Dólar com. 5.2675
IBovespa 0.58
28 de junho de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 35 milhões
30/05/2022 às 10h00

Blogs

De Brasília


Senadora Eudócia 

(BRASÍLIA) - Com o afastamento do senador Rodrigo Cunha, para cuidar dos interesses de sua campanha para governador, assumiu o mandato a Dra Eudócia Caldas, mãe do prefeito JHC e esposa do ex-deputado João Caldas, que busca retomar o mandato, nas próximas eleições. De família tradicionalmente política , com expressiva liderança na região, a nova senadora certamente desenvolverá sua atividade parlamentar com maestria e dará conta de extensa pauta no Senado Federal. Sua posse foi muito comemorada e saudada por seus pares no plenário. 

Samya Suruagy, a chefe 

A Procuradoria Geral de Justiça de Alagoas tem nova chefia. Com uma carreira pontuada de êxito, respeitada e admirada pela classe, assumiu o comando do órgão jurídico a procuradora Samya Suruagy do Amaral, que conduzirá as atividades da instituição durante o atual período governamental. 

A escolha do nome da nova chefe da PGE, reconhece seus méritos profissionais e atesta sua liderança junto a classe de procuradores. 

Ronaldo Lessa 

 Até o momento do fechamento da coluna o ex-governador e vice prefeito Ronaldo Lessa ainda não havia batido o martelo sobre sua candidatura ao Senado Federal. Lessa com uma história política de vitórias e derrotas é , sem dúvida, um expressivo nome agregador de votos e apoios, na capital e no interior, Sua credibilidade eleitoral foi desdenhada por seus companheiros de relações políticas, que desconsideraram seu nome para a coligação majoritária, liderada por Arthur Lira, Rodrigo Cunha e o prefeito JHC. 

Cometeram um equívoco enorme, pois o nome de Lessa poderia robustecer a chapa majoritária caso estivesse na posição de vice-governador ou Senador. Coisas da política. 

Bolsonaro perdeu 

Partido Liberal (PL), nova sigla do presidente  Jair Bolsonaro, foi contra a indicação do Palácio do Planalto e aprovou outro representante para a disputa ao cargo de vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados. O nome preferido por Jair Bolsonaro era o do deputado Major Victor Hugo (PL-GO). 

A bancada do PL, no entanto, aprovou conta a vontade do presidente o deputado Lincoln Portela (PL-MG), que teve 21 votos e contra 19 de Vitor Hugo. 

O Palácio do Planalto sinalizou a insatisfação do presidente diante da preterição do nome do seu candidato. 

Capitão do mato 

Durante a sessão plenária esta semana, o ex-vice presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PSD-AM), subiu na tribuna para comentar de sua destituição do cargo, determinada na véspera pelo presidente  Arthur Lira (PP-AL). Minutos depois, em coletiva de imprensa, afirmou que Lira atua como agente do presidente Jair Bolsonaro (PL) para abrir espaço ao autoritarismo no poder legislativo. 

"É uma interferência muito perigosa. O presidente [Bolsonaro] já deixou claro o seu desejo de interferir no Supremo Tribunal Federal (STF), e agora voltou suas garras antidemocráticas ao parlamento brasileiro. Infelizmente, achou alguém disposto a estender o tapete para essa entrada do autoritarismo pela porta desta Casa", declarou. Ramos atribui a Jair Bolsonaro a sua destituição, uma vez que este manifestou ter sido autor da ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que a vice-presidência da Câmara voltasse ao PL. 

Simone Tebet sem Alagoas 

A Executiva Nacional do MDB aprovou, depois de muitos questionamentos   a aliança do partido com a terceira via e a indicação do nome da senadora Simone Tebet (MDB-MS) como pré-candidata do partido à Presidência. Apenas os diretórios de Alagoas, Ceará e Paraíba não sinalizaram apoio à candidata do partido. 

Com a força política do senador Renan Calheiros e do MDB, certamente a candidata Simone Tebet vai ter poucos votos em Alagoas, que serão carreados para o candidato petista, Lula da Silva. 

Não se sabe ainda se o PSDB local vai apoiar a candidatura de Tebet, caso a aliança seja consumada a nível  nacional. 

Pílulas do Pedro 

Em Brasília muito se comenta na reviravolta que vai acontecer na política de Alagoas 

Enquanto os outros brigam, candidatura de Rui Palmeira está crescendo e cada dia com mais adesões


Pedro Oliveira por Pedro Oliveira

Jornalista e escritor. Articulista político dos jornais " Extra" e " Tribuna do Sertão". Pós graduado em Ciências Políticas pela UnB. É presidente do Instituto Cidadão,  membro da União Brasileira de Escritores e da Academia Palmeirense de Letras.

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]