Dólar com. 5.4607
IBovespa 8
12 de julho de 2024
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel STF dá 30 dias para conclusão de acordos de leniência da Lava Jato
31/05/2024 às 21h00

Cultura

Secult promove oficinas do projeto Cultura Popular Viva em municípios alagoanos

Batalha, Coruripe, Ouro Branco e Jacaré dos Homens são as primeiras cidades a receberem as atividades culturais

Foto: Ascom Secult

O Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa (Secult), lança o projeto Cultura Popular Viva, com o intuito de fomentar a criação de novos grupos culturais e promover a cultura local em diversos municípios do estado. A iniciativa, que tem parceria das secretarias municipais de cultura, visa enriquecer o cenário cultural alagoano, proporcionando atividades enraizadas nas tradições populares.

"O projeto Cultura Popular Viva representa um compromisso do Governo de Alagoas em fortalecer e celebrar as tradições culturais presentes em nossos municípios. A iniciativa marca um importante passo na promoção e preservação da diversidade cultural alagoana, enaltecendo a cultura local e proporcionando oportunidades para o florescimento de novos talentos”, disse a Secretária de Estado da Cultura e Economia Criativa, Mellina Freitas.

As primeiras cidades contempladas por essa iniciativa são Batalha, Coruripe, Ouro Branco e Jacaré dos Homens. Nessas localidades, serão oferecidas oficinas culturais gratuitas, proporcionando um espaço para o desenvolvimento e aprimoramento de habilidades artísticas e culturais.

Em Batalha, as atividades incluem oficinas de capoeira com o professor Ivan Gonçalves e de Redendê com a artesã Ângela da Silva Oliveira, iniciando em 5 e 3 de junho, respectivamente. Já em Coruripe, a mestra e Patrimônio Vivo Ivonete dos Anjos conduzirá a oficina de filé, a mestra e Patrimônio Vivo Ana Paula estará à frente da oficina de folguedo Taieira, e o Mestre Damião ministrará a Oficina de Capoeira, a partir do dia 6 de junho.

Na cidade de Ouro Branco, as atividades incluem oficinas de filé com a professora Rozirene Santos Lisboa, Coco de Roda com Arissérgio de Melo e Capoeira com o professor Jessé, todas iniciando em 6 de junho. Por fim, em Jacaré dos Homens, haverá oficinas de Redendê com a professora Ângela Cajé, Pastoril com Paulo Dione dos Santos e Capoeira com o professor Ivan Gonçalves, iniciando em 3 de junho.

As inscrições para participação nas oficinas são gratuitas e podem ser realizadas nas respectivas secretarias de cultura de cada município.


Fonte: Daniel Borges / Ascom Secult

Todos os direitos reservados
- 2009-2024 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]