Dólar com. 5.2927
IBovespa -2.54
16 de janeiro de 2021
min. 24º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Juíza federal dá 24h para União e AM apresentarem plano para oxigênio
04/01/2021 às 20h27

Blogs

A nova política de JHC


A nova política de JHC

As urnas sacramentaram no segundo turno da eleição em Maceió, o deputado JHC (foto) como prefeito eleito da capital. Traz com ele o ex-governador e ex-prefeito Ronaldo Lessa de vice, e já garantiu uma boa composição na Câmara Municipal de Vereadores, à base dos antigos e bons acordos de cavalheiros. A mesma velha política de todos os tempos, sem tirar, nem pôr, embora JHC tenha vendido à população a candidatura da “nova política”.
Em todo caso, espera-se que a nova gestão cumpra as promessas de campanha, gerencie a cidade com responsabilidade, una os segmentos e promova os avanços que Maceió precisa. Sem palanques eleitorais, mi-mi-mi e ranços políticos.
Agora, a ordem é trabalho e compromisso.
E vamos às “mudanças”.


Os não-votantes
Pela pandemia da covid-19 ou pelo descrédito a políticos, o fato é que 164.739 eleitores de Maceió, de um universo de pouco mais de 550 mil, deixaram de votar no segundo turno da eleição deste ano. Nulos e brancos contabilizaram mais de 10%. O que isso significa, só o tempo poderá nos responder, mas é possível a leitura de que, em 29 de novembro passado, quase 200 mil maceioenses disseram não aos candidatos propostos para governar a capital alagoana.

Deputado federal
O advogado Pedro Vilela (foto) assumirá o mandato de deputado federal a partir de janeiro de 2021, na vaga de JHC que se elegeu prefeito de Maceió. Pedro foi deputado federal de 2015 a 2018 e é o primeiro suplente na chapa proporcional do PSDB, PSB e outros partidos na eleição passada. Diz que sua bandeira no parlamento será a mesma de sempre: o desenvolvimento de Alagoas e a qualidade de vida dos alagoanos.


*A Câmara Municipal de Vereadores de Maceió ganhou um vereador que conhece Maceió de ponta a ponta. João Gabriel trabalhou diretamente com o prefeito Rui Palmeira durante oito anos e acompanhou obra por obra em cada canto da cidade. Não será um opositor fácil à nova gestão, caso o Podemos, seu partido, siga na Casa como bancada oposicionista.  


*Aos que dizem ter “derrotado” os Calheiros e Rui Palmeira na eleição deste ano em Maceió, é bom lembrar que: Renan Filho é governador por mais dois anos, Renan Calheiros é senador por mais seis, e o resultado eleitoral de Maceió, independente de quem fosse o eleito, não mudaria os planos de Rui para a partir de 2021.


*A eleição para a presidência da Câmara de Vereadores de Maceió está acirrada: de um lado Galba Novaes, que já se tornou base do novo prefeito da capital; do outro, Olívia Tenório, mostrando a força da mulher. Em janeiro saberemos quem assume o comando do parlamento maceioense. 


Maceió turística
Na edição passada, a Painel Alagoas trouxe como Capa (foto) a retomada do turismo em Maceió. A capital alagoana preparada para receber 500 mil visitantes neste verão, com todas as precauções previstas contra a covid-19, com uma rede hoteleira praticamente já lotada para os próximos três meses. Está nesta edição, ainda, matéria sobre mulheres que se destacam no mercado de móveis classe A, Natal Luz de Gramado e uma reportagem sobre a moda, segundo Armani. 


*Publicado na coluna Palanque da edição 43 da revista Painel Alagoas


Painel Político por Redação

Notas e notícias sobre política e bastidores do poder

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]