Dólar com. 5,328
IBovespa 1,70
02 de julho de 2020
min. 22º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel 101 municípios ficam fora da segunda fase do plano de reabertura
30/06/2020 às 18h30

Economia

Incerteza da economia tem segunda queda consecutiva, diz FGV

O indicador recuou recuou 16,7 pontos de maio para junho deste ano

O Indicador de Incerteza da Economia, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) recuou 16,7 pontos de maio para junho deste ano. Essa foi a segunda queda consecutiva do indicador, que subiu para 173,6 pontos.

Apesar das duas altas, o indicador recuperou apenas 39% da alta de 95,4 pontos ocorrida no segundo bimestre do ano (março e abril), devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“O patamar ainda extremamente elevado do Indicador de Incerteza reflete problemas em três diferentes frentes: a evolução sem tréguas da pandemia de covid-19 no Brasil, o cenário econômico recessivo e a instabilidade do ambiente político”, afirma a economista da FGV Anna Carolina Gouveia.

O componente de expectativas, que é baseado nas previsões de analistas econômicos, recuou pela primeira vez desde o início da pandemia (2,1 pontos, passando para 228 pontos). Já o componente mídia, construído a partir da frequência de notícias com menção à incerteza, recuou 18,6 pontos, passando para 152,5 pontos.


Fonte: Agência Brasil

Todos os direitos reservados
- 2009-2020 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]