Dólar com. 4.7295
IBovespa 0.58
28 de maio de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar até R$ 1 mil do FGTS
21/12/2021 às 08h40

Blogs

Quem salva nossas crianças do negacionismo bolsonarista?


Quantas crianças deveriam ter morrido por causa da covid-19 para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, entender que elas devem ser vacinadas?

Dados da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 indicam que, desde o início da pandemia até o último dia 6, 1.449 crianças de 0 a 11 anos morreram de covid, sendo que 301 óbitos são da faixa de 5 a 11 anos. 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as sociedades médicas brasileiras e a Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI Covid-19) recomendam a vacinação de crianças de 5 a 11 anos, mas o governo federal resiste em incluir o público pediátrico na campanha de vacinação contra o novo coronavírus. 

Queiroga segue a orientação negacionista à vacina do chefe, Jair Bolsonaro, para atrasar ao máximo que puder o direito à imunização das crianças brasileiras. Ao ponto de afirmar que o número de mortes de menores de 12 anos no Brasil é pequeno: “O principal é a segurança. No ano de 2021, considerando o pico, quando houve 4 mil óbitos, crianças de 5 a 11 anos (foram) menos de 150. Não que eu esteja menosprezando, cada vida é importante".

A segurança é a vacina, ministro! Urgente, por favor.


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]