Dólar com. 5.5165
IBovespa 0.58
18 de janeiro de 2022
min. 24º máx. 29º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel Boletim Covid-19: Alagoas registra 416 novos casos e duas mortes
06/01/2022 às 09h40

Blogs

A irrelevância (?) de Dilma na pauta do PT


A ex-presidente Dilma Rousseff não teria mais um papel eleitoral no PT, segundo o vice-presidente nacional do partido, Washington Quaquá, cutucando a ala feminina do Partido dos Trabalhadores.

É provável que Quaquá tenha razão.

Mas aferir agora essa tese não traz nenhum benefício para o debate político da legenda, nem interno, nem externo. Ao contrário, expõe muito cedo uma ferida que lá para mais tarde, talvez, até passe despercebida.

Dilma não está na berlinda.

A Secretaria Nacional de Mulheres do PT publicou uma nota defendendo a ex-presidente e reforçando o papel e a relevância de Dilma dentro e fora do partido. Embora não cite nomes, a nota afirma que “cabe aqui também fazer um debate sobre a régua em que se mede a relevância de um quadro político, que não é apenas o resultado eleitoral. Se assim o fosse, a ‘irrelevância eleitoral’ de Dilma, que foi eleita duas vezes presidenta, obteve 15% dos votos ao senado em Minas Gerais, seria a mesma que outros quadros petistas homens, historicamente importantes”.

A presidente do PT e deputada federal Gleisi Hoffmann (PR) foi ao Twitter afirmar que a ex-presidente é importante e orgulha o partido.

E nas redes sociais, Quaquá recebeu críticas e acusações de misoginia e machismo.

Agora, Dilma ganhou na legenda o holofote que tinha perdido desde que foi derrotada ao Senado no estado de Minas Gerais. 

E essa posição agora pode trazer futuras inconveniências para o PT, porque, na prática, a presença de Dilma numa eleição hoje atrapalha mais do que ajuda.

Quaquá perdeu o time e dar relevância eleitoral à Dilma neste momento não fará o PT ganhar absolutamente nada.

Ao contrário, pode até perder.


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]