Dólar com. 5.111
IBovespa 0.58
08 de agosto de 2022
min. 23º máx. 32º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Assistência Social lança edital para contratação temporária de profissionais
24/06/2022 às 17h00

Economia

Brasil Mais Empreendedor contribui para desenvolvimento de regiões carentes capacitando novos empreendedores em Maceió

O projeto oferece orientação gratuita sobre marketing, métodos de vendas e identidade visual do seu negócio

Divulgação

O Dia Internacional das micro, pequenas e médias empresas, celebrado nesta segunda-feira (27), tem como objetivo destacar o papel fundamental do segmento para o desenvolvimento econômico do país. Com este propósito, o programal Brasil Mais Empreendedor vem atuando em comunidades em vulnerabilidade social, capacitando jovens para a abertura e administração de seu próprio negócio e incentivando o mercado na sua região.

Segundo dados da Receita Federal, o Brasil registrou em 2021 um expressivo número de abertura de pequenos negócios, cerca de 3,9 milhões de empreendimentos. Um aumento de 19,8% em relação ao ano anterior, quando foram criados 3,3 milhões de micro e pequenas empresas.

"Os pequenos empreendimentos são essenciais para o crescimento econômico de bairros e cidades. Eles são responsáveis por criar comércios locais e incentivar a compra direta entre os moradores da região," destaca a assessora do projeto Brasil Mais Empreendedor, Isabelle Reis.

Um dos fatores importantes para as pessoas que buscam empreender é sair da informalidade. Estar registrado como Pessoa Jurídica ajuda a ter algumas facilidades que Pessoas Físicas não têm. Uma delas é firmar parceria com outras empresas e poder adquirir produtos com preços mais acessíveis com os fornecedores.

O Brasil Mais Empreendedor vem dando sua contribuição para o crescimento de registros de micros, pequenas e médias empresas no país. O projeto, que tem a missão de capacitar jovens a iniciarem e gerirem o próprio negócio, vem atuando nas comunidades carentes de Maceió desde fevereiro deste ano.

"É um projeto fantástico que oferece suporte para o empreendedor na sua fase inicial. No Brasil, a grande maioria dos empreendedores começa sem muitos conhecimentos, mesmo alguns com diploma de Administração, falta o aprendizado necessário para começar de fato a empreender," ressalta Isabelle Reis.

A capacitação ofertada de maneira gratuita aborda pontos importantes para construir um empreendimento estável. Durante as aulas, os alunos são orientados sobre marketing, finanças, métodos de vendas e identidade visual do seu negócio.

Em Alagoas, o Brasil Mais Empreendedor já iniciou a formação de seis turmas nas comunidades carentes dos bairros de Maceió. O programa, realizado pela Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje), em parceria, por meio de termo de fomento, com o Ministério da Economia, e com coordenação técnica do Conselho de Jovens Empreendedores de Maceió (CJE), planeja lançar nos próximos meses editais para turmas no Loteamento Sombra dos Eucaliptos (Tabuleiro do Martins), Pontal da Barra e Benedito Bentes. O objetivo do projeto é capacitar 300 jovens empreendedores, com idades de 17 a 39 anos, durante o ano de 2022.


Fonte: Algo Mais Consultoria e Assessoria

Todos os direitos reservados
- 2009-2022 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]