Dólar com. 4.9703
IBovespa 0.58
01 de março de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel STF adia julgamento sobre revisão da vida toda do INSS
04/10/2022 às 08h40

Blogs

A caçada dos votos no segundo turno

Lula e Bolsonaro vão à caça de 15 milhões de pessoas que nesse primeiro turno das eleições anularam o voto, votaram em branco, ou fugiram da polarização e votaram em outros candidatos. 

Para entender a base de largada de cada um deles, Lula venceu o primeiro turno com 57,2 milhões de votos, contra 51 milhões de Bolsonaro (48,4% a 43,2%). Isso dá 91,6% dos votos válidos. 

Anularam o voto 3,4 milhões de eleitores (2,8%), enquanto 1,9 milhão (1,6%) votaram em branco. Os eleitores que furaram a polarização votando em outros candidatos — principalmente em Simone Tebet (MDB) e Ciro Gomes (PDT) — somaram 9,9 milhões.

 No total, cerca de 15 milhões de pessoas estão, em tese, "disponíveis" para o flerte dos dois finalistas — pouco mais de 12% do eleitorado que compareceu às urnas no último domingo, dia 02.

Não será uma caçada fácil, nem para um, nem para outro, mas uma coisa é certa, a conquista de cada um desses votos depende mais do discurso conciliador do que o da intolerância política, além, claro, do exército de base que os dois tenham nessa guerra.

Nisso, Bolsonaro entra com vantagem: a direita se espalhou  no eleitorado brasileiro.


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]