Dólar com. 5.3377
IBovespa -0.68
27 de setembro de 2021
min. 24º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Setembro Azul: Pais abraçam projeto que ensina libras a alunos ouvintes através de vídeos
21/08/2021 às 15h53

Blogs

Renan Calheiros, o relator


PARA REFLETIR

O senador Renan Calheiros defendeu a convocação do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, para depor ao colegiado e chamou de “ridículo” o desempenho do general.

Renan Calheiros, o relator

O senador Renan Calheiros mais uma vez assume a condição de protagonista no Congresso Nacional, após algum tempo submerso desse papel, desde sua derrota na disputa para a presidência da casa, há dois anos. Hoje sua figura contraditória é a mais comentada na imprensa do país, superando os presidentes da Câmara e Senado. O senador alagoano de Murici, nasceu predestinado ao sucesso na política. Por onde passou, desde deputado estadual, federal, ministro e no longo período que reina no Congresso Nacional seu papel sempre está no topo.

Renan além de exímio articulador, tem um domínio da pauta política como poucos da história política contemporânea. Amado e odiado na mesma proporção, segue em frente colecionando mais vitórias do que derrotas.

A volta com a CPI

 Após seu período “sabático” emergiu como relator da CPI da Pandemia, para desgraça do presidente da República e sua camarilha apodrecida de acusações em todas as vertentes do crime. No seu estilo clássico de bater sem pena, tem liderado todos os lances da CPI conduzindo o colegiado a desvendar uma avalanche de falcatruas, praticadas por integrantes do governo e pelo próprio presidente Jair Bolsonaro. Os trabalhos da comissão vão se aprofundando e a cada lance aparecem novos indícios de fraudes, corrupção e crimes de responsabilidade.

Segundo fontes da própria CPI as provas colhidas já caberiam um processo de impeachment para deixar vago o palácio do planalto, mas o relator continua garimpando fatos e atos para o seu veredicto, que é aguardado por uma nação indignada e que já perdeu.

Relatório quase pronto 

A proporção que as atividades da comissão vão caminhando o relator vem preparando o seu relatório que segundo informações já está com mais de mil páginas, dividido por fatos e depoimentos colhidos e investigados. E o próprio Renan Calheiros diz: “Vamos trabalhar para tentar apresentar o parecer final na segunda quinzena de setembro. Eu não sei se conseguiremos, mas eu vou efetivamente me dedicar a isso”.

No relatório preliminar que está sendo redigido e que tive conhecimento de parte, muita gente as quais estão imputados crimes como, charlatanismo, prevaricação, advocacia administrativa, atuação contra a ordem sanitária e corrupção.

O papel da CPI

Não caberá aos membros da comissão punir os crimes apontados, nem tampouco ao relator. Aprovado o relatório com indiciamento daqueles que praticaram os mais variados crimes contra o povo brasileiro, esses deverão ser denunciados pelo Ministério Público e condenados Judiciário que não poderão virar as costas para a barbárie que contabiliza quase 600 mil mortes, por negligência, negacionismo e genocídio.

Procuradora “cientista”

A Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou, ao Supremo Tribunal Federal (STF), argumentos colocando em dúvida a eficácia do uso de máscaras contra a covid-19, e defendendo um suposto direito do presidenteJair Bolsonaro de comparecer em eventos públicos sem a proteção.

"Nesse contexto de incerteza sobre o grau de eficácia do equipamento, embora seja recomendável e prudente que se exija da população o uso de máscara de proteção facial", escreveu a subprocuradora-geral Lindôra Araújo,

Para a PGR, o presidente não cometeu nenhum ilícito durante a viagem. As aglomerações geradas durante o evento presidencial não teriam a ver com o presidente. Aí o gado segue...

Assunto encerrado

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, interrompeu um repórter ao ser questionado sobre o apoio do presidente Jair Bolsonaro à chamada PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do "voto impresso".  Lira respondeu que o assunto está "encerrado".

“Não vou tratar desse assunto porque esse assunto já está encerrado no Congresso”. Está correto Arthur Lira.

Capacitando desde o início

A Câmara dos Deputados aprovou esta semana Medida Provisória que determina que os órgãos e as entidades públicas deverão incluir em seus planos de capacitação ações para habilitar seus servidores a ocuparem cargos em comissão e aprovados em concurso.

Aqui em Alagoas essa prática de preparação de servidores oriundos de concursos públicos ou cargos de comissão já foi implementada pelo Instituto Cidadão, instituição especializada em formação de agentes públicos e tem sido aplicada com sucesso na administração.

O programa torna possível o servidor ao ingressar no serviço público, ter conhecimento das atribuições de seu cargo, deveres e direitos e receber um farto manancial de informações para o desenvolvimento de suas funções na administração.

Não para

Governador Renan Filho tem tido uma atuação impecável nesses tempos de pandemia. Não se descuida um momento de suas bases sólidas implantadas na saúde alagoana não deixando faltar. O contato com Brasília é permanente em busca de mais vacinas e insumos. Esta semana quando o país inteiro reclamava a fata de seringas e as vacinações paravam, por aqui não faltou nada, sem depender do Ministério da Saúde. Ontem em Palmeira dos Índios, o governador deu início a construção de um grande hospital, para atender a região Agreste. Aqui é assim, vão bem a saúde, a educação e as estradas para o povo viajar e escoar a produção. Quando se quer, se faz.

Pílulas do Pedro 

Na disputa para a OAB aparece o nome com força e apoios para ocupar o cargo de presidente. Vagner Paes.

Avaliação do secretário Alexandre Ayres está nas alturas. Não adianta discurso vazio para tentar desconstruir seu trabalho.


Pedro Oliveira por Pedro Oliveira

Jornalista e escritor. Articulista político dos jornais " Extra" e " Tribuna do Sertão". Pós graduado em Ciências Políticas pela UnB. É presidente do Instituto Cidadão,  membro da União Brasileira de Escritores e da Academia Palmeirense de Letras.

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]