Dólar com. 5,347
IBovespa 2,05
09 de julho de 2020
min. 22º máx. 27º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Marechal Deodoro se destaca por baixo número de mortes por Covid-19 entre cidades metropolitanas
08/11/2019 às 10h51

Cultura

Programação da sexta-feira na Bienal terá apresentação de corais, palestras e oficinas de dança

As atividades são gratuitas e acontecem durante todo o dia

O final de semana se aproxima e nesta sexta, oitavo dia da 9° Bienal Internacional do Livro, a programação oferece diversas atrações e atividades para o público. A feira de livros continua no Espaço Armazém. No Pavilhão das Oficinas, a manhã será iniciada com a  mesa-redonda As muitas expressões do feminismo jurídico: teorias e vivências com Elaine Cristina Pimentel Costa de 10h às 13h na sala 2. Na sala 1 do mesmo prédio, de 14h às 16h será realizada a palestra Raça, racismo e racialismo: os conceitos por trás do sofrimento humano com Paulo Vinícios Ventura e na sala 6, de 14h às 17h, a oficina Cordel: brincar com rimas com Cristiano Kriko. Às 19h, haverá a Instacaetés: um bate-papo sobre produção de conteúdo em literatura no instagram. Já na sala 8, de 14h às 15h, será realizada a palestra Saúde e Longevidade: um olhar para a Medicina Integrativa com Lizarda Maria de Carvalho Félix e; de 18h às 20h, a palestra Violência doméstica: um fantasma em cada lar com João Augusto Fachinetti.

Na Escola Técnica de Artes (ETA) serão realizadas oficinas de dança para o público da Bienal, algumas delas serão: iniciação à dança do Ventre, introdução à dança flamenca através da educação somática, contato e conexão: os elementos da natureza aplicados ao Zouk, contatos cruzados, dança urbana: oficina de breaking e hip hop improvisado.

Para os recém formados, no Espaço Sebrae, de 13h30 às 20h30 a atividade Me formei. E agora? Abordando a literatura, no Espaço Sesc, localizado no Iphan, de 14h às 16h, o público pode acompanhar a palestra Além da fabulação: a escrita como força de vida e arte com Juliana Leite/RJ, vencedora do Prêmio Sesc de literatura 2018 na categoria Romance. Às 18h, serão vendidos livros com momento para autógrafos e roda de conversa com autoras e autores alagoanos.

A Escadaria da Associação Comercial receberá a Palestra com Roberto Leher das 18h às 19h e de 19h às 21h, a mesa-redonda Memória, Verdade e Justiça. E no mesmo prédio, no Auditório, será realizada a mesa-redonda PET Saúde: Interprofissionalidade na Formação em Saúde às 14h. Às 15h30, ainda no tema saúde, haverá o painel O SUS como Cenário de Prática da Aprendizagem Colaborativa.

A praça da Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo sediará, de 18h às 22h, a roda de conversa Gênero, sexualidade e raça: masculinidades em debate. E na Igreja, durante toda a tarde e noite, haverá apresentação de coros e corais. Às 14h, o Coro Encantus (Delmiro Gouveia), às 15h, o Coro do Sertão (Delmiro Gouveia), às 16h, o Coral da Queimada da Palhinha (Bahia) e às, 19h, o Grupo de Saxofones da Ufal.

A programação também conta com teatro. No Teatro Homerinho, às 17h, será realizada a Conversa de Coxia com Otávio Cabral e Erom Cordeiro. Às 19h, no Rex haverá o Espetáculo de Teatro Delírios. Também no Rex acontecerá, das 10h às 18h, o seminário Inclusão, Diversidade e Complexidade.

Acesse a programação completa pelo site da Bienal e nos acompanhe nas redes e através da Rádio Ufal.


Fonte: Ascom Ufal

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]