Dólar com. 4.8785
IBovespa 0.58
22 de maio de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Serviço de bordo em voos nacionais começa a ser retomado neste domingo
28/03/2022 às 22h00

Blogs

Impulsos animalescos


Por Ilzinha Porto Maia

O jeito humano de agir normalmente através de impulsos animalescos, buscando solucionar os problemas. Sem resolução, criando comprometimentos eternizados e é preciso refletir nisso.

 Acredito q NENHUM humano deveria se achar DEUS e debochar da sanidade de outro, julgando-o, seja lá quem for. Não sabe o q poderá acontecer com sua vida no outro minuto, além, de deixar péssimo legado. Aliás, criou-se o costume na modernidade de que qualquer um à todo momento, acha-se no direito de falar o q bem quiser, usando inclusive da maledicência, instrumento afiado e cortante, pensando q será aplaudido pelo relato, infeliz.Exacerbando ao dar voz à sua opinião, desmedida e diria, uma face ainda nefasta no caminho evolutivo.

 Dizia minha bisavó Ilza, q “costume de casa vai à praça”, quando relatava ditado antigo, trazido para essa geração. Nos últimos dias, mulheres vêm sendo massacradas na era digital no Brasil inclusive com Oscar e tudo. Ao serem defendidas por seus companheiros, q resolvem através da violência.

 O primitivismo arraigado, busca na força o grito por justiça ao lavar a honra, do modo mais tosco. Violência não é resposta. Por outro lado, nunca será fácil conviver com alguém q tenha alopecia, distúrbios mentais ou qualquer distúrbio q tenha no exercício amoroso uma ampla compreensão. Ao referirem-se nisto, muitos, apunhalam feridas sangrentas com entrosamentos desastrosos, acionando como dispositivos, ativando o sistema nervoso dos que sentem-se melindrados e dispostos à serem machos em sua territorialidade. Apenas os que convivem sabem a dor do q vivenciam diariamente ao acompanharem sofrimentos de almas além de corpos, certamente, os outros podem imaginar ou supor.

 Quando o sofrimento é igualado para todos, vemos os que sobressaem-se fazendo o bem, a porta é estreita nesse sentido! Enquanto a humanidade não entender que é necessário colocar-se no lugar do próximo, isso sempre existirá. Acreditava sinceramente que depois dessa pandemia o ser humano seria melhor, falta o respeito, o exercício da tolerância e ensinamentos básicos. E, vejo com tristeza aberrações constantes entrando para a história.


Painel Opinativo por Diversos

Espaço para postagens de opinião e expressão dos internautas

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]