Dólar com. 5.5165
IBovespa 0.58
18 de janeiro de 2022
min. 24º máx. 29º Maceió
sol com poucas nuvens
Agora no Painel Boletim Covid-19: Alagoas registra 416 novos casos e duas mortes
29/12/2021 às 18h00

Cultura

Biblioteca Municipal se reinventa com contação de histórias em redes sociais

Leituras e entrevistas com autores de livros movimentaram as redes sociais da Biblioteca Carlos Moliterno

Contadoras de histórias narram obras infantis em redes sociais. - Reprodução

Se reinventar em meio a pandemia de Covid-19, que limitou encontros presenciais, foi o maior desafio encontrado pela Biblioteca Municipal Carlos durante os últimos meses. Contação de histórias em lives e entrevistas com autores nacionais de livros infantis promoveram a reinvenção do espaço através da interação online com professores e estudantes.

Durante todo o ano de 2021 foram realizados cerca de dez encontros online, onde contadoras de histórias da Secretaria Municipal de Educação (Semed), narravam de forma lúdica contos voltados para o público infantil, além de tirar dúvidas e dar sugestões de outras leituras.

Os momentos tiveram entre seus espectadores professores da rede municipal que, posteriormente, levaram as narrativas para dentro de sala de aula, para que fossem trabalhadas junto aos estudantes em atividades didáticas. Estudantes e pais também puderam participar dos encontros online.

Além disso, as redes sociais da Biblioteca Municipal também promoveram um momento de entrevista com autores nacionais de livros infantis, onde professores e estudantes puderam tirar dúvidas e interagir com os escritores, que deram um relato sobre suas publicações e sobre as perspectivas futuras do mundo das publicações infantis.

Um podcast com histórias infantis narradas pelos profissionais da Semed foi mais uma das iniciativas publicadas pela Biblioteca Municipal. Publicadas nas redes sociais, as publicações também foram mais uma forma de incentivar a leitura através da contação de histórias.

Meire Deise Santos, contadora de história da Biblioteca Municipal da Semed. Foto: Cortesia
Meire Deise Santos, contadora de história da Biblioteca Municipal da Semed. - Cortesia

Para a professora e contadora de histórias, Meire Deise Santos, todas estas iniciativas funcionaram como combustível para que a Biblioteca Municipal não interrompesse totalmente suas atividades e pudesse se reinventar no universo digital.

“Mesmo com todas as dificuldades que a pandemia trouxe, a Biblioteca desbravou e se reinventou, conseguindo abrir novas portas para que a leitura chegasse até o leitor, seja de forma digital ou física. A contação de histórias faz parte deste processo, instigando o aluno e nutrindo o interesse pela leitura”, contou.

Todos os materiais produzidos de forma online pela Biblioteca Municipal Carlos Moliterno, foram entregues em forma de arquivo a todas as unidades educacionais da rede municipal de ensino de Maceió. Além disso, todas as produções estão disponíveis para acesso no Instagram e Facebook da Biblioteca Municipal.


Fonte: Ascom Semed

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]