Dólar com. 5,328
IBovespa 1,70
02 de julho de 2020
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel 101 municípios ficam fora da segunda fase do plano de reabertura
23/06/2020 às 11h54

Blogs

Números que preocupam

OMS mostrou preocupação com a alta porcentagem de resultados positivos nos testes de Covid-19 no Brasil — na casa dos 31%.


O total de vidas perdidas no Brasil para a Covid-19 é de 51.407. O país chegou a 1.111.348 casos, apontou o último boletim do consórcio de veículos da imprensa. Nas últimas 24 horas, foram notificadas 748 mortes. A contagem de casos e mortes tende a desacelerar nos finais de semana e segundas, quando há um atraso nas notificações. O Ministério da Saúde mais uma vez deixou de fazer a entrevista coletiva para prestar esclarecimento sobre as ações relacionadas à pandemia.

A OMS mostrou preocupação com a alta porcentagem de resultados positivos nos testes de Covid-19 no Brasil — na casa dos 31%. Segundo a entidade, o número elevado indica baixa testagem e uma provável subnotificação de casos, já que a taxa média de positivos, em outros países, costuma ser de 17%. Segundo Michael Ryan, diretor do programa de emergências da OMS, a taxa em países com testagem em massa chega até a 5%, e "essa tendência não é um resultado de realizar vários testes".

Mais do que Espanha e França juntas. O percentual na cidade de São Paulo, segundo resultados preliminares do inquérito sorológico que a Prefeitura está fazendo, pode chegar a 9,5%.. Pelos resultados, cerca de 1,2 milhão de pessoas podem já ter sido infectadas.

No momento em que prefeitos e governadores têm flexibilizado as medidas de isolamento, 20 das 27 capitais têm visto o número de novos registros aumentar. A conclusão é fruto de um modelo estatístico desenvolvido por dois pesquisadores da USP que mede a velocidade da epidemia e como ela muda ao longo do tempo.

Segundo pesquisa publicada ontem pela Universidade de Oxford, oito das principais capitais brasileiras não estavam prontas para flexibilizar as medidas de isolamento social, embora "as políticas de resposta à Covid-19 tenham reduzido a mobilidade" dos habitantes.

Enquanto os casos crescem, a busca por testes rápidos também aumenta. Especialistas alertam que o único teste capaz de detectar a presença do novo coronavírus durante a infecção é o chamado RT-PCR, feito a partir de uma amostra respiratória do paciente com sintomas da doença e processado em laboratório.

E nossa imagem no exterior se deteriora. O jornal britânico The Independent colocou o Brasil no topo de uma lista de países que devem ser evitados por causa da pandemia do novo coronavírus.


*Com informações de O Globo, Estadão, Folha, G1, El Pais e UOL


Painel Opinativo por Opinião & Expressão

Espaço para postagens de opinião e expressão dos internautas

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]