Dólar com. 3,888
IBovespa -1.98
11 de dezembro de 2019
min. 25º máx. 28º Maceió
chuva rápida
Agora no Painel Suspensa divulgação de resultados de provas para cartórios de Alagoas
19/11/2019 às 18h00

Esporte

Alagoano participa de corrida durante I Jogos Brasileiros dos Transplantados

Evento acontece entre os dias 21 e 24 em Curitiba

O Alagoano José Milson de Melo Lopes, será o único representante do estado nos Jogos Brasileiros para os transplantados. A competição inédita acontece entre os dias 21 e 24, em Curitiba. E, é promovida pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude, com o apoio da Associação Brasileira dos Transplantados. Para participar da corrida, Milson contou com o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde.

O ex-professor do Cesmac, Ufal e Uneal, José Milson, atualmente com 66 anos, teve o primeiro problema de saúde aos 14 anos, ao desenvolver esquistossomose, doença, também, conhecida como barriga-d'água, que é transmitida pelo verme da família Schistosoma. Após contrair a doença, foi realizada a retirada do baço.

Os anos se passaram e, aos 60 anos, Milson foi surpreendido com uma cirrose hepática que se desenvolveu silenciosamente. Dessa vez, o desafio seria bem maior, pois só um transplante poderia assegurar mais alguns anos de vida. E, depois de esperar 11 meses numa fila de transplante.

Da descoberta da cirrose até o transplante, foram 11 meses de espera na fila de doação. E, em setembro de 2013, o tão sonhado transplante de fígado foi realizado. Após a cirurgia, melhorar a qualidade de vida, passou a ser prioridade. Com a saúde restabelecida surgiu à vontade de participar de uma corrida, que será concretizada no dia 24.

"Meu compromisso com Deus é a divulgação da doação de órgãos, para que outras pessoas tenham a mesma chance que eu tive", diz Milson. Para ele, todos devem abraçar a causa da doação de órgãos, que pode proporcionar mais tempo de vida para milhares de pessoas, que atualmente se encontram em uma fila de espera.

Nesse evento pioneiro, seu Milson contará com a participação também, de transplantados de órgãos e medula de diversos estados brasileiros. A finalidade dos jogos é o incentivo a prática de atividade física, como também, divulgar a importância da doação, que é esperança de vida para várias pessoas com problemas, cardíacos, de fígado, rins, córnea e outros.

A coordenadora da Central de Transplantes de Alagoas, Daniela Ramos, disse que incentivar os transplantados a participarem de atividades físicas é fundamental, para manter a saúde em dia. Acrescentando que o governo do Estado, através da Sesau tem realizado ações para conscientização da população sobre a doação de órgãos, tecidos e medula, um gesto que pode assegurar a continuidade da vida de muitos que aguardam o momento de serem submetidos a um transplante.


Fonte: Ascom Sesau/AL

Todos os direitos reservados
- 2009-2019 Press Comunicações S/S
Tel: (82) 3313-7566
[email protected]