Dólar com. 5.1031
IBovespa 8
18 de maio de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel MS lança edital do Programa Mais Médicos com 60 vagas em Alagoas
01/12/2022 às 08h13

Blogs

A vingança do derrotado

Arquivo Pessoal

Ao ver seu (ex) aliado Arthur Lira (PP) se bandear para os petistas e lulistas atrás de apoio para sua reeleição à presidência da Câmara dos Deputados, o presidente Jair Bolsonaro (PL) mandou suspender o pagamento das emendas do orçamento secreto. 

A estratégia é para que Lira fique sem condições de cumprir acordos com os parlamentares que estão apoiando sua reeleição. 

Atualmente, ele tem o apoio de dez partidos políticos.

Segundo o Estadão, dos R$ 16,5 bilhões reservados para o orçamento secreto neste ano, R$ 7,8 bilhões não foram liberados e estão bloqueados pelo governo federal.

O que Bolsonaro esperava de Arthur Lira após a derrota? Que ele fosse para a frente de algum quartel militar protestar contra o resultado da eleição? Lira está com quem está no poder, sua trajetória mostra isso e não seria diferente agora.

Mas uma coisa é certa, Bolsonaro vingou-se no ponto chave das negociações: liberação de recursos ainda neste ano!

Em tempo: nos dois anos de novo mandato, o Congresso Nacional terá em mãos R$ 33 bilhões. O orçamento secreto foi duramente criticado pelo ex-presidente Lula na campanha, mas agora, o tema foi abandonado, ninguém fala mais sobre isso.


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]