Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
24 de junho de 2019
min. 21º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Produção siderúrgica cai 1,5% nos cinco primeiros meses do ano
09/04/2019 às 23h00

Entretenimento

TV Brasil apresenta mudanças na programação de suas emissoras

Atrações da nova grade levam em conta recursos de acessibilidade

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) anunciou hoje (9) mudanças na programação das duas emissoras de TV que a compõem. A partir de amanhã (10), a TV Brasil apresenta uma nova programaçãoapós três meses consecutivos em que a emissora se mantém como a sétima mais assistida no Brasil – posição que inclui tanto canais abertos quanto fechados. A nova grade agrega conteúdos produzidos NBR.

“Daremos uma nova plástica à TV Brasil. Teremos mais entretenimento, informação e acessibilidade, adotando como conceito o de ser a rede mais brasileira do país”, explicou o gerente executivo da TV Brasil e Rede, Vancarlos Alves, durante o anúncio na sede da EBC em Brasília. Segundo Vancarlos, “a junção das duas TVs em uma grade, agregará valores e servirá de fonte com credibilidade para os atos do governo”.

Uma das novidades serão os flashes ao vivo da Presidência da República e dos ministérios ao longo da programação, apresentando atos e ações do governo federal. Vancarlos ressaltou que, apesar de não ser esta a prioridade da emissora, a audiência será ampliada, uma vez que “os assuntos do governo são de interesse público”. As mudanças levaram em consideração o fato de todas TVs estatais apresentarem, em sua programação, conteúdos educativos, acrescentou.

“Nosso propósito é tornar a TV mais inclusiva, interativa, informativa e transparente”, disse Vancarlos, ao ressaltar a importância de se produzirem programas voltados para públicos que nem sempre são atendidos por outras emissoras. “[No Brasil] 19 milhões de pessoas precisam de acesso a recurso de acessibilidade, como legendas, libras ou dublagem”, destacou Vancarlos, referindo-se a programas como o Repórter Visual, o primeiro a apresentar notícias em libras, voltado ao público com limitações auditivas.

Para alcançar os objetivos de apresentar uma programação de qualidade, a ideia é avançar na cobertura nacional e nas parcerias com as redes de comunicação pública. A grade da TV Brasil apresenta, além de produções próprias, coproduções e parcerias com instituições públicas brasileiras, bem como com emissoras públicas estrangeiras e com a Rede Nacional de Comunicação Pública, formada por mais de 40 emissoras de televisão.

“Essa rede [capitaneada pela TV Brasil] é um caminho duplo que abastecemos com nosso conteúdo, e colocamos, em nossa exibição nacional, sotaques e culturas por ela produzidos”, resumiu o gerente da EBC.

Outra fonte de conteúdo da grade de programação da TV Brasil é o Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav), fundo gerido pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), que investe em obras audiovisuais de produção independente.

Nova grade

A partir desta quarta-feira (10), a TV oferecerá faixa inteiramente acessível, a começar pela campeã de audiência da emissora, a TV Brasil Animada. De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, a faixa de desenhos infantis exibirá programas com todos os recursos de acessibilidade, como audiodescrição, legenda oculta, interpretação em libras e dublagem.

Em seguida, às 9h30, vai ao ar o programa protagonista da interpretação em libras no Brasil, o Repórter Visual. No fim de semana, a TV Brasil exibirá o Programa Especial, que tem como apresentadoras a cadeirante Juliana Oliveira e a repórter Fernanda Honorato, que tem síndrome de Down.

Brasil na Faixa é o espaço reservado à contemplação do país e irá ao ar às quintas-feiras, das 22h à 0h30. Nessa faixa, o Brasil será visto a partir de outras perspectivas e com base em temas como faróis instalados no litoral; fortes; parques nacionais; roteiros turísticos; fabricações nacionais, como vinhos; obras de engenharia brasileiras; experimentos científicos.

A emissora manterá, de segunda a sexta-feira, programas consagrados como o esportivo Stadium e o Sem Censura. O Cenário Econômico, apresentado pelo jornalista Adalberto Piotto direto dos estúdios da B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, passa a ser exibido às 18h. 

O esporte ganhará mais espaço com a exibição de No Mundo da Bola, às segundas-feiras, das 22h às 23h, e, aos domingos, das 21h às 22h30. O telejornal diário Repórter Brasil muda de horário e entra no ar das 20h15 às 21h.

A agricultura ganhará um programa especial, que entrará no ar aos domingos, às 6h. A atração dará visibilidade aos assuntos do mundo do campo, da produção agrícola brasileira e das características do agronegócio nacional.

A implantação de uma programação que faz apresentações temáticas a cada dia da semana teve, segundo o gerente executivo, influência tanto das TVs a cabo quanto do feedback obtido da própria audiência. “O consumo de TV envolve hábitos”, disse Vancarlos, ao explicar que o telespectador poderá escolher o que vai assistir no horário nobre, entre os dias da semana, a partir das 22h.

Na segunda-feira, o tema será esporte; na terça, o espaço será reservado a informações, com documentários, entrevistas e conteúdos jornalísticos. Na quarta-feira, o tema será cinema; na quinta, o espaço é para o Brasil; e, na sexta, cultura, com exibição de grandes musicais.

De segunda a sexta-feira, a programação da TV Brasil seguirá a seguinte grade:

6h – A TV de Todos - A atração será composta por produções regionais das emissoras parceiras da Rede Nacional de Comunicação Pública.

7h30 - TV Brasil Animada Especial - A faixa, que vai até as 10h, oferece atrações infantis com todos os recursos de acessibilidade (interpretação em Libras, audiodescrição, legenda oculta, dublagem).

9h30 – Repórter Visual - Primeiro programa de televisão com interpretação em Libras.

9h45 – Brasil Em Dia - Programa jornalístico com informações atualizadas do dia.

10h – TV Brasil Animada - Faixa de maior audiência da emissora, oferece desenhos reconhecidamente premiados em ambiente sem violência e sem veiculação de publicidade que incentivem o consumo, das 10h às 17h.

17h – Sem Censura - O consagrado programa de entrevistas da emissora irá ao ar com novo cenário.

18h – Cenário Econômico

18h30 – TV Brasil Animada Jovem - É uma nova faixa da emissora, que apresentará programação voltada ao público infantojuvenil, como a série Gaby EstrellaA Velha História do Meu Amigo Novo e Cozinhadinho.

20h15 – Repórter Brasil Noite

21h00 – Stadium - No ar desde 1977, o programa traz informações do mundo do esporte, com especial atenção para modalidades paradesportivas.

21h30 – Fique Ligado

22h – Faixas temáticas com assuntos segmentados de segunda a sexta-feira

Segunda-feira – Esporte - 22h às 23h - No Mundo da Bola.

Terça-feira – Informação - 22h – Brasil Em Pauta – entrevistas com autoridades e especialistas para discutir temas da atualidade.

22h30 – Caminhos da Reportagem – O programa mais premiado da TV Brasil ganha formato mais dinâmico, com 30 minutos de duração.

23h – Impressões - diálogo atual e descontraído com personalidades do mundo da política, da economia, da sociedade e da cultura.

23h30 – Trilha de Letras – Programa que associa literatura e informação e apresenta entrevistas com autores que expõem opiniões e críticas sobre diversos temas.

0h – Um Olhar Sobre o Mundo

Quarta-feira – Cinema - 22h à 0h – Maratona de Cinema

Quinta-feira – Brasil na Faixa 

22h – Faróis do Brasil

22h30 – Parques do Brasil

23h – Vinhos do Brasil

23h30 – Visto do Céu

Sexta-feira – Cultura

22h – Grandes musicais

23h – Todas as Bossas

0h – Shows do Brasil 

Sábado - Janela para atrações especiais sobre cultura, arte e educação 

12h30 – Programa Especial

16h – Cine Retrô

17h30 – Brasil Caipira 

Domingo

6h – Agro Nacional

14h – Nosso Zoológico

19h – Futurando – Deutsche Welle

19h30 - Viralizando

21h – No Mundo da Bola


Fonte: Agência Brasil

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]