Dólar com. R$ 4,132
IBovespa +1,58%
23 de setembro de 2018
min. 23º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Bolsonaro recebe alta de UTI semi-intensiva em hospital de São Paulo
07/07/2018 às 10h40

Esporte

Partidas de hoje definem a segunda semifinal da Copa

Após a eliminação de Brasil e Uruguai, a Copa do Mundo continua apenas com times europeus. De um lado, o confronto França x Bélgica já está definido. Hoje (7), serão conhecidos os times que se enfrentarão na outra semifinal. Suecos enfrentam os ingleses, e os donos da casa pegam os croatas para definir quais são as quatro melhores seleções do mundo. 

Suécia x Inglaterra – 11h, em Samara

Liderados pelo camisa 10, Forsberg, os suecos mostram um futebol eficiente, que joga no erro do adversário e sabe a hora de atacar. Não aparecem como favoritos ao título, mas têm uma defesa alta e sólida, que pode fazer o time ir mais longe na Copa.

A Inglaterra veio para a Copa com um time jovem e já fez melhor que a geração anterior, que saiu do Mundial de 2014 ainda na fase de grupos. Na última partida, dominaram a Colômbia durante todo o jogo, anulando suas principais armas ofensivas. Mesmo assim, a vitória só veio nos pênaltis. Apesar do susto, a Inglaterra ainda não foi testada ao limite. A Suécia poderá impor esse teste.

Rússia x Croácia – 15h, em Sochi

Os donos da casa estão nas quartas de final após eliminarem a Espanha, até então uma das favoritas ao título. O time do técnico Stanislav Cherchesov chega a essa fase da competição com um futebol de aplicação tática, sobretudo na defesa. Agora, Chechesov não quer olhar para o que o time já fez, e sim para o que ainda pode fazer.

“O jogo contra a Espanha foi uma história muito boa para o nosso país, mas agora precisamos esquecer isso. Não precisamos de nenhuma euforia agora, porque o torneio ainda está acontecendo. Alguns grandes times já deixaram a Copa e, em um jogo eliminatório, não há espaço para erros”, disse o treinador.

A Croácia está entre os oito melhores times da Copa com méritos. Com um meio-campo de qualidade, os centroavantes são bastante acionados e conseguem participar do jogo com eficiência. Será a segunda Copa seguida em que a Croácia enfrentará a seleção anfitriã. Jogadores do time atual estiveram na partida contra o Brasil, na abertura da Copa de 2014.

“Há quatro anos nós experimentamos como é jogar contra o anfitrião da Copa, no Brasil. Nós vamos aproveitar o jogo e a atmosfera, mas também penso no que precisamos fazer para vencer a Rússia”, disse o meia Ivan Rakitic.

Será a terceira vez em copas que a Croácia também enfrenta os donos da casa. A primeira foi em 1998, na Copa da França. A Croácia enfrentou os franceses na semifinal em uma partida histórica para o futebol croata. A seleção perdeu de virada por 2 x 1, oferecendo muita resistência para a equipe que foi campeã daquele mundial.


Fonte: Agência Brasil

Todos os direitos reservados
- 2009-2018 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]