Dólar com. 5.2885
IBovespa -2.07
20 de setembro de 2021
min. 21º máx. 29º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Educadores sociais destacam atuação na passagem do dia nacional neste domingo (19)
02/08/2021 às 17h38

Economia

Prefeito JHC participa do Feirão do Nome Limpo, no Centro de Maceió

Iniciativa reúne principais empresas para negociar dívidas dos consumidores

Consumidores de Maceió podem consultar a sua situação financeira e em caso de dívidas existe a possibilidade de negociação. - Edvan Ferreira/Secom

O prefeito de Maceió, JHC, participou nesta segunda-feira (2) do primeiro dia do Feirão do Nome Limpo, no Centro de Maceió. A ação segue até a próxima sexta-feira (6), das 9h às 15h, e os maceioenses terão a oportunidade de negociar suas dívidas e voltar para o mercado de consumo.

“Aqui no Feirão vamos dar apoio a quem quer limpar o nome, de acordo com a nova lei do superendividamento. A gente está reunindo os principais bancos e as empresas também estão presentes. É uma maneira efetiva de você conseguir pegar a população que transita no calçadão e resolver uma das grandes angústias que afligem o brasileiro, que são as dívidas. Aqui vamos dar toda orientação necessária para que o consumidor solucione essas dívidas”, expôs o prefeito JHC.

Dados de uma pesquisa feita pela Fecomércio apontam que o percentual de famílias endividadas na capital chegou a 62%, em junho, voltando ao patamar médio do começo do ano. O número de inadimplentes também aumentou, passando de 47.159, em maio, a 51.010, em junho, o que equivale a 8% de aumento.

No Feirão, o consumidor passará por uma triagem para consultar se possui dívidas para fazer a negociação. Caso a empresa não esteja presente no Feirão, os atendentes do Procon vão ajudar na negociação, como explicou o presidente do Procon Maceió, Leandro Almeida.

“Esse é um momento ímpar e muito importante, venha negociar, porque a dívida não afeta só a vida financeira, mas o psicológico também. A Prefeitura e o Procon Maceió estão dando essa ajuda e tendo esse olhar humano. Você vai sair daqui com o nome limpo e a dignidade restabelecida, renegociando de forma que não comprometa as despesas essenciais”, pontuou Leandro.

O consumidor Nilson Tavares foi verificar se o seu nome estava limpo e parabenizou a Prefeitura de Maceió pela ação. “Vim fazer uma consulta para saber se meu nome estava sujo no Serasa, mas graças a Deus está limpo. A ação é importantíssima, porque se não fosse aqui, eu não tinha como saber a verdade. Recomendo para todo mundo vir negociar as dívidas aqui”, disse Nilson.

Oportunidade ímpar

O senador Rodrigo Cunha, que foi o relator do Projeto de Lei que estabelece o novo Código de Defesa do Consumidor, afirmou que esta é uma oportunidade diferenciada para os consumidores endividados.

“Estamos chamando as pessoas que estão com dívidas que atrapalham sua vida, seu trabalho para negociar. Não é apenas uma oportunidade de sentar com o credor, é uma oportunidade diferenciada porque foi feito um trabalho antes. Faço um reforço, ninguém precisa ter vergonha de estar aqui, está com o nome sujo não significa que a pessoa está com má-fé, mas também têm os descontroles da vida, a pandemia foi uma grande agravante para isso. Venham até a próxima sexta-feira porque com certeza vai valer a pena”, reforçou o parlamentar.

Estão participando do Feirão, o Serasa, a Câmara de Dirigentes Lojista de Maceió (CDL), Fecomércio, Equatorial e Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). No local, os consumidores poderão consultar os cadastros restritivos de crédito, verificar se o nome está negativado, negociar as dívidas e fazer acordos. Além disso, poderá participar o consumidor que tiver com dívidas vencidas ou não.

Outros atendimentos

Para os outros serviços e atendimentos do Procon Maceió, o consumidor pode entrar em contato pelos telefones 0800 082 4567 ou no WhatsApp (82) 98882-8326. Para quem prefere atendimento de forma presencial, pode se dirigir em qualquer uma das unidades do Procon Maceió: no Centro Universitário Uninassau, no bairro Farol; na sede da antiga FAT, atual Centro Universitário Mário Pontes Jucá (UMJ), no Barro Duro; e na sede do Procon Maceió, na Rua Dr. Pedro Monteiro, 47, no centro de Maceió.

O funcionamento dos núcleos da UMJ e Uninassau é de 8h às 13h, de segunda a sexta-feira. Para formalizar as denúncias, é necessário entregar as cópias do RG, CPF, comprovante de residência e demais documentos que forem necessários para embasar as reclamações de abuso aos direitos do consumidor.


Fonte: Secom Maceió

Todos os direitos reservados
- 2009-2021 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]