Dólar com. 4.9703
IBovespa 0.58
01 de março de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel STF adia julgamento sobre revisão da vida toda do INSS
22/08/2022 às 11h20

Blogs

Urna eletrônica é 'referência' para o continente, diz Uniore

Agência Brasil

O chefe da missão da União Interamericana de Organismos Eleitorais (Uniore), Lorenzo Córdova, afirmou semana passada que a urna eletrônica brasileira é uma “referência” para os países do continente americano.


A Uniore assinou um acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 2 deste mês e será uma das entidades internacionais que vão acompanhar o processo eleitoral no Brasil.

 
As urnas vêm sofrendo ataques sem provas e infundados do presidente Jair Bolsonaro. Nos últimos meses, ele tem insistido em levantar suspeitas, já desmentidas por autoridades, sobre o sistema eleitoral brasileiro e o mecanismo de apuração. Em resposta a Bolsonaro, políticos e sociedade civil saíram em defesa das urnas e da democracia.

 
Na avaliação de Córdova, que falou com jornalistas em Brasília, as urnas têm contribuído para a estabilidade democrática no Brasil.

 
“A urna eletrônica tem sido um ponto de referência para todo o continente. Sabemos que há questionamentos e estamos aqui para escutar todas as partes, para entender as fontes dos questionamentos”, afirmou Córdova.
Ele explicou que o objetivo da missão é observar a atuação das autoridades eleitorais brasileiras e contribuir para uma eleição democrática.

 
“A ideia desta missão é escutar todas as vozes, escutar os questionamentos que se fazem sobre a realização do processo, contribuir com a transparência, com elementos adicionais para a construção de uma eleição que cumpra os padrões de integridade eleitoral e, sobretudo, os princípios e valores democráticos”, declarou.

 
O mais esquisito dos ataques de Bolsonaro às urnas eletrônicas é que ele vem sendo eleito há vários mandatos para a Câmara Federal e em 2018 para a presidência da República, por um sistema que ele JURA ser falho, possível de fraude.  


Não lógica no argumento torpe de Bolsonaro e seus seguidores sobre o processo de votação eletrônica no Brasil, embora, convenhamos, na verdade, qual o discurso lógico já feito por Jair Bolsonaro como político? 


*Publicado como editorial na edição 61 da revista Painel Alagoas


Painel Opinativo por Diversos

Espaço para postagens de opinião e expressão dos internautas

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]