Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
14 de outubro de 2019
min. 23º máx. 31º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel MP requer ao Judiciário que afaste novamente Arnaldo Higino do cargo de prefeito
11/07/2019 às 12h56

Cultura

Prefeito Rui Palmeira lança edital do Audiovisual de Maceió

Rui Palmeira parabeniza os profissionais da área audiovisual e fala do empenho da Prefeitura por projetos culturais. - Pei Fon/ Secom Maceió

Luz, câmera, ação. O prefeito Rui Palmeira e o presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac), Vinícius Palmeira, foram os protagonistas de um momento muito aguardado por quem faz audiovisual em Maceió. Na manhã desta quinta-feira (11), eles lançaram o Edital do Audiovisual – Maceió 2019, iniciativa que irá destinar ao segmento R$ 6 milhões a partir de uma parceria com a Agência Nacional de Cinema (Ancine).

Com o edital, a Fundação irá viabilizar a produção de 12 curtas-metragens, três longas-metragens, três festivais nacionais de cinema, oito cineclubes e três telefilmes, além de garantir ações de capacitação voltadas ao segmento.

Segundo Rui Palmeira, desde o primeiro ano de gestão, a Prefeitura tenta fazer investimentos por meio de editais que beneficiem artistas locais. “A maior parte dos recursos vem da Ancine. Foi um trabalho e uma luta árdua de Vinicius Palmeira e agora pudemos fazer o lançamento do edital. Hoje tivemos a honra da presença do cineasta Cacá Diegues, que é de Maceió, mas também um cidadão do mundo e certamente vai inspirar as novas gerações de cineastas alagoanos”, disse o gestor.

O prefeito de Maceió ainda destacou que o edital beneficiará a economia local. “Essa é a chamada economia criativa, por trás do cineasta tem dezenas de profissionais que trabalham por trás das câmeras, então, são muitas pessoas que serão beneficiadas com esses recursos. Ficamos muito felizes de ter uma nova e talentosa geração fazendo cinema em Alagoas”, ressaltou.

De acordo com o presidente da Fmac, Vinícius Palmeira, esse será o maior investimento da história da produção cinematográfica de Maceió. “O edital representa a alavancagem do setor. Estamos felizes por ser algo que plantamos e que nos atravessará, pois a gestão acaba em um ano e meio, e os filmes serão vistos, principalmente, os longas, daqui a dois anos. Nos sentimos muito recompensados por deixar a cidade com esse tipo de preparação e impulso para uma área que absorve muitos recursos e que oportunidades como essas que possibilitam que eles cheguem a Maceió”.

De acordo com o edital, o valor disponível para aprovação de projetos culturais será distribuído conforme as seguintes categorias e montantes: três longas-metragens, R$ 3.600.000,00; três telefilmes, R$ 600.000,00; dois curtas/médias-metragens A, R$ 190.000,00; cinco curtas/média-metragem B, R$350.000,00; cinco curtas/médias-metragens C, R$ 250.000,00; dois festivais A, R$ 500.000,00; um festival B, R$ 100.000,00; quatro capacitações, R$ 200.000,00; e oito Cineclubes, R$210.000,00.

“Sem dúvida nenhuma, cultura e turismo andam juntos. Hoje, o turista moderno quer identidade, quer cultura, quer o que é original e autêntico dos destinos turísticos e Maceió é um prato cheio de cores e sabores. Esse edital, que é uma sequência de entregas da Fmac, privilegia artistas locais com produções que serão eternamente lembradas”, disse o secretário municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Jair Galvão.

Para o presidente do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC), Felipe Guimarães, o edital democratiza e amplia o acesso dos realizadores audiovisuais da cidade. “O audiovisual é uma arte ampla. As artes cênicas, a música e as artes visuais estão envolvidas. O edital que vai dar oportunidade de trabalho de realização para vários profissionais da cultura. É muito importante que nesse momento de tentativa de desmonte da cultura no país como um todo, termos um edital como esse, que usa recursos gerados pelo cinema para dar tela, luz e voz para quem trabalha com audiovisual na cidade poder contar suas histórias”, afirmou.

“Alagoas tem uma vocação cinematográfica e audiovisual muito grande e pode começar a realizar isso agora com esses editais. Tenho um interesse pessoal muito grande, pois quero me mudar de vez para Alagoas e viver de cinema aqui. Então espero que tudo dê certo e seja o início de uma fase muito fértil para o cinema em Alagoas”, disse o cineasta Cacá Diegues.

O cineasta de Maceió Henrique Oliveira comemorou mais um edital lançado pela Prefeitura. “Não é o primeiro edital que temos mas, em volume de aporte, é o maior e vai financiar uma série de categorias. Ele vai ajudar para que o estado continue a ter mais projeção no audiovisual alagoano, que já se destaca em vários festivais nacionais. O edital vai ajudar a expandir o volume de produção do setor, o tamanho da cadeia produtiva”, destacou.

Inscrições

As inscrições das propostas deverão ser realizadas pelos proponentes, ou seus representantes legais, de acordo com o cronograma específico para cada categoria do edital, de segunda a sexta-feira, 08h às 14h, na sede da FMAC, situada na Avenida da Paz, nº. 900, Jaraguá, Maceió/AL.

O Edital, seus anexos e o formulário de inscrição estarão à disposição dos interessados no seguinte endereço eletrônico: http://www.maceio.al.gov.br/edital-do-audiovisual/, e em sua sede para consulta, até o dia 19 de Setembro de 2019. Para atendimento aos interessados e esclarecimentos de dúvidas, fica disponibilizado o telefone  (82) 3221-2090.


Fonte: Secom Maceió

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]