Dólar com. 5.6093
IBovespa -3.39
28 de novembro de 2021
min. 24º máx. 30º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Música clássica, MPB e afoxé povoam cultura no Jaraguá

Blogs

CNBB: “discurso medíocre e odioso”

18.10.2021 às 08:40


Não ficou sem resposta o discurso de ódio do deputado bolsonarista Frederico D’Ávila (PSL-SP) contra a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o bispo Dom Orlando Brandes e o Papa Francisco, quinta-feira passada, 14, na Assembleia Legislativa de São Paulo. 

Os sacerdotes e a CNBB foram atacados por conta de uma fala do arcebispo de Aparecida (SP), Dom Orlando Brandes, criticando o armamento civil. Frederico D’Ávila reagiu com um discurso inflamado, referindo-se a eles como “vagabundos”, “safados” e “pedófilos”. 

Em carta aberta ao presidente da Casa Legislativa de São Paulo, deputado Carlão Pignatari (PSDB), a CNBB pede “imediata e exemplar correção pelas instâncias competentes” e qualifica o discurso como “medíocre e odioso, carente de lucidez, modelo de postura política abominável que precisa ser extirpada e judicialmente corrigida pelo bem da democracia brasileira”.

A carta é assinada por Dom Walmor Oliveira de Azevedo, Arcebispo de Belo Horizonte (MG), atual presidente da CNBB; Dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre (RS), 1º Vice-Presidente; Dom Mário Antônio da Silva, Bispo de Roraima (RR), 2º Vice-Presidente e Dom Joel Portella Amado, Bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ), Secretário-Geral.

Agora é aguardar para saber se Pignatari adotará alguma atitude ou lavará as mãos como Pilatos.

Postado por Ponto Final

O ódio bolsonarista chega ao Papa Francisco e à CNBB

17.10.2021 às 10:20
Assessoria


O discurso do ódio na política atingiu agora o Papa Francisco, a CNBB e o arcebispo da cidade de Aparecida, Dom Orlando Brandes.

O deputado bolsonarista Frederico D’Avila (PSL-SP) usou a tribuna da Assembleia Legislativa de São Paulo, quinta-feira passada, 14, para atacar quem não segue e quem critica o seu ‘mito’ Jair Bolsonaro.

“Seu safado da CNBB dando recadinho para o presidente [Bolsonaro], para a população brasileira, que pátria amada não é pátria armada. Pátria amada é a pátria que não se submete a essa gentalha. (…) Seu vagabundo, safado, que se submete a esse papa vagabundo também. A última coisa que vocês tomam conta é do espírito, do bem-estar e do conforto da alma das pessoas. Você acha que é quem para ficar usando a batina e o altar para ficar fazendo proselitismo político? Seus pedófilos safados, a CNBB é um câncer que precisa ser extirpado do Brasil. ”, vociferou o parlamentar.

O vídeo com a fala odienta do deputado D’Avila circula mundo a fora.  Uma vergonha para a política do Brasil.

Em tempo: sim, sim, há quem aplauda o destempero da violência bolsonarista com “mérito”, seja ela contra quem quer seja contrária ao que fala Jair Bolsonaro. E dela não escapa nem o Papa, certamente, nem Jesus, se fosse o caso!

Vai vendo, Brasil!

Postado por Ponto Final

Antiguidade no MPE leva Marluce Caldas ao cargo de Procuradora de Justiça

15.10.2021 às 15:36

Por antiguidade no Ministério Público do Estado de Alagoas, Marluce Caldas foi promovida à Procuradora de Justiça, no 2.º cargo da Procuradoria de Justiça Criminal de 2.ª instância, em portaria publicada em setembro passado.

Com 35 anos de carreira no MPE, Marluce Caldas foi a primeira mulher na promotoria pública a participar de um júri popular em Maceió e é a terceira a assumir o cargo de procuradora em Alagoas. Passou por todas as áreas da promotoria, tendo se notabilizado pelo seu trabalho no Trânsito e na Infância.

Foi também secretária de Estado duas vezes, uma no governo Ronaldo Lessa na pasta de Geração de Empregos, e outra, no governo Teotonio Vilela, na pasta da Mulher, Cidadania e Direitos Humanos.

A posse da nova procuradora acontecerá no próximo dia 22 deste mês de outubro, às 16h, no Tribunal de Contas do Estado.

Postado por Ponto Final

Pátria amada, não Pátria armada

13.10.2021 às 11:20


No Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, a homilia ontem do arcebispo da cidade que leva o nome da santa em São Paulo, Dom Orlando Brandes, criticou o negacionismo à ciência, o armamentismo e fake news.

Segundo o arcebispo, para o Brasil "pátria amada não pode ser pátria armada".

"Para ser pátria amada, seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news. Pátria amada sem corrupção. E pátria amada com fraternidade. Todos irmãos construindo a grande família brasileira. “Mãe Aparecida, muito obrigado porque na pandemia a senhora foi consoladora, conselheira, mestra, companheira e guia do povo brasileiro que hoje te agradece de coração porque vacina sim, ciência sim e Nossa Senhora Aparecida junto salvando o povo: brasileiro".

O presidente Jair Bolsonaro chegou ao local por volta das 13h30 para celebração da missa das 14h, e foi recebido sob vaias, gritos de "genocida" e aplausos de seus apoiadores que estavam no local para participar da cerimônia.

De máscara, Bolsonaro comungou e participou da consagração da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Depois do encerramento da missa, o presidente subiu no altar e tirou uma foto com o arcebispo Dom Orlando Brandes. 

Agora é torcer para que o gabinete do ódio não inclua o arcebispo na lista de “comunistas”. E para que as palavras dele de paz e de vida, toquem o coração dos que confundem “desumanidade” com ideologia política. 

Oremos.

Postado por Ponto Final

Deu ruim para Camargo.

12.10.2021 às 10:40

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, está afastado da gestão de pessoas no órgão, por decisão do juiz Gustavo Carvalho Chehab, da 21ª Vara do Trabalho de Brasília, com multa de R$ 5 mil ao dia em caso de descumprimento, publicada segunda-feira, dia 11.

Em tese, Camargo senta na cadeira da presidência, mas sem autoridade, e muito menos legitimidade, para demitir, suspender, punir qualquer servidor da Fundação Palmares. Camargo também foi proibido, em caráter cautelar, de realizar manifestações em redes sociais, nos perfis da Fundação e nos dele, em desfavor de trabalhadores, ex-trabalhadores, testemunhas da ação, representantes da Justiça e imprensa.

Deu ruim para Camargo.

A ação foi movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), que pedia o afastamento de Camargo do cargo por denúncias de assédio moral, perseguição ideológica e discriminação contra funcionários da fundação.

O que diz Camargo? "Todas as denúncias são fake. O MPT não tem autoridade para investigar servidores ou pessoas em cargos comissionados, pois somos regidos pelo estatuto, não pela CLT. As acusações partiram de militantes vitimistas e traíras. Há duas cartas públicas em minha defesa assinadas por todos os servidores da Palmares".

A bem da verdade, fake é Camargo na condução da Palmares, um negro contrário ao movimento negro, que segundo ele é “deletério”.

Vai vendo, Brasil!

Postado por Ponto Final

Os “paninhos” de Alê Silva em “mimimi” bolsonarista

11.10.2021 às 09:40

A deputada federal Alê Silva (PSL/MG), que se define como “conservadora”, diz que as críticas ao veto do presidente ao projeto que previa a distribuição gratuita de absorventes íntimos para estudantes de baixa renda de escolas públicas e pessoas em situação de rua ou de vulnerabilidade extrema, são “mimimi”, e sugeriu às mulheres que não têm condições de comprar o produto que usem “paninho” no lugar dele.

“Sou do tempo em que usávamos paninhos, que a cada mês eram lavados e passados para serem novamente usados. Não tinha mi, mi, mi, aínn o governo tem que me dar, escreveu a deputada no Twitter. “Por que em 13 anos de PT nunca houve a distribuição "gratuita "de absorventes? Por que apenas dois países no mundo aderiram à prática?", emendou a parlamentar.

Se aos 47 anos de idade, a deputada bolsonarista usava paninhos em sua adolescência ao contrário dos absorventes íntimos, era uma opção dela, certamente, nunca uma necessidade! Convenhamos! Os absorventes íntimos começaram a ser produzidos no Brasil em 1945, já o  o.b., primeiro absorvente interno lançado no País, chegou às prateleiras em 1974. Ou seja, Alê Silva, que nasceu em 1974, não tinha como não conhecer a existência do produto desde que começou a menstruar.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 4 milhões de mulheres vivem sem acesso a itens mínimos de cuidados menstruais nas escolas no Brasil. A dificuldade para comprar esse tipo de produto tem sido chamada de pobreza menstrual. Ainda segundo a ONU, uma em cada quatro jovens brasileiras falta às aulas no período menstrual. Elas perdem cerca de 45 dias letivos por ano.

A tendência é que o congresso nacional derrube o veto do presidente.

Aleluia!

Em tempo: A deputada Alê Silva pode continuar a usar seus paninhos, lavá-los e passá-los mensalmente, é bem o “mimimi” que a falta de noção nas políticas públicas para mulheres representa no atual governo.

A posição da deputada não é conservadorismo, é desumanidade.

Vai vendo, Brasil!

Postado por Ponto Final

Lula 2022 e Ciro em Londres no 2º turno

09.10.2021 às 09:40


O ex-presidente Lula pavimenta seu caminho de volta ao Planalto em articulações partidárias. Jantou essa semana com o MDB em Brasília, mas a legenda, que tem a senadora Simone Tebet como pré-candidata, não fechou de primeira a aliança desejada pelo petista.

No jantar, emedebistas questionaram Lula sobre a terceira via e Ciro Gomes. 

O ex-presidente comentou não acreditar na viabilidade de uma terceira candidatura à presidência da República em 2022, e nem em um possível apoio de Ciro a ele em um segundo turno. Segundo Lula, “na hora h, Ciro vai para Londres e não apoia ninguém”. O petista justificou assim sua impressão sobre Ciro Gomes: “Ele (Ciro) tem sido muito agressivo comigo, e isso cria um caminho sem volta”.

Lula pode estar certo sobre Ciro, mas não pode subestimar a chamada terceira via, mesmo que ele e Bolsonaro continuem alimentando a polarização entre esquerda e direita, o que só beneficia a ambos.

Porém, um  nome novo, numa candidatura estrutura no marketing e no diálogo com o país, pode, no mínimo, atrapalhar um dos dois, e Lula sabe que nessa conta ele é quem tem mais a perder, pelo menos no primeiro turno da eleição.

Mas a passagem por Brasília não foi em vão.

Lula praticamente selou o apoio do PSB e deixou o PSD amarrado para um eventual segundo turno contra Jair Bolsonaro.

(Com informações do Blog de Denise Rothenburg)

Postado por Ponto Final

Veto a absorventes vai à ONU

08.10.2021 às 10:00


O Congresso Nacional aprovou projeto de lei que institui a distribuição de absorventes femininos a jovens e mulheres em situação de vulnerabilidade, e o presidente Jair Bolsonaro vetou. Agora, esse veto será levado pelo partido político PSOL a questionamento na Organização das Nações Unidas (ONU).

O PSOL alega que o veto é “desumano” e que o governo brasileiro tem falhado em proteger mulheres de discriminação e violência. 

A distribuição gratuita de absorventes seria a mulheres em situação de vulnerabilidade extrema, em situação de rua, presidiárias, internadas em unidades socioeducativas e estudantes de baixa renda de escolas públicas. 

Também fica de fora a medida que incluía absorventes femininos nas cestas básicas distribuídas pelo Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.

Ou seja, saúde pública e proteção a mulher é zero no governo de Bolsonaro.

A mensagem do PSOL foi encaminhada para a Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, a ex-presidente chilena Michelle Bachelet, e pede que a ONU se manifeste em favor da derrubada do veto, que será analisado pelo Congresso Nacional.

A desumanidade do governo brasileiro na gestão de Jair Bolsonaro tem ultrapassado fronteiras e mostrado lá fora uma Nação comandada por uma política desconecta com os avanços sociais já alcançados em vários outros países.

Lamentavelmente. 

Em tempo: Para o veto, Bolsonaro alega "contrariedade ao interesse público e inconstitucionalidade", além de não definir de onde seria retirado o recurso para custeio das medidas. 

Sem comentários, sobretudo para “contrariedade ao interesse público”. 

Já de onde sairá o dinheiro para custear os absorventes, talvez fosse prudente o governo reduzir o gasto com churrascos promovidos nas Forças Armadas, as viagens para campanha eleitoral do presidente, e “coisitas” e tal...

Postado por Ponto Final

Disputa pela OAB tem primeira chapa registrada

07.10.2021 às 09:40
Assessoria


Já tem chapa registrada para a disputa à seccional Alagoas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). É a “OAB com você”, com 86 integrantes, liderada pelos advogados Ednaldo Maiorano e Manuela Gatto.

Maiorano é o atual presidente da Caixa de Assistência dos Advogados, advogado da área trabalhista há 25 anos. Manuela é professora universitária, advogada da Vara de Família. A chapa tem o apoio do atual presidente da OAB alagoana, Nivaldo Barbosa, e da conselheira federal Fernanda Marinella.

A eleição está prevista para o próximo dia 19 de novembro.

Postado por Ponto Final

Dos resultados da CPI da Covid, lição ao futuro

06.10.2021 às 09:20


Do senador Renan Calheiros (MDB), relator da CPI da Covid-19:

“CPI tem inegáveis resultados: fez acelerar a vacinação, abortou a compra de 2 imunizantes superfaturados e implodiu o contrato pornográfico entre ministério da Saúde e a VTCLOg. Diante do limite de tempo, essa é uma investigação que deve prosseguir nos canais tradicionais”. 

Ou seja, mesmo que ninguém pague a conta pela omissão à vacina no tempo certo e pelos 599 mil óbitos causados pelo coronavírus no país, ainda há o que se comemorar pelos trabalhos da comissão.

E fica a lição que o futuro desta Nação há de aprender: negar a ciência é negar a vida.

Essa é a última semana de depoimentos à CPI, nos próximos dias o senador Renan Calheiros apresentará seu relatório para votação ao colegiado e, depois, ao plenário da Casa.

Postado por Ponto Final


Ponto Final por Redação

 Blog Político

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]