Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
11 de dezembro de 2019
min. 25º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Suspensa divulgação de resultados de provas para cartórios de Alagoas
02/12/2019 às 07h00

Cultura

Arquivo Público traz escritora Lilia Schwarcz em programação especial

Agenda de comemoração tem início já nesta segunda-feira (2) com oficina; APA oferta ainda seminário e mesas-redondas ao público

Antropóloga Lilia Schawarcs, autora de livros como “O espetáculo das raças" e “As barbas do imperador", é atração no mês de aniversário do APA - Veja

Com o tema “A Casa da Sua História”, o Arquivo Público de Alagoas (APA) - órgão vinculado ao Gabinete Civil do Estado - inicia as comemorações de seus 58 anos de existência a partir desta segunda-feira (2) com uma programação especial de aniversário que se estenderá por todo o mês de dezembro, na sede do APA, à Rua Sá e Albuquerque, no Jaraguá, em Maceió.

A programação traz eventos gratuitos ao público, como oficinas, mesas-redondas com temas palpitantes, seminários e uma novidade, como explica a superintendente do APA, Wilma Nóbrega: “Este mês comemorativo aos 58 anos de fundação do APA é uma forma de apresentar à sociedade as ações que vêm dando certo, a exemplo do Projeto Chá de Memória, que chega à sua 39ª edição, sempre atraindo um número significativo de intelectuais, estudantes e profissionais de várias áreas. Neste Chá de Memória Especial, o APA traz para o público a renomada antropóloga Lilia Schwarcz para abordar o tema ‘Autoritarismo Brasileiro’”.

A palestra de Lilia Schwarcz acontece nesta quarta-feira (4), a partir das 19h. Lilia trará ao público a tese do seu recém-lançado livro "Sobre o autoritarismo brasileiro" (Companhia das Letras). No Chá de Memória, ela destrinchará as feições do autoritarismo à brasileira, que nasce na escravidão e nas mazelas do racismo e passa pelo patrimonialismo, violência, corrupção e pela desigualdade de gênero, resultando na polarização atual.

Lilia, além de antropóloga, é historiadora, professora da USP (Universidade de São Paulo) e global scholar em Princeton (Estados Unidos). É autora, entre outros livros, de “O espetáculo das raças", “As barbas do imperador", “Brasil: uma biografia”, "Lima Barreto, triste visionário" e "Dicionário da escravidão e liberdade", com Flavio Gomes. Foi curadora de uma série de exposições, dentre as quais “Um olhar sobre o Brasil”, “Histórias mestiças”, “Histórias da sexualidade” e “Histórias afro-atlânticas". Atualmente é curadora adjunta do Masp (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand).

Já nesta segunda-feira (2), a programação de aniversário será aberta com a oficina "Pedidos de Patentes, Marcas e Desenho Industrial", que terá como facilitador Elton Henrique, das 9h às 12h. O público poderá fazer sua inscrição na hora da chegada ou pelo telefone/e-mail: [email protected], 3315-7879 e/ou 98801-3509.

"É um momento de muita alegria para Alagoas o Arquivo Público chegar aos seus 58 anos com tanta vivacidade e cumprindo um dos pilares da gestão do governador Renan Filho: o da proximidade com a sociedade", destaca o secretário-chefe do Gabinete Civil, Fábio Farias.

Projeto para crianças também é lançado no aniversário

Wilma Nóbrega aproveita o mês de aniversário do APA para anunciar também o lançamento do Projeto Suquinho de Memória, que é uma atração para atrair as crianças, com brincadeiras, jogos e apresentações culturais. “O objetivo é promover na criança o conhecimento e a valorização de sua herança cultural, social e histórica e fortalecer os sentimentos de identidade e cidadania para crianças entre 3 e 12 anos de idade", explica.

O projeto Suquinho de Memória tem parceria com o grupo de pesquisa Representações do Lugar (Relu), do curso de Arquitetura da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), subsidiando material educativo que será usado com as crianças. No lançamento, o pastoril Folguedo Natalino será apresentado pelas crianças da Escola Brilhando no Viver, do bairro de Cruz das Almas.

Outra atração na programação é a mesa-redonda “Intolerância, Racismo e Autoritarismo”, que será coordenada pelos professores Zezito Araújo, Gustavo Gomes e Anderson Gomes, também na quarta-feira (4), às 16h. Antes, às 14h, o público poderá assistir ao Seminário “Arquivos em Alagoas", com a própria Wilma Nóbrega, Jacineide Maia, Irineia Franco e Maristhela Vasconcelos.

A escolas interessadas em levar seus alunos podem entrar em contato agendando sua visita através do e-mail [email protected] ou ligar para 3315 7979 e/ou 98801 3509.


Fonte: Agência Alagoas

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]