Dólar com. 5.5868
IBovespa 0.34
18 de abril de 2021
min. 25º máx. 29º Maceió
pancadas de chuva
Agora no Painel Novo calendário de vacinação contra covid-19 inicia neste sábado (17)
12/01/2021 às 13h04

Cultura

Instituições de ensino superior se unem para realizar 10ª Bienal e Caiite

Ufal, Ifal, Unit, Cesmac, Uneal, Uncisal, UMJ e Uninassau contam com apoio da Fundepes e da Secti

Reunião com reitores e represe ntantes da IES de Alagoas para realização da Bienal e do Caiite

O reitor da Universidade Federal de Alagoas, Josealdo Tonholo, se reuniu com os dirigentes das demais Instituições de Ensino Superior (IES) do Estado para tratar da realização conjunta da Bienal Internacional do Livro de Alagoas e do Congresso Acadêmico Integrado de Inovação e Tecnologia (Caiite) 2021. A ideia é que todas -Ufal, Ifal, Unit, Uneal, Uncisal, Cesmac, UMJ (antiga FAT) e Uninassau-, com apoio da Fundepes e da Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti), se unam pelo incentivo à ciência, à cultura e à identidade alagoana.

O diálogo é inicial, mas todas as IES se colocaram à disposição do reitor Tonholo para construção dos dois eventos, inclusive para formatação de um novo modelo, de forma a promover, de fato, a interiorização dos mesmos. Como ainda há o cenário de incertezas em relação à pandemia, a Bienal e o Caiite poderão ter formato híbrido -virtual e presencial.

O reitor do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), professor Carlos Guedes, agradeceu o convite para participar da reunião e dos dois eventos. Ele sugeriu que sejam realizados eventos preparatórios, antes da data da Bienal e do Caiite, para que possam ser feitos os ajustes necessários.

Já na próxima segunda (18), a Fundepes e a Pró-reitoria de Extensão da Ufal vão se reunir com a comissão responsável pela organização dos dois eventos, com representação de todas as IES. “Essa integração é fundamental para o sucesso dos eventos. Temos de agilizar e definir como vamos fazer porque já estamos quase na segunda quinzena de janeiro e novembro chega rapidinho, principalmente contando ainda com um cenário de pandemia e incertezas”, disse Clayton Santos, pró-reitor da Proex, ao falar da possível data da Bienal, mês de novembro.

O secretário Rodrigo Rossiter colocou a Secti à disposição para apoiar os eventos. “Podem contar com nosso apoio para esse evento grandioso como é a Bienal. A secretaria está sempre disposta a colaborar. É um prazer participar desta reunião com representação das nossas IES”, destacou.

Além de Tonholo, também participaram o pró-reitor Clayton Santos e assessoria da Proex da Ufal; Ricardo Wanderley, da Fundepes; o secretário da Secti, Rodrigo Rossiter; Giulliano Anderlini, representante do Cesmac; George Márcio da Costa Souza, da Uncisal; Avelino Balbino, da Uninassau; Odilon Máximo, reitor da Uneal; Mario Cesar, do Centro Universitário Mario Pontes Jucá (UMJ, antiga FAT); e Dario arcanjo, reitor da Unit.

Pelo Ifal, além do reitor Carlos Guedes, também participaram Eunice Palmeira, pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação; Dilliani Barros, pró-reitora substituta de Extensão; Elisabete Duarte, pró-reitora substituta de Ensino; e Zoroastro Neto, chefe de gabinete.


Fonte: Ascom Ufal

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]