Dólar com. 5.6093
IBovespa -3.39
28 de novembro de 2021
min. 24º máx. 33º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Música clássica, MPB e afoxé povoam cultura no Jaraguá
22/09/2021 às 11h00

Blogs

A vergonha brasileira na ONU

O presidente Jair Bolsonaro levou à Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) o Brasil que ele mostra em seu cercadinho em Brasília, um país “fake news”. E o mais grave, um país que trata uma pandemia do porte da covid-19, com ineficaz tratamento precoce, à base de uma medicação que comprovadamente mata, em vez de salvar, quem tem problemas cardíacos, a tal da cloroquina.

Em seu discurso, celebrou o fato de o Brasil não exigir atestado de vacinação, na contramão de todas as Nações que ali estavam representadas, mentiu sobre a inflação na economia brasileira e sobre o desmatamento da Amazônia.

Agrediu governadores e prefeitos que adotaram medidas restritivas eficazes contra a circulação do coronavírus.

Estarreceu a mídia e os governos internacionais com sua postura grotesca autoritária em desfavor da vida e do meio ambiente no Brasil.

Em resumo: foi à ONU fazer o Brasil passar vergonha internacionalmente.

E ainda deixa lá, em quarentena, seu ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que testou positivo para a covid, junto com outro integrante da comitiva brasileira também infectado.

“Que cocê foi fazer na ONU, Jair Bolsonaro?”


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]