenas para o mercado interno, mas também para países dos cinco continentes. Com o design como essência, tem o compromisso de levar ao mercado soluções inovadoras, que transformem ambientes e emocionem pessoas.

Seus pilares são compartilhados com suas marcas Pointer, Portobello Shop e Officina Portobello. A primeira, com fábrica instalada em Marechal Deodoro, tem a missão de democratizar o design, com produtos de qualidade e preço acessível; a segunda é a maior rede de varejo do segmento e oferece uma experiência de compra diferenciada, na loja e nos ambientes digitais, para especificação e compra de produtos Portobello; e a terceira, nova aposta da companhia, é a arte da porcelanateria, combina a maestria artesanal com tecnologia de ponta, qualidade e estética, disponibilizando soluções completas aos clientes: desde projetos personalizados, como bancadas e mosaicos, até mobiliários e objetos de decoração.

Postado por Felipe Camelo

“Polluere”

23.05.2019 às 15:24
Felipe Camelo

Do latim, polluere é sujar, tornar impuro. E com tantas informações sobre os males da poluição pra vida do planeta e das pessoas, é o cúmulo quando confirmo que muito pouca gente se preocupa com isso. Seja poluição do Meio Ambiente, poluição sonora, poluição visual... foi poluição, é maléfica, faz muito mal.

Até existem lei que combatem, proíbem, punem, mas o que + observo são postes, placas de sinalização, pontos de ônibus, orelhões telefônicos, placas de sinalização de trânsito, prédios históricos tombados, muros, até as árvores são ‘vítimas’, cheios de cartazes oferendo produtos e serviços, a maioria deles, de péssima qualidade.

Fiscalização de Posturas da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social na atividade sempre, mas não “dá vencimento”. Ações de combate a poluição visual, conforme a Lei Municipal n* 4.954/2000 e o Decreto Municipal n* 7.613/2014, que regulamentam a “veiculação de equipamentos de propagandas e publicidades, são frequentes, mas os poluidores não param de enfear a cidade.

Além de serem obrigados a retirar o material poluente, as multas diárias não são baratas, mas mesmo assim, o crime continua sendo absurdamente praticado. Ê povo ‘descivilizado’!!!

Postado por Felipe Camelo

"Penélopes Charmosas"

22.05.2019 às 16:21
Arquivo Pessoal

Felizmente a língua é viva, e vai mudando com o tempo e com a vida. Se não fosse assim, sem mudanças ou evoluções, ainda estaríamos desenhando em pedras. Não teríamos chegado nem ao latim. E assim como a língua, expressões também se modificam, perdem a função e o sentido. 

Antigamente se dizia “atrás de todo homem, 1 mulher”. Que bom que as mulheres estão ao lado, e muitas vezes, na frente. Também “Não presta, quebrou, joga no mato”. Como o Meio Ambiente não é lixeiro e precisa ser preservado, esta infeliz frase não pode + ser dita. Assim como “lugar de mulher é na cozinha, pilotando fogão”.

Claro que a grande maioria arrasa nas receitas, mas elas podem, e devem, pilotar o que elas quiserem. Ainda ouço machistas dizendo que as mulheres são ‘barbeiras’ no trânsito. Pura ignorância, já que é provado e comprovado que as mulheres são exímias motoristas. E não só de automóveis, mas também de ônibus, tratores, motos, caminhões, trens...

Recente levantamento confirma que as mulheres são muito + cuidadosas que nós homens. Este dado reflete a situação em todo o país, “mulheres se envolvem em muito menos acidentes automobilísticos,  muitas nunca provocaram “sinistros”, e algumas nunca foram multadas”.

Tenho exemplo bem perto de mim. Minha querida da vida toda, Yêda Rocha Jucá é 1 belo exemplo a ser admirado e seguido. E observem que ela se encaixa perfeitamente no perfil de “mulheres que pilotam muito bem o fogão”. Tanto que, com suas Irmãs Rocha, ganharam destaque nacional, com deliciosas e incríveis receitas. Mas seu destaque também se deve ao fato de que Yêda nunca, eu ‘disse’ nunca, sofreu algum acidente de carro, e o + incrível, nunca recebeu 1 multa sequer.

Tanto que tem sempre em seu carro, 1 honrosa placa entregue pelo Detran Alagoas confirmando e parabenizando pelo rarérrimo fato de ter seu prontuário exemplarmente limpo, sem nenhuma advertência ou punição.

E 2* levantamento de 1 seguradora, em 2018, apenas 15% de seus clientes que foram indenizados, eram mulheres. E, motivo de orgulho, de todos os estados, Alagoas no topo do pódio, no quesito “As motoristas + cuidadosas”. E prudentes, diferentemente dos homens, que se acham os ‘ases’ do volante e vivem promovendo ‘barbeiragens’ e imprudências. E o pior, graves acidentes e muitas mortes.

Além de amigo, sou fã de Yêda, e pego carona com ela, sem medo algum. Pelo contrário, sei que chegarei muito bem ao destino.

Postado por Felipe Camelo

Novérrima, aos 20 anos

21.05.2019 às 15:20
Numa exclusiva cena autorretrato, a anfitriã Andréa Farias e o arquiteto e curador Henrique Gomes

Movimento extra amanhã em Maceió, quando meus queridos da vida toda, Andréa & Fábio Farias, celebram os 20 anos de sucesso da Portobello Shop Maceió, apresentando nova loja de porcelanatos e revestimentos exclusivos.

Confirmando a importância da franquia em Alagoas, ilustres presenças de César Gomes Júnior, presidente do Grupo, e de Christiane Ferreira, sua diretora de Inovação e Branding, que dividirá conhecimentos e informações numa incrível conversa sobre tendências.

Além da abertura da exposição ‘Contemporaneidades’, reunindo 12 talentosos artistas plásticos, com curadoria do arquiteto e agitador cultural Henrique Gomes.

Nesta próxima 5a feira, matéria completa aqui no blog. Aguardem!!!

Postado por Felipe Camelo

Tinindo de novas

20.05.2019 às 17:52

Com apoio da Lei de Incentivo, Magazine Luiza promovendo a restauração de 3 das esculturas assinadas por Rogério Sarmento, que encantam Maceió afora. Nesta etapa, Zumbi dos Palmares, no Aeroporto, e a Diana do Pastoril, na avenida Dom Antônio Brandão, no Farol, que plenamente recuperadas, já estão em seus lugares de origem. Nesta 2a feira, o Chapéu de Guerreiro foi retirado da proximidade da Praça de Centenário e em poucos dias, estará de volta. A ação não foi anunciada, exatamente pra ver a reação das pessoas. Nas redes sociais, teve gente reclamando, afirmando que o poder público havia destruído das esculturas, e muitos comentários. Aproveitei e repercuti o link de matéria que postei aqui no blog, com informações sobre o projeto de recuperação das obras que já fazem parte da paisagem da cidade. Então, aqui, as 2 esculturas restauradas + o Chapéu que está indo pr’o ateliê de Rogério em Palmeira dos Índios. Com a ação do tempo, era fundamental este tratamento, que preserva estas referências da Cultura Popular Alagoana.

Postado por Felipe Camelo

Bens Culturais, Herança Social

17.05.2019 às 15:00
Festal 2018 - Del Cavalcanti

Em tempos de ameaças contra Educação e Cultura num Brasil com histórico de muitos talentos artísticos, qualquer ação neste sentido vale aplausos e participação. Então, hoje, aqui, informações do Festival de Artes Cênicas de Alagoas 2019, e, além de todos os benefícios e ganhos agregados, as atividades da programação são incrivelmente gratuitas. Até 30 de junho, dá tempo, e sobra, pra caprichar nas propostas de espetáculos e oficinas, se inscrever e participar. Assim, reproduzo na integra, release com detalhes, tudo bem explicadinho, pra não deixar dúvidas, assinado e enviado pelo jornalista e querido meu, Antônio Santos.

Festal seleciona projetos para edição 2019

Estão abertas as inscrições para a 5ª edição do Festival de Artes Cênicas de Alagoas – Festal, que seleciona, até o dia 30 de junho, propostas de espetáculos e oficinas para atuar em comunidades na cidade de Maceió. Ao todo, dez montagens de artes cênicas e cinco oficinas lúdicas farão parte do festival em 2019. Grupos e artistas de teatro, dança, performance, circo e contação de histórias podem acessar o edital e os formulários de inscrição no endereço http://festivaldeteatrodealagoas.blogspot.com/

Contemplado com o prêmio Algás Social 2018-2019, o 5º Festal acontece durante cinco semanas, entre os meses de setembro e outubro de 2019, em cinco bairros da capital alagoana, levando em conta a situação de vulnerabilidade social da população local, especialmente em termos de acesso de crianças e jovens a bens culturais. As ações contarão com apoio de ONGs e associações de bairro.

O festival é uma iniciativa de diferentes grupos e artistas alagoanos, reunidos com o intuito de promover um espaço de encontro entre a classe artística e o público de comunidades carentes em Maceió, bem como estimular a produção, o exercício da crítica e a articulação quanto às questões de políticas culturais n­­o Estado de Alagoas.

Mais informações

Site: http://festivaldeteatrodealagoas.blogspot.com/
E-mail: [email protected]
Facebook: /festal2017
Instagram: @festal2019

Postado por Felipe Camelo

“Rouxinol do Brasil”

16.05.2019 às 15:44
Bob Wolfenson/Cortesia

Com poder e suavidade na voz, sem dúvida, Dalva de Oliveira marcou época como 1 das + importantes cantoras do Brasil. E reconhecendo o talento da intérprete luso-brasileira, Eliana Pittman, Alaíde Costa, Claudete Soares e Márcio Gomes, em turnê com o incrível show “100 Anos de Dalva de Oliveira”, se apresentam às 8 da noite deste próximo domingo, 19 de maio, no Teatro Gustavo Leite, com estrelada produção de Silvana Valença & Sue Chamusca. Aqui, reproduzo release com todos os detalhes. Literalmente imperdível!!!

ESPETÁCULO 100 ANOS DE DALVA DE OLIVEIRA TERÁ APRESENTAÇÃO ÚNICA EM MACEIO

Show acontecerá no dia 19 de maio e reunirá no palco Eliana Pittman, Claudette Soares, Alaíde Costa e Márcio Gomes

Depois de enorme sucesso em São Paulo e no Rio de Janeiro, a turnê “100 anos de Dalva de Oliveira” realiza 4 apresentações em 4 capitais do nordeste. Maceió foi incluída no roteiro e a apresentação aqui será no dia 19 de maio, no Teatro Gustavo Leite - centro de Convenções. O espetáculo reúne no palco nomes consagrados da música brasileira, como Eliana Pittman, Claudette Soares, Alaíde Costa e Márcio Gomes.

Baseado no álbum homônimo, lançado ano passado, pela Biscoito Fino, com a participação de mais de 30 grandes artistas da música brasileira, o espetáculo reúne 4 grandes vozes da nossa música de diferentes estilos e gerações interpretando os clássicos do repertório da eterna estrela Dalva: a versátil e internacional Eliana Pittman, as divas da Bossa Nova Claudette Soares e Alaíde Costa, e o novo “Rei da Voz”, Márcio Gomes.

Com direção musical do pianista Alexandre Vianna, direção e roteiro de Thiago Marques Luiz (produtor do álbum) e produção executiva da Idearte Produções, de Amaury Junior, o espetáculo “100 anos de Dalva de Oliveira” reserva momentos de grande emoção e passeia por todos os estilos que foram imortalizados por Dalva de Oliveira; do samba canção ao samba exaltação, passando pelo bolero, pelo tango e até pelas marchinhas de carnaval.

Estão presentes clássicos como Ave Maria do Morro, Bandeira Branca, Máscara Negra, Kalú, Tudo acabado, Neste mesmo lugar, Errei sim, Hino ao Amor, Segredo e tantas outras músicas que estão no inconsciente coletivo do povo brasileiro desde as décadas de 50, 60 e 70.

ELIANA PITTMAN é uma das mais versáteis intérpretes da nossa música. Teve em seu pai, o renomado saxofonista Booker Pittman, a grande escola para uma carreira internacional que deu a ela o privilégio de cantar e gravar em mais de 30 países. Seus dois primeiros álbuns, ao lado do pai, gravados no início dos anos 60,  são referências modernas da bossa nova, do sambalanço e do Jazz.  Nos anos 70 revelou para o Brasil o carimbó, ritmo popular do Pará, que nos últimos anos voltou com força. Recentemente teve resgatado para lançamento em vinil e CD o registro inédito de um show com Booker na boate Porão 73, ainda nos anos 60, e prepara para este ano o lançamento de um novo álbum.

CLAUDETTE SOARES iniciou sua carreira nos anos 50 como “Princesinha do Baião”, apadrinhada pelo Rei do Baião, Luiz Gonzaga, mas foi com a Bossa Nova mesmo que estabeleceu sua carreira, quando no início dos anos 60 por sugestão de Ronaldo Bôscoli deixou o Rio e veio para São Paulo trazer o movimento, ao lado de outros artistas importantes.  Sua discografia elogiadíssima e editada em diversos países lançou César Camargo Mariano, Taiguara e tantas outras figuras da MPB. Nos anos 70, fez sucesso cantando músicas Roberto Carlos fez especialmente para ela, como “De Tanto Amor” e “Você”.  Seu trabalho solo mais recente é o álbum “Canção de Amor” sobre o universo do samba-canção e faz parceria com o jovem cantor pernambucano Ayrton Montarroyos no show “E Então...”, que também será lançado em disco esse ano.

ALAÍDE COSTA é uma das maiores damas da nossa música.  Começou cantando o repertório de Angela Maria e Dalva de Oliveira nos anos 50 e com o surgimento da Bossa Nova, sua voz suave e moderna encontrou no gênero uma de suas principais referências. Gravou discos importantes, inclusive o famoso “Clube da Esquina”, com Milton Nascimento. Lançou no ano passado um álbum ao vivo com Claudette Soares celebrando os 60 anos da Bossa Nova.

MÁRCIO GOMES é considerado o novo Rei da Voz. Com 15 anos de carreira, o jovem artista gravou 5 CDs e 2 DVDs e fez parcerias em palco e disco com artistas como Angela Maria, Cauby Peixoto e Agnaldo Timóteo.  Recentemente lançou CD e DVD com orquestra gravado ao vivo no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, cidade onde nasceu e onde está em cartaz há 5 anos com o show “Eternas Canções”, no Imperator, uma das mais importantes casas de show.

SERVIÇO

100 ANOS DE DALVA DE OLIVEIRA - Eliana Pittman, Claudette Soares, Alaíde Costa e Márcio Gomes

Local: Teatro Gustavo Leite 

Data: 19 de maio 

Abertura da casa: 20h 

Ingressos

Plateia: R$ 60 (meia) e R$ 120 (inteira)

Mezanino: R$ 50 (meia) e R$ 120 (inteira)

OBS: Pagam meia-entrada: professores, maiores de 60 anos, estudantes e pessoas com deficiência

Forma de pagamento: em dinheiro, debito ou crédito 

Vendas on line: www.suechamusca.byinti.com

Pontos de venda: 

Aimê Acessórios - Rua Mário de Gusmão, 507 - Ponta Verde

Acesso Vip  - Parque Shopping  - térreo

Acesso Vip  - Unicompra Farol  - térreo 

Info: 82 3235-5301 

Postado por Felipe Camelo

Brasil, ame-o e não deixe-o

15.05.2019 às 15:43
Felipe Camelo

Gente, esse presidente surtou geral e se assume “serial killer”. Impossível me conter. Ele quer matar o povo com os piores agrotóxicos; diminuindo imposto de cigarros; armando a população, inclusive crianças; tirando verbas pras pesquisas científicas e tecnológicas nas universidades; interrompendo acesso ao saber, educação e cultura; e quem não morrer, ainda tem os perigos no trânsito sem limites ou regras;  liberando geral as leis de segurança e saúde no trabalho; eliminando direitos trabalhistas; desmatando florestas eliminando índios pra plantar ou explorar mineração na Amazônia; diminuindo as punições pra crimes ambientais; privatizando parques e reservas; liberando a caça de animais silvestres, muitos em vias de extinção... agora, o filho que é deputado federal defende que o Brasil invista em armas nucleares. Quando acho que eles, a familícia bolsonárica, já fizeram o pior, eles se superam e ainda conseguem me surpreender. Confesso que, pra mim, é impossível concordar com alguma coisa vinda deles. Claro, óbvio, ululante, que não torço contra o povo nem contra o Brasil, pelo contrário. E na manhã desta 4ª feira, 15 de maio, me peguei emocionado, no meio de muita gente que, assim como eu, quer o país pacífico, evoluído, feliz, bem diferente do que se anuncia por vir. Quero o povo com igualdade de direitos e deveres, independentemente de classe social, raça, credo, sexualidade... e você???

Postado por Felipe Camelo


Felipe Camelo por Felipe Camelo

Felipe Camelo é jornalista formado no Rio de Janeiro. Em Alagoas, passou pelas principais redações de jornais e portais .Tem em sua história profissional a cobertura de vários eventos importantes festivos e culturais em Maceió e outras cidades. É um apaixonado por fotografia. Para Felipe, “fotografar significa congelar o tempo”.

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]