Dólar com. 4.9938
IBovespa 0.58
24 de fevereiro de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Vigilância Sanitária apreende 500 kg de produtos vencidos na Levada
03/12/2023 às 19h00

Blogs

Desastre anunciado

* Ilza Porto Maia

Não era nem nascida quando meu bisavô Caio mandou fazer panfletos pra distribuir na rua contra uma empresa q ia abrir em Maceió. Seu cunhado era o governador na época e ele brigou até com a irmã por conta disso. Anos depois, quando já estava com 3 anos fui levada pra passeata com minha mãe pra q não houvesse a sua duplicação. Até Porto particular teve direito, além de vivermos junto à um local q parece pior q uma usina nuclear!

São mais de 40 anos de erros continuados e carregado de permissividade, entrando governo e saindo, com isenções fiscais até dizerem q isso traria benefícios pra cidade. Resultado da ganância humana q não fez o q deveria ter feito! O maior acidente ambiental em um centro urbano continua em andamento com abalos sísmicos. Pessoas se suicidaram, famílias perderam referência de casas, amigos, a cidade ficou com área fantasma e toda ela comprada pela tal empresa! Somos massa, somos o paraíso das águas e somos infelizmente um local q agora aguarda a natureza buscar seu curso depois de ter sido tão detonada com o extrativismo do sal-gema.

Que isso sirva de exemplo para o mundo! Muitas vezes o melhor ofertado no momento não é tão bom ao longo dos anos. Estamos todos inseridos na lei de causa e efeito ou ação e reação. E é uma tristeza saber q uma lagoa, sempre fui apaixonada, pode ser ou não a qq momento inutilizada com um acidente ambiental de níveis e proporções inestimáveis! Não pensaram no turismo sem o extrativismo, nem pensaram nas famílias nativas, na população ao longo dos anos. Como efeito cascata q cogitam temerosos, também foi até chegarmos nessa situação! Aonde está a sustentabilidade tão falada nesses tempos ?! Aonde foram parar as responsabilidades dos órgãos responsáveis por esse dano jamais ocorrido em nenhum outro lugar do mundo? Cadê os lacradores?! Aonde estão os q vivem falando em preservação ambiental?

Ainda bem q novas gerações são diferentes, pensam em não jogar lixo no chão, são mais educados e pensam na terra mesmo com tantos ensinamentos errôneos infelizmente de outras gerações. Espero q nos organizemos para ajudar àqueles q precisarem, de pessoas aos animais se algo houver de pior, torço sinceramente pra q não ocorra!


Painel Opinativo por Diversos

Espaço para postagens de opinião e expressão dos internautas

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]